SISTEMA DE MONITORAMENTO DOS PRÉDIOS ESCOLARES SERÁ AMPLIADO EM 2019

A Prefeitura de Tatuí realizou na quarta-feira (28/11), no Paço Municipal, o pregão presencial (sistema registro de preços), para a aquisição de câmeras, alarmes, sensores e outros equipamentos para o monitoramento dos prédios escolares municipais. A licitação foi aberta ao público, inclusive com a participação de um vereador, para a devida fiscalização.

Sete empresas participaram. O valor estimado dos equipamentos foi calculado em R$ 2.093.190,37. Após os lances, fechou-se o valor total em R$ 1.508.186,70.

Próximos passos, segundo o Setor de Licitação e Compras, da Prefeitura de Tatuí é: homologar a licitação, publicar e assinar o contrato com as empresas vencedoras (seis lotes, 29 itens), para dar início às instalações, que serão realizadas pelos técnicos de informática do município.

“Queremos colocar todo o sistema em funcionamento já no 1º trimestre de 2019 O monitoramento será da Guarda Civil Municipal. Com a licitação que nós realizamos ontem, além da evidente economia aos cofres públicos, teremos equipamentos mais modernos e, de patrimônio da Prefeitura de Tatuí”, disse a prefeita Maria José Vieira de Camargo.

A gestão passada gastava R$ 404 mil por mês (ou R$ 4,8 milhões) com aluguéis desses equipamentos, através de empresa terceirizada.

Duas creches já são monitoradas – Com recursos próprios e de forma emergencial, as primeiras unidades que receberam os kits de segurança foram a do Parque San Raphael – EMEI Maria de Lourdes Rosa Bueno, que atende 168 crianças – e do Jardim Rosa Garcia, na EMEI Winie Sarli Fitts, que atende 130 crianças. Em cada uma delas, três furtos aconteceram só em 2018.

A Central de Monitoramento já funciona na Guarda Civil Municipal. Até o próximo ano, a intenção é atingir os 65 prédios municipais com mais de 800 aparelhos, adquiridos pela Prefeitura, de qualidade HD e que gravam em alta resolução. Além das câmeras, os circuitos de segurança contam com central de alarme completa, sensor de movimento e sensor magnético. O sistema permitirá vigilância 24 horas com uma central de monitoramento instalada dentro da Guarda Civil Municipal.