PREFEITURA DE TATUÍ E FATEC LANÇARÃO APLICATIVOS PARA GERENCIAR VAGAS DE ESTACIONAMENTO E LINHAS DE ÔNIBUS

Tatuí terá, em breve, dois aplicativos que ajudarão os munícipes nas questões relativas ao trânsito e a mobilidade urbana, graças a uma parceria entre a Prefeitura Municipal e a Faculdade de Tecnologia de Tatuí (Fatec) “Prof. Wilson Roberto Ribeiro de Camargo”.

Na quinta-feira, 12 de dezembro, na sala de reuniões do Paço Municipal, a prefeita Maria José Vieira de Camargo, esteve com o secretário de Segurança Pública e Mobilidade Urbana, José Roberto Xavier da Silva, o diretor do Departamento de Transporte Público, Raul Vallerine, a ouvidora municipal, Patrícia Schorr Porta, o diretor da Fatec, Mauro Tomazela, o professor coordenador do curso de Gestão de Tecnologia da Informação (GTI), Osvaldo D’Estefano Rosica, o professor de Desenvolvimento de Sistemas, Samuel Antônio Vieira, o auxiliar docente de Informática, Denis Aparecido Nogueira de Deus, o aluno do 3º semestre de Gestão de Tecnologia da Informação (GTI), Rafael Dias de Souza, e o representante da Empresa de Ônibus Rosa, Carlos Aparecido Correa.

Eles apresentaram detalhes de como será o aplicativo “Estaciona Tatuí”, que servirá para gerenciar as vagas de estacionamento da região central, controlando o tempo de uso das vagas e até mesmo ajudando o motorista a localizar aonde estacionou o carro cadastrado no aplicativo. O outro aplicativo será destinado aos usuários de ônibus urbanos, disponibilizando os horários das linhas, além de opções para sugestões e reclamações. Ambos os aplicativos funcionarão em qualquer dispositivo que tenha acesso a internet, sem a necessidade de fazer instalação no celular, via Qr-code, facilitando ainda mais o uso.

Mais detalhes serão divulgados próximo ao lançamento dos aplicativos.

PREFEITURA ENTREGA NOVA CRECHE-ESCOLA AOS MORADORES DO BAIRRO INOCOOP

No último sábado (07/12), os moradores do bairro Inocoop receberam da Prefeitura de Tatuí, por meio da Secretaria Municipal de Educação, uma nova creche-escola para atender cerca de 104 crianças, com idades entre 0 a 5 anos.

Denominada “Sérgio Iazzetti Martins Proença”, de acordo com a Lei 5.163/2017, de autoria do vereador Jairo Martins, o Pepinho, a creche-escola está situada na rua Assumpção Ribeiro, nº 201, ao lado de onde já funcionava a pré-escola do bairro e recebeu recursos na ordem de R$ 1,1 milhão. A unidade escolar está em um terreno de 2.042,41 m², sendo que já havia uma área construída de 248,90 m² (pré-escola) e a área construída nova (creche) tem 447,15 m². O prédio conta com dois berçários, lactário, sala multiuso, fraldário, sanitários, duas salas de maternal, duas salas de aula para pré-escola, parque descoberto, diretoria, refeitório, copa para funcionários, cozinha e lavanderia. Ao todo, 24 funcionários trabalharão no local.

A inauguração foi marcada por muita emoção em diversos momentos: quando a supervisora de Educação Infantil Juceline Sperandio, fez a leitura do currículo do patrono da escola e a diretora da unidade escolar Raquel Prestes, homenageou a família; quando os vereadores Pepinho e Rodnei Rocha (Nei Loko) discursaram; durante as palavras do secretário de Educação, professor Miguel Lopes Cardoso Júnior, e do vice-prefeito, Luiz Paulo Ribeiro da Silva, que neste ato representou a prefeita Maria José Vieira de Camargo, que não pode estar presente devido ao falecimento de seu irmão em Angatuba; e no descerramento da placa de inauguração da EMEI.

Além dessas autoridades que participaram do cerimonial também estavam presentes: os secretários municipais Alessandro Bosso (Trabalho e Desenvolvimento Social), José Roberto Xavier da Silva (Segurança Pública e Mobilidade Urbana) e Cassiano Sinisgalli (Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude); o chefe de gabinete da Câmara Municipal, representando o presidente e vereador Marcos de Abreu, João Antônio Fonseca; a assessora e representante do vereador Alexandre Grandino Teles, Elizabeth Miranda; o chefe de gabinete da Prefeitura, Christian Pereira de Camargo; e o subcomandante da Guarda Civil Municipal, Marcos Roberto Rodrigues dos Santos.

Diversos familiares de Sérgio Iazzetti Martins Proença também estiveram na inauguração, entre eles: a mãe Ana Valéria Camargo Iazzetti Martins Proença; o pai Ovídio Martins Proença; os irmãos Bruno Augusto Iazzetti Martins Proença e Miguel Iazzetti Martins Proença; o avô Miguel Iazzetti; os tios Flaviana, José Joaquim, Paulo José, Sandra, Osmar Antônio, Vilma, Joaquim Roberto, Bruna Maria, Odimar e Andreia; e a prima Carmem.

No fim de novembro, a Prefeitura de Tatuí entregou a creche-escola do Jardim Santa Emília e no 1º trimestre de 2020, as creches do Santa Cruz e do Residencial Astória serão inauguradas. Também está em construção a unidade escolar do Residencial Vida Nova Tatuí/Pacaembu (creche e pré-escola), que será a maior de Tatuí, com 300 vagas.

Sobre o homenageado – Sérgio Iazzetti Martins Proença nasceu em Tatuí no dia 8 de maio de 1996, filho do casal Oridio Martins Proença e Ana Valéria Iazzetti Martins Proença. Seu bisavô, Deocles Vieira de Camargo, foi prefeito de Tatuí entre 1935 e 1936, e seu avô, Miguel Iazzetti, foi vereador, também em Tatuí, em 1967.

Desde que nasceu, morou no Conjunto Habitacional “Amaro Padilha”, situado no bairro Inocoop, mais precisamente na Rua Assumpção Ribeiro, nº 246, e constantemente dizia amar o bairro e que dali só sairia morto.

Estudou no Lar Donato Flores, onde cursou a Pré-Escola. Depois, concluiu o segundo grau, no ano de 2013, na E.E. “Prof. Deocles Vieira de Camargo”.

Sempre foi um menino muito feliz, inteligente e comportado. Teve muitos amigos e sempre ajudou nas festas do bairro, sendo a festa do Natal a mais esperada, organizada junto com seus amigos do bairro, para todas as crianças.

Faleceu em 25 de abril de 2015, vítima de um tipo raro de câncer, na membrana que reveste a parte interna da cavidade abdominal e recobre órgãos como o estômago e os intestinos, reto, bexiga e útero.

MAIS DE 3.200 ALUNOS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO SE FORMAM EM TATUÍ

A Prefeitura de Tatuí, por meio da Secretaria de Educação, realizou, entre os dias 03 e 06/12 (terça a sexta-feira), no Ginásio de Esportes “Ezenildes Moreira”, anexo a EMEF “Eunice Pereira de Camargo”, situada no bairro Jardins de Tatuí, as solenidades de formatura de 3.285 alunos da Rede Municipal de Ensino.

Os 1.376 alunos da Educação Infantil (pré-escola) receberam seus diplomas nos dias 03/12 (terça-feira) – sendo 312 alunos na parte da manhã e 371 à tarde, de 21 escolas -, e 04/12 (quarta-feira) – sendo 332 alunos pela manhã e 361 no período da tarde, de 19 escolas.

A formatura dos 1.377 alunos dos 5º anos do Ensino Fundamental I aconteceu nos seguintes dias: 05/12 (quinta-feira), pela manhã, 362 alunos, de 10 escolas, e no período da tarde, 358 alunos, de outras quatro escolas; e 06/12 (sexta-feira), no período da manhã, 316 alunos, de quatro escolas, e a tarde, 341 alunos, de outras quatro escolas.

Na noite do dia 06/12 (sexta-feira), aconteceu a última solenidade de formatura, de 532 alunos dos 9º anos do Ensino Fundamental II e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), de cinco escolas.

Nas solenidades, também foram realizadas apresentações artístico-musicais. A prefeita Maria José Vieira de Camargo esteve presente, assim como secretários municipais e vereadores.

CRECHE-ESCOLA DO BAIRRO INOCOOP SERÁ INAUGURADA NESTE SÁBADO PELA PREFEITURA

A Prefeitura de Tatuí, por meio da Secretaria da Educação, irá inaugurar, neste sábado (7/12), às 10h, a nova creche-escola do bairro Inocoop, que terá o nome de “Sérgio Iazzetti Martins Proença”, denominada de acordo com a Lei 5.163,/2017.

A construção desse novo prédio, situado na rua Assumpção Ribeiro, nº 201, ao lado de onde funciona a pré-escola do bairro, recebeu recursos na ordem de R$ 1,1 milhão. Com capacidade para atender cerca de 104 crianças, a unidade escolar está em um terreno de 2.042,41 m², sendo que já havia uma área construída de 248,90 m² (pré-escola) e a área construída nova (creche) tem 447,15 m². O prédio conta com dois berçários, lactário, sala multiuso, fraldário, sanitários, duas salas de maternal, duas salas de aula para pré-escola, parque descoberto, diretoria, refeitório, copa para funcionários, cozinha e lavanderia. Ao todo, 24 funcionários trabalharão no local.

 “Nos próximos meses vamos ampliar o número de vagas ofertadas em creches, principalmente para o público infantil de 0 a 3 anos, que é a principal demanda”, destacou a prefeita Maria José Vieira de Camargo.

Novas vagas – No fim de novembro, a Prefeitura de Tatuí entregou a creche-escola do Jardim Santa Emília e no 1º trimestre de 2020, as creches do Santa Cruz e Residencial Astória serão inauguradas. Por outro lado, está em construção a unidade escolar do Residencial Vida Nova Tatuí/Pacaembu (creche e pré-escola), que será a maior de Tatuí, com 300 vagas.

Sobre o homenageado – Sérgio Iazzetti Martins Proença nasceu em Tatuí no dia 8 de maio de 1996, filho do casal Oridio Martins Proença e Ana Valéria Iazzetti Martins Proença. Seu bisavô, Deocles Vieira de Camargo, foi prefeito de Tatuí entre 1935 e 1936, e seu avô, Miguel Iazzetti, foi vereador, também em Tatuí, em 1967.

Desde que nasceu, morou no Conjunto Habitacional “Amaro Padilha”, situado no bairro Inocoop, mais precisamente na rua Assumpção Ribeiro, nº 246, e constantemente dizia amar o bairro e que dali só sairia morto.

Estudou no Lar Donato Flores, onde cursou a Pré-Escola. Depois, concluiu o segundo grau, no ano de 2013, na E.E. “Prof. Deocles Vieira de Camargo”.

Sempre foi um menino muito feliz, inteligente e comportado. Teve muitos amigos e sempre ajudou nas festas do bairro, sendo a festa do Natal a mais esperada, organizada junto com seus amigos do bairro, para todas as crianças.

Faleceu em 25 de abril de 2015, vítima de um tipo raro de câncer, na membrana que reveste a parte interna da cavidade abdominal e recobre órgãos como o estômago e os intestinos, reto, bexiga e útero.

CERIMÔNIA DE FORMATURA DO PROERD REUNIU MAIS DE 450 ALUNOS DE SEIS ESCOLAS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE TATUÍ

O ginásio da EMEF “Professora Eunice Pereira de Camargo”, situado no bairro Jardins de Tatuí e pertencente à Secretaria Municipal de Educação da Prefeitura de Tatuí, sediou, na manhã desta segunda-feira (02/12), a formatura de 458 alunos, dos 5º anos de escolas da Rede Municipal de Ensino, que participaram do Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD), uma iniciativa da Polícia Militar do Estado de São Paulo, no segundo semestre de 2019.

A cerimônia contou com a presença de autoridades civis e militares, educadores e pais e familiares dos alunos. Dentre as autoridades que compuseram a Mesa de Honra estiveram a capitão PM Bruna Carolina dos Santos Martins, comandante da 2ª Cia. do 22º BPM-I, o secretário municipal de Educação, professor Miguel Lopes Cardoso Júnior, o secretário municipal de Segurança Pública e Mobilidade Urbana, José Roberto Xavier da Silva, o subcomandante da Guarda Civil Municipal de Tatuí (GCM), Marcos Roberto Rodrigues dos Santos, a supervisora de Ensino Fundamental da Secretaria Municipal de Educação, Elisângela Cecílio, o policial militar e ex-responsável pelo PROERD por 15 anos em Tatuí, Valdemir Ledo Bonfim, e o presidente do Conselho Comunitário de Segurança de Tatuí (Conseg), José Maria de Moura.

Também participaram da formatura o secretário municipal de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, Cassiano Sinisgalli, a supervisora de Ensino Fundamental da Secretaria de Educação, Tatiane Popets, a representante da Casa de Acolhimento, Roseli de Lara, e a representante do vereador Alexandre Grandino Teles, Beth Miranda.

Ao todo, seis escolas tiveram alunos participando do PROERD. Foram elas: EMEF “Prof.ª Eunice Pereira de Camargo”; EMEF “Prof. José Galvão Sobrinho”; EMEF “Firmo Antônio de Camargo Del Fiol”; EMEF “Maria da Conceição Oliveira Marcondes”; EMEF “Lígia Vieira de Camargo Del Fiol”; e EMEF “Prof.ª Sarah de Campos Vieira dos Santos”.

Na ocasião, houve a composição da Mesa de Honra, seguida da entrada dos representantes das escolas e da execução dos hinos Nacional e à Tatuí. Na abertura da solenidade, foi apresentado um breve histórico do PROERD, uma adaptação brasileira do programa norte-americano Drug Abuse Resistence Education (D.A.R.E.), surgido em 1983 e implementado no Brasil pela Polícia Militar 10 anos depois, em 1993. Atualmente, o Programa é adotado em várias cidades brasileiras e desenvolvido mediante ação conjunta entre a Polícia Militar, escolas e famílias, auxiliando a reconhecer as pressões e as influências que contribuem ao uso de drogas e à prática da violência.

Houve ainda uso da palavra por parte dos convidados: Soldado PM Viviane Garcia e Cabo PM Carina Bueno, ambas instrutoras do PROERD; capitão PM Bruna Carolina dos Santos Martins, comandante da 2ª Cia. do 22º BPM-I; e professor Miguel Lopes Cardoso Júnior, secretário municipal de Educação.

Durante a formatura, foram entregues certificados aos professores dos 5º anos das seis escolas participantes do PROERD neste segundo semestre de 2019, além de medalhas aos alunos que mais se destacaram durante as aulas pela assiduidade e a redação referente ao tema “PROERD”.

Outro momento da solenidade contou com a leitura da redação do aluno Gustavo Vinícius da Silva Camargo, da EMEF “Prof. Firmo Antônio de Camargo Del Fiol”. Devido a seu excelente desempenho na redação, o aluno foi chamado para realizar a leitura de seu próprio texto.

Também houve a apresentação do vídeo da música “Paz”, seguida do juramento realizado pelos alunos, que consiste na promessa deles em colocar em prática todo o aprendizado que adquiriram no PROERD, com a finalidade de se manterem longe das drogas e da violência.

A formatura terminou com a entrada do Leão DARE, a execução da “Canção do PROERD” e o grito de guerra dos alunos, que responderam à pergunta: “Hoje foi dia de…?”. “PROERD!!!”, responderam os alunos em alto e bom som.

PREFEITURA DE TATUÍ INAUGURA UNIDADE ESCOLAR INFANTIL NO JARDIM SANTA EMÍLIA

Neste sábado (30/11), às 10h, a Prefeitura de Tatuí vai inaugurar a EMEI – Escola Municipal de Educação Infantil – creche e pré-escola – do Jardim Santa Emília, que levará o nome da saudosa professora Luci Santos de Campos Camargo.

São 136 novas vagas com área construída de 813,46 m2, com área total de 2.302,46 m2, sendo 48 vagas para crianças 4 meses a 3 anos. Serão atendidas crianças do Berçário I (4 meses a 1 ano), Berçário II (1 a 2 anos), Maternal I (2 a 3 anos), Maternal II (3 anos) e pré-escola (4 e 5 anos). Cerca de 30 servidores municipais irão trabalhar na unidade escolar. O investimento na obra é de cerca de R$ 1,6 milhão.

“Nos próximos meses vamos ampliar o número de vagas ofertadas em creches, principalmente para o público infantil de 0 a 3 anos, que é a principal demanda”, destacou a prefeita Maria José Vieira de Camargo.

Novas vagas – No próximo mês, A Prefeitura de Tatuí irá entregar a creche do Inocoop e no 1º trimestre de 2020, as creches do Santa Cruz e Residencial Astória. Por outro lado, está em construção a unidade escolar do Residencial Vida Nova Tatuí/Pacaembu (creche e pré-escola), que será a maior de Tatuí, com 300 vagas.

BIBLIOTECA MUNICIPAL RECEBE DOAÇÃO DE MAIS DE 400 LIVROS DA ORGANIZAÇÃO SOCIAL DE CULTURA “SP LEITURAS” E DA FEIRA DO LIVRO

A Biblioteca Municipal “Brigadeiro Jordão”, equipamento de Cultura da Prefeitura de Tatuí, recebeu uma doação de mais de 400 livros da Organização Social de Cultura “SP Leituras” e da Feira do Livro, realizada no município no mês de setembro e que é a contrapartida municipal.

A coleção inclui diversas obras de autores da literatura brasileira e internacional, tais como: Monteiro Lobato, João Guimarães Rosa, Inês Bogéa, Carlos Drumond de Andrade, Ana Maria Machado, entre outros. Há, também, clássicos da literatura em quadrinhos, como: Odisséia, Dom Quixote, Robinson Crusoé, Um Conto de Natal, A volta ao Mundo em 80 dias, e A Ilha do Tesouro. Entre as obras que entraram para o acervo da Biblioteca constam ainda conteúdos de artes, cinema, fotografia, teatro, poesia, crônica, biografia, literatura infantil, infanto-juvenil, nacional e estrangeira.

Em busca da difusão e disseminação da Cultura, a Biblioteca Municipal tem o objetivo de estabelecer convênios e parcerias para disponibilizar e democratizar o acesso à cultura em Tatuí, com parcerias entre a Secretaria de Estado da Cultura, o Ministério da Cultura e instituições literárias.

Os livros já se encontram disponíveis para a população e a Biblioteca Municipal “Brigadeiro Jordão” funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na rua Santa Cruz, nº 405, Centro. Mais informações pelo telefone (15) 3259-5647 ou através do e-mail biblioteca@tatui.sp.gov.br.

“1ª FEIRA DO EMPREENDEDORISMO”, DO PROGRAMA JEPP, REUNIU 300 PESSOAS NA EMEF “EUGÊNIO SANTOS”

Aconteceu na manhã desta terça-feira (12/11), na EMEF “Eugênio Santos”, pertencente a Secretaria de Educação da Prefeitura de Tatuí, a “1ª Feira do Empreendedorismo” das escolas da Rede Municipal de Ensino que integram o Programa “Jovens Empreendedores Primeiros Passos” (JEPP). Ao todo, 300 pessoas participaram do evento.

Fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Tatuí, por meio da Secretaria Municipal de Educação, e o Sebrae, o JEPP apresenta práticas de aprendizagem, considerando a autonomia do aluno para aprender e o desenvolvimento de atributos e atitudes necessários para a gerência da própria vida, nos âmbitos pessoal, profissional e social. Essa visão vai ao encontro dos quatro pilares da educação propostos pela Unesco: Aprender a conhecer, isto é, adquirir os instrumentos; Aprender a fazer, para poder agir sobre o meio envolvente; Aprender a viver juntos, a fim de participar e cooperar com os outros em todas as atividades humanas; e Aprender a ser, via essencial que integra as três precedentes.

Ao todo, 2.538 alunos, do 4º ao 9º ano do Ensino Fundamental, de 18 escolas da Rede Municipal de Ensino participam do Projeto. Durante a Feira, os alunos apresentaram os trabalhos feitos ao longo do semestre e colocaram à venda os produtos confeccionados por eles, sendo que o valor arrecadado será revertido para as próprias escolas.

Os produtos apresentados foram relacionados aos eixos temáticos trabalhados em cada faixa etária: 4º ano – Locadora de Produtos – os alunos aprendem sobre as vantagens que a locação de produtos representa em algumas situações e têm a oportunidade de vivenciar a importância de um trabalho desenvolvido em equipe; 5º ano – Sabores e Cores – ressalta a importância dos alimentos e dos cuidados com a higiene, e os alunos apresentam um espaço gastronômico com alimentos saudáveis, saborosos e que valorizem a cultura local; 6º ano – Ecopapelaria – percebem a importância dos cuidados com o meio ambiente e desenvolvem uma atividade empreendedora para reutilizar papéis que seriam descartados como lixo; 7º ano – Artesanato Sustentável – orientação sobre a importância da sustentabilidade do planeta, da organização e da mobilização para que isso aconteça e elaboram produtos artesanais com práticas sustentáveis; 8º ano – Empreendedorismo Social – desenvolvem uma atividade empreendedora social analisando os impactos e benefícios alcançados, aprendendo na prática que empreender traz benefícios para toda a sociedade; 9º ano – Novas Ideias, Grandes Negócios – trabalham na identificação de uma oportunidade e a desenvolvem como atividade empreendedora, sendo que, a partir da ideia definida por eles, seguirão os passos necessários para torná-la realidade, planejando e empreendendo para alcançar  os objetivos que definiram.

A supervisora do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino, Márcia Menezes, esteve presente na Feira e se mostrou bastante satisfeita com o resultado do Projeto. “O resultado final foi gratificante. A gente não tinha noção do tamanho do Projeto, fomos desenvolvendo passo a passo e estamos muito encantados com o resultado. As crianças gostaram muito e os professores também, e por isso o desenvolvimento foi excelente”.

A “1ª Feira do Empreendedorismo” também contou com a presença da analista de negócios Isabel Janaína Soares, professora responsável pela capacitação dos professores participantes do JEPP. Representando o Sebrae, ela comentou a respeito do processo de capacitação. “Para mim é um prazer estar aqui hoje. Estive em Tatuí ministrando uma palestra no início deste ano, participei de todos os processos, juntamente com os professores, dando acompanhamento. Os professores fizeram, primeiramente, 30 horas de curso à distância (EaD) e depois foram 8 horas de curso presencial. Parabéns a todos os envolvidos, à prefeita Maria José, ao secretário municipal de Educação, professor Miguel, à direção das escolas e aos professores. O evento está um sucesso. Nota 10 para todos”, ressaltou.

Também representando o Sebrae, esteve presente na Feira o gestor de projetos do Sebrae, Ivan Ramos dos Santos, que informou que o Programa terá continuidade já no início de 2020. “Gostaria de agradecer a Prefeitura de Tatuí, na pessoa da prefeita Maria José Vieira de Camargo, o secretário municipal de Educação, Miguel Lopes Cardoso Júnior, bem como toda a equipe de professores, diretores e coordenadores das escolas, por terem aceito participar do JEPP. Com esse projeto visamos estimular a coletividade e a criatividade dos alunos, que passam a conhecer o comportamento dos empreendedores de sucesso e têm suas competências estimuladas. E já temos uma negociação para que no próximo ano a gente continue com esse Projeto no município, inclusive aumentando o número de alunos participantes”, afirmou.

Além da apresentação dos trabalhos realizados pelos alunos, o evento contou ainda com apresentações de dança e teatro dos estudantes, que emocionaram a todos os presentes, especialmente aos pais e familiares que foram prestigiar a Feira e dar apoio e incentivo às crianças.

Após as apresentações, a prefeita Maria José Vieira de Camargo, que também foi prestigiar os trabalhos dos alunos, fez uso da palavra, parabenizou todos os alunos e responsáveis pelo desenvolvimento do Projeto e ressaltou a importância da educação empreendedora logo nos primeiros anos da vida escolar. “Estou encantada com o trabalho de vocês. Para nós é uma satisfação, e é assim mesmo que começa: motivando cada um de vocês a empreender. O empreendedorismo é o futuro de nossa cidade, do nosso estado e do nosso país. Parabéns a todas as crianças, aos professores e diretores e aos profissionais do Sebrae”, concluiu a prefeita.

Sobre o Jepp – Com a proposta pedagógica do JEPP para cada ano do Ensino Fundamental, por meio de atividades lúdicas, o ambiente da aprendizagem sensibiliza os estudantes a assumirem riscos calculados, a tomarem decisões e a terem um olhar observador para que possam identificar, ao seu redor, oportunidades de inovações, mesmo em situações desafiadoras.

A educação empreendedora proposta pelo Sebrae para o Ensino Fundamental incentiva os alunos a buscar o autoconhecimento, novas aprendizagens, além do espírito de coletividade. A ideia é a de que a educação deve atuar como transformadora, incentivando o aluno a quebrar paradigmas e a desenvolver habilidades e comportamentos empreendedores.

Dessa forma, a solução, aliada a um ambiente propício à aprendizagem, favorece o envolvimento dos jovens estudantes no próprio ato de fazer, pensar e aprender. Essas são características fundamentais dos comportamentos empreendedores, nos quais o estudante e o grupo em que está inserido reconhecem que suas contribuições são importantes e valorizadas.

PREFEITURA E COOP REALIZAM A “MOSTRA MUNICIPAL DE PROJETOS EDUCACIONAIS COOPERATIVOS DO ‘COOPERJOVEM’ EM TATUÍ”

A COOP – Cooperativa de Consumo, em parceria com a Prefeitura de Tatuí, por meio da Secretaria de Educação, promoveu, nesta quinta-feira (07/11), a “Mostra Municipal de Projetos Educacionais Cooperativos do Programa ‘Cooperjovem’ em Tatuí”. O evento foi realizado na Coop da Rua Coronel Lúcio Seabra, com o objetivo de apresentar ao público os trabalhos desenvolvidos pelas 15 escolas participantes do Programa e proporcionar a troca de experiências e ideias.

O Programa “Cooperjovem” acontece em Tatuí por meio de uma parceria entre a COOP, a Secretaria Municipal de Educação e o Sescoop/SP, e conta com a participação de 6.711 alunos do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino.

A ideia da Mostra é evidenciar as boas práticas e os impactos positivos que os Projetos Educacionais Cooperativos (PEC’s) do programa proporcionaram em suas comunidades escolares. O gerente geral da Coop em Tatuí, Rodrigo Corrêa, classificou como um “orgulho” a realização da Mostra no município, e destacou os princípios adotados na organização do evento. “Para nós é um orgulho recebermos essa Mostra. Estamos praticando o quinto e o sétimo princípio cooperativista, adotados pelo mundo todo, que se referem à formação de educandos e o interesse pela comunidade, respectivamente”, afirmou. Rodrigo também comentou que o “Cooperjovem” existe há três anos em Tatuí, e a parceria com a Prefeitura é de suma importância para que o Programa continue sendo realizado.

Os PEC’s são enquadrados nos seguintes eixos temáticos: Valores da cooperação e relações interpessoais; Resgate e valorização da cultura local; Saberes e práticas pedagógicas; e Responsabilidade socioambiental.

Cinco escolas participaram do eixo “Valores da cooperação e relações interpessoais”, todas com um PEC diferente. São elas: EMEF “Eunice Pereira de Camargo” (Integração e participação familiar); EMEF “Prof. Alan Alves de Araújo” (Convivência escolar: ensaio para a convivência em sociedade); EMEF “Prof.ª Maria Helena Machado” (Democracia que une); EMEF “Prof. José Tomas Borges” (Ambiente colaborativo na escola); e EMEF “Prof.ª Teresinha Vieira de Camargo Barros” (Jogos cooperativos e gibiteca para todos).

Já a EMEF “Prof.ª Maria Eli da Silva Camargo” participou do eixo “Resgate e valorização da cultura local”, com o PEC “Abrace sua escola: preservação do patrimônio público”.

Outras sete escolas possuíram PEC’s no eixo “Saberes e práticas pedagógicas”. São elas: CEPEM “Eunice de Almeida Rocha” (Na trilha da leitura: integração da família no contexto escolar); EMEF “Prof. Firmo Antônio de Camargo Del Fiol” (Leitura na escola: uma proposta de ensino e aprendizagem); EMEF “Prof.ª Sarah de Campos Vieira dos Santos” (Minha escola também lê); EMEF “João Florêncio” (Biblioteca criativa); EMEF “Prof.ª Maria Conceição Oliveira Marcondes” (Ler e escrever para o exercício da cidadania); e EMEF “Magaly Azambuja” (A leitura como porta de entrada para o mundo).

E mais três escolas participaram do eixo “Responsabilidade socioambiental”: EMEF “Prof.ª Lígia Vieira Camargo Del Fiol” (Lixo que transforma); EMEF “Prof. José Galvão Sobrinho” (Óleo de cozinha nosso!); e EMEF “Eugênio Santos” (Horta sensorial).

O secretário municipal de Educação, Miguel Lopes Cardoso Júnior, ressaltou a importância da participação dos pais no projeto, acompanhando de perto os alunos e incentivando-os a realizar um trabalho conjunto. “Nós percebemos um grande envolvimento das famílias com esse projeto, e é exatamente isso que esperávamos, que os familiares participem do dia a dia das crianças na escola. Isso proporciona proteção para os nossos alunos e temos pedido esse apoio durante as reuniões de pais nas escolas”, explicou.

Paulo Henrique de Souza Reis, instrutor do Programa “Cooperjovem” em Tatuí, falou sobre a importância da participação das famílias no desenvolvimento do Programa para o fortalecimento da educação nas escolas. “Quando falamos em educação pública, muitas pessoas imaginam lugares fragilizados, com poucos recursos, mas com esse projeto nós comprovamos que as escolas públicas têm muitas coisas boas. O ‘Cooperjovem’ visa envolver a todos, facilitando e favorecendo a voz dos alunos e das famílias, trazendo as pessoas, de fato, para dentro da escola, para que haja uma construção conjunta, o que proporciona uma transformação social incrível, por meio de um processo educacional que fortalece as escolas”, concluiu.

Sobre o programa – O “Cooperjovem” é um programa da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), desenvolvido em âmbito nacional pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop) desde 2000. Em 2001, o programa foi implantado pelo Sescoop/SP, que assumiu sua coordenação em âmbito estadual em parceria com as Cooperativas e Secretarias Municipais de Educação.

A principal ação do programa consiste na formação dos professores por meio de um curso de 40 horas, com foco em conceitos e práticas de educação cooperativa, metodologia de criação de Projetos Educacionais Cooperativos (PEC) e criação de um PEC por escola participante.

Durante a formação no primeiro ano, os educadores são provocados a realizar uma pesquisa de contexto com a sua comunidade escolar para diagnosticarem quais as problemáticas, desafios e questões que podem ser enfrentadas. Nesse momento, eles descobrem a escola que têm hoje e qual escola poderão ter a partir do desenvolvimento do PEC. Ou seja, alunos, famílias, professores, gestão, funcionários e comunidade do entorno são envolvidos nesse processo onde todos têm voz, tanto na elaboração, quanto na execução dos projetos.

Nos dois anos seguintes, o PEC é desenvolvido na escola por meio das parcerias, com acompanhamento e apoio do Sescoop/SP, além da realização de ações pontuais que fortaleçam os projetos.

ACONTECE NESTA QUINTA A “MOSTRA MUNICIPAL DE PROJETOS EDUCACIONAIS COOPERATIVOS DO PROGRAMA COOPERJOVEM EM TATUÍ”

A COOP – Cooperativa de Consumo, em parceria com a Prefeitura de Tatuí, por meio da Secretaria de Educação, promoverá, nesta quinta-feira (07/11), a “Mostra Municipal de Projetos Educacionais Cooperativos do Programa Cooperjovem em Tatuí”. O evento será realizado na Coop da Rua Coronel Lúcio Seabra, nº 772, Centro, e terá o objetivo de apresentar ao público os trabalhos desenvolvidos pelas 15 escolas participantes do Programa e proporcionar a troca de experiências e ideias.

No dia do evento, estarão presentes representantes de 14 escolas, pois a CEPEM “Eunice Almeida Rocha”, que integra o eixo “Saberes e práticas pedagógicas”, com o PEC “Na trilha da leitura: integração da família no contexto escolar”, não contará com a presença de seus representantes, pois os mesmos não terão possibilidade de participar da Mostra no dia estabelecido.

A programação da Mostra terá início às 8h45, com a abertura do evento. Das 9h às 11h30, serão apresentados os trabalhos das EMEF’s “Prof.ª Maria Eli da Silva Camargo”, “Prof. Alan Alves de Araújo”, “Magaly Azambuja”, “Prof.ª Maria Helena Machado”, “Prof.ª Teresinha Vieira de Camargo Barros”, “João Florêncio” e “Prof.ª Lígia Vieira de Camargo Del Fiol”.

Já das 13h às 15h30, serão apresentados os trabalhos das EMEF’s “Prof. Firmo Antônio de Camargo Del Fiol”, “Eunice Pereira de Camargo”, “Prof. José Galvão Sobrinho”, “Prof. José Tomas Borges”, “Prof.ª Sarah de Campos Vieira dos Santos”, “Prof.ª Maria Conceição Oliveira Marcondes” e “Eugênio Santos”.

O Programa Cooperjovem acontece em Tatuí por meio de uma parceria entre a COOP, a Secretaria Municipal de Educação e o Sescoop/SP, e conta com a participação de 6.711 alunos do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino. Os Projetos Educacionais Cooperativos (PEC’s) do programa podem ser enquadrados nos seguintes eixos temáticos: Valores da cooperação e relações interpessoais; Resgate e valorização da cultura local; Saberes e práticas pedagógicas; e Responsabilidade socioambiental.

Cinco escolas participam do eixo “Valores da cooperação e relações interpessoais”, todas com um PEC diferente. São elas: EMEF “Eunice Pereira de Camargo” (Integração e participação familiar); EMEF “Prof. Alan Alves de Araújo” (Convivência escolar: ensaio para a convivência em sociedade); EMEF “Prof.ª Maria Helena Machado” (Democracia que une); EMEF “Prof. José Tomas Borges” (Ambiente colaborativo na escola); e EMEF “Prof.ª Teresinha Vieira de Camargo Barros” (Jogos cooperativos e gibiteca para todos).

Já a EMEF “Prof.ª Maria Eli da Silva Camargo” participa do eixo “Resgate e valorização da cultura local”, com o PEC “Abrace sua escola: preservação do patrimônio público”.

Outras sete escolas possuem PEC’s no eixo “Saberes e práticas pedagógicas”. São elas: CEPEM “Eunice de Almeida Rocha” (Na trilha da leitura: integração da família no contexto escolar); EMEF “Prof. Firmo Antônio de Camargo Del Fiol” (Leitura na escola: uma proposta de ensino e aprendizagem); EMEF “Prof.ª Sarah de Campos Vieira dos Santos” (Minha escola também lê); EMEF “João Florêncio” (Biblioteca criativa); EMEF “Prof.ª Maria Conceição Oliveira Marcondes” (Ler e escrever para o exercício da cidadania); e EMEF “Magaly Azambuja” (A leitura como porta de entrada para o mundo).

E mais três escolas participam do eixo “Responsabilidade socioambiental”: EMEF “Prof.ª Lígia Vieira Camargo Del Fiol” (Lixo que transforma); EMEF “Prof. José Galvão Sobrinho” (Óleo de cozinha nosso!); e EMEF “Eugênio Santos” (Horta sensorial).

Sobre o Programa – O Cooperjovem é um programa da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), desenvolvido em âmbito nacional pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop) desde 2000. Em 2001, o programa foi implantado pelo Sescoop/SP, que assumiu sua coordenação em âmbito estadual em parceria com as Cooperativas e Secretarias Municipais de Educação.

A principal ação do programa, que existe em Tatuí desde 2017, consiste na formação dos professores por meio de um curso de 40 horas, com foco em conceitos e práticas de educação cooperativa, metodologia de criação de Projetos Educacionais Cooperativos (PEC) e criação de um PEC por escola participante.

Durante a formação no primeiro ano, os educadores são provocados a realizar uma pesquisa de contexto com a sua comunidade escolar para diagnosticarem quais as problemáticas, desafios e questões que podem ser enfrentadas. Nesse movimento, eles descobrirão a escola que têm hoje e qual escola poderão ter a partir do desenvolvimento do PEC. Ou seja, alunos, famílias, professores, gestão, funcionários e comunidade do entorno são envolvidos nesse processo onde todos têm voz, tanto na elaboração, quanto na execução dos projetos.

Nos dois anos seguintes, o PEC é desenvolvido na escola por meio das parcerias, com acompanhamento e apoio do Sescoop/SP, além da realização de ações pontuais que fortaleçam os projetos.

A ideia da Mostra é evidenciar as boas práticas e os impactos positivos que os PEC’s proporcionaram em suas comunidades escolares.