MAIS DE 1.790 TESTES CONTRA DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS SÃO FEITOS EM DOIS DIAS “D” DA CAMPANHA “FIQUE SABENDO”

Nas ações, que foram realizadas na Praça da Matriz, 448 pessoas foram testadas, das quais 232 eram homens e 216 mulheres, resultando em um total de 1.792 testes.

A Campanha “Fique Sabendo” 2022, promovida pela Prefeitura de Tatuí, por meio do Ambulatório de Infectologia e da Vigilância Epidemiológica – ambos da Secretaria da Saúde, aconteceu nos dois últimos sábados (dias 26 de novembro e 3 de dezembro), na Praça da Matriz. 

Nas ações, que foram realizadas das 8h às 13h, 448 pessoas foram testadas, das quais 232 eram homens e 216 mulheres, resultando em um total de 1.792 testes. Deste número, foram identificados 25 casos de Sífilis (6 deles previamente tratados); 3 de Hepatite C (1 deles previamente tratado e 1 em acompanhamento) e 1 caso de HIV, cuja pessoa desconhecia a sorologia, mas já foi encaminhada ao Ambulatório de Infectologia para tratamento. 

“Gostaria de ressaltar a participação da população na Campanha, pois tivemos uma procura muito grande de testes neste ano. A participação de toda a equipe com seriedade e dedicação foi também o ponto alto do evento. Seguiremos firmes no propósito de aumentarmos ainda mais o número de pessoas testadas e, consequentemente, contribuir para a redução da transmissão das doenças e da mortalidade em nosso município”, afirmou a enfermeira responsável pelo Ambulatório de Infectologia, Cláudia Bitencourt. 

A Campanha “Fique Sabendo” foi criada com o objetivo de orientar a população sobre as formas de prevenção das doenças sexualmente transmissíveis, além de identificar e encaminhar as pessoas infectadas aos serviços especializados. Para que isso seja possível, os testes são realizados por meio da coleta de uma gota de sangue da ponta do dedo do indivíduo, e o resultado é revelado em apenas 15 minutos. 

O encerramento da Campanha será nesta quarta-feira (7/12), no entanto, a testagem continuará nas Unidades de Saúde, em seus respectivos horários de funcionamento, e no Ambulatório de Infectologia/Vigilância Epidemiológica (Rua Juvenal de Campos, nº 203, Centro). Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (15) 3259-1564 ou 3305-8855. 

Compartilhe:

Skip to content