Prefeitura de Tatuí
  1. Home
  2. »
  3. Esporte, Cultura, Turismo e Lazer
  4. »
  5. “TATUÍ FOLIA 2024 – O CARNAVAL DA FAMÍLIA” EXPOSIÇÕES SOBRE O CORDÃO DOS BICHOS E…

“TATUÍ FOLIA 2024 – O CARNAVAL DA FAMÍLIA” EXPOSIÇÕES SOBRE O CORDÃO DOS BICHOS E CLÁUDIA REBOUÇAS COMEÇAM NESTA SEXTA-FEIRA (22)

Publicado em:

“Cordão dos Bichos – Patrimônio Histórico e Cultural” é o tema de uma das exposições que foca no Carnaval da Capital da Música.

A Prefeitura de Tatuí, por meio da Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo e Lazer, realizará nesta sexta-feira (2/2), às 9h, no Centro Cultural, a abertura das exposições “Cordão dos Bichos – Patrimônio Histórico e Cultural” e “Claudia Rebouças – Patrimônio do Carnaval de Tatuí”. Ambas fazem parte da programação do Carnaval 2024 no município, que tem como tema “Tatuí Folia 2024 – O Carnaval da Família”.

A exposição “Cordão dos Bichos – Patrimônio Histórico e Cultural” foca no tema Carnaval, que chegou ao Brasil importado pelos colonizadores portugueses entre os séculos XVI e XVII, se manifestando inicialmente por meio do entrudo, uma brincadeira popular. Com o passar do tempo, o Carnaval foi adquirindo outras formas de se manifestar. A popularização da festa contribuiu para o surgimento do samba e do desfile das escolas de samba e o Carnaval assumiu a sua posição de maior festa popular do Brasil.

Em Tatuí, para comemorar o Carnaval de 1928, há exatos 96 anos, Vicente Almeida e Aladim Ponce criaram dois cavalos e um elefante usando a técnica da papietagem, que consiste na utilização de materiais recicláveis e de simples aquisição, tais como, arame, bambu, jornal, papel e cola. Com isso, surgiu uma tradição que passou de geração em geração devido ao grande sucesso do trabalho artístico produzido por seus criadores e que alegrava os amigos e as famílias da Cidade Ternura: o Cordão dos Bichos, um ícone do Carnaval tatuiano e um dos maiores representantes do folclore do Estado de São Paulo.

Já a exposição “Claudia Rebouças – Patrimônio do Carnaval de Tatuí” homenageará a grande ícone do Carnaval tatuiano, a estilista Claudia Rebouças, que faleceu na terça-feira de Carnaval do ano passado (2023).

O público poderá visitar as duas exposições gratuitamente até o dia 9/2, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h e das 19h às 21h, e nos dias de Carnaval, de 10 a 13/2 (sábado a terça-feira), das 16h às 21h. O Centro Cultural de Tatuí está situado na Praça Martinho Guedes, n° 12, Centro. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3259-3993.

SOBRE O CORDÃO DOS BICHOS

O Cordão dos Bichos abria os desfiles carnavalescos da época e, em suas apresentações, colocava os animais contra o público com uma música de charanga. O cortejo era tão aguardado pelos tatuianos que era saudado com palmas, risos e, algumas vezes, com fugas e gritos das crianças, mas sempre espalhando encantamento por onde passava.

O grupo carnavalesco se tornou um ícone do folclore tatuiano, animando os foliões com seus carros alegóricos para festejar o Carnaval pelas ruas de terra ou pedregulho, na área central da cidade.

O tradicional Cordão dos Bichos chegou a ter, aproximadamente, 100 figuras, entre animais, cabeções e bonecões que alcançavam até 4 metros de altura. Ao longo dos anos, se apresentou em centenas de cidades do território nacional, registrando presença no Festival Folclórico de Olímpia; na troca da Bandeira, em 1977, em Brasília, Rio de Janeiro e Campinas; além de, desde 2007, representar Tatuí no Revelando São Paulo.

O Cordão dos Bichos é um dos maiores representantes do folclore do Estado de São Paulo e um Patrimônio Cultural. Recebeu recursos da Lei Federal n° 14.017/2020 – Lei Aldir Blanc (LAB) e está na programação do Carnaval e do desfile cívico que comemora o aniversário de Tatuí.

Atualmente, a diretoria do Cordão dos Bichos é responsável pela confecção e restauração de novas figuras, segundo informações de seu presidente, Pedro da Silva, que participa do grupo há mais de 20 anos e que mantém viva a tradição deste importante Patrimônio Imaterial de Tatuí.

SOBRE CLÁUDIA REBOUÇAS

A estilista Cláudia Rebouças morava em São Paulo quando, na sua adolescência, conheceu o Carnaval tatuiano por meio de uma amiga. Depois da primeira folia, ela passou a ficar cada vez mais no município, até se mudar de vez para a cidade. “Quando eu vim pra cá, eu vim pra desfilar em uma escola de samba, a Imperiais do Samba. Em Tatuí eu tive todos os incentivos para permanecer na cidade”, contou a estilista ao G1, em 2013. Os tatuianos se despediram de Cláudia na terça-feira de Carnaval do ano passado (2023).

Desde 1960 ela esteve presente na vida cotidiana de Tatuí, local onde vivenciava toda a programação carnavalesca da Capital da Música. Em especial, dedicava o seu interesse pela Cidade Ternura devido a acolhida que teve nos braços da família do carnavalesco Paulo Vagalume. “Saio no Carnaval desde que eu me conheço por gente. O Carnaval é minha vida. Aprendi a desfilar com a minha mãe e continuo a festejar. O Carnaval, para mim, é o alívio que posso ter após ter passado por um ano inteiro”, descreveu ela ao Jornal “O Progresso de Tatuí”, em 2018.

Quem se divertia nos carnavais de Tatuí, terá em sua memória a presença de Cláudia com as fantasias de Carmen Miranda, de gueixa, entre muitas outras feitas à mão pela própria estilista, que desfilava exuberância. As requintadas e pesadas fantasias deram a ela diversos prêmios em concursos de bailes e desfiles da cidade. “No Carnaval você tem que ter brilho, tem que ter ênfase, a coisa tem que surtir um efeito”, assim descrevia o Carnaval. Nos clubes, nas praças ou avenidas, por onde desfilava sempre exteriorizava a alegria por meio das fantasias. Em função disso e por força da profissão, Cláudia nunca repetia suas fantasias, pois acreditava que éramos obrigados a repetir muitas coisas no decorrer do ano, mas não no Carnaval. Esse era, para ela, o momento de as pessoas exporem tudo o que desejavam.

O Bloco do Vagalume representou um privilégio para a estilista, pois foi a família de Paulo Vagalume que a recebeu de braços abertos, além de ser tratada como filha. Cláudia Rebouças fez de seu enxoval, a fantasia em pleno Carnaval. Na terça-feira de Carnaval, 22 de fevereiro de 2023, não era noite, não era dia, a madrugada se despedia sambando com arte, puxando cordões.

Compartilhe:

Outras

Notícias

EVANDRO CAMARGO É A PRÓXIMA ATRAÇÃO DO “HAPPY HOUR MUSICAL”

Cantor tatuiano se apresenta no dia 28 de junho, sexta-feira, às 19h, na Praça de Alimentação Municipal.

VIOLINISTA ALESSANDRO PENEZZI É O CONVIDADO ESPECIAL DO PROJETO “RODA DE CHORO”

O evento, às 17h do dia 25 de junho, é gratuito e acontece no Foyer Mário Covas, situado no Teatro Procópio Ferreira.

NÚMERO DE CASOS DE DENGUE EM TATUÍ COMEÇA A DIMINUIR COM O FIM DO PERÍODO EPIDÊMICO, QUE TERMINOU NO MÊS DE MAIO

Clima mais frio e seco, somado as ações realizadas pela Prefeitura e pela população, atuam na diminuição dos focos do mosquito Aedes Aegypti.

Comunicar erro

Encontrou algum erro em nosso site ?
Utilize os campos abaixo para informar o que encontrou e assim ajudar-nos a melhorar nossos serviços prestados através deste canal.
Obs.: Os campos com asterisco (*) são obrigatórios.

Caso necessite, visite nossa seção de Perguntas e Respostas.

Pular para o conteúdo