Prefeitura de Tatuí
  1. Home
  2. »
  3. Cultura
  4. »
  5. SEMANA PAULO SETÚBAL É RECONHECIDA PELO CONDEPHAT COMO PATRIMÔNIO CULTURAL IMATERIAL DE TATUÍ

SEMANA PAULO SETÚBAL É RECONHECIDA PELO CONDEPHAT COMO PATRIMÔNIO CULTURAL IMATERIAL DE TATUÍ

Publicado em:

A principal Semana de Arte, Cultura e Literatura dos tatuianos, que abre as festividades do aniversário da cidade, teve sua primeira edição realizada em 1943.

O Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico e Artístico de Tatuí (CONDEPHAT) reconheceu a Semana Paulo Setúbal – que abre as festividades do aniversário de Tatuí – como Patrimônio Cultural Imaterial do Município, sendo promulgado pelo prefeito Miguel Lopes Cardoso Júnior o Decreto Municipal nº 24.675, de 11 de dezembro de 2023 (https://bit.ly/3H2J4nl).

O processo de registro emitido pelo Conselho de Patrimônio contém 33 páginas estruturadas por meio de pesquisas realizadas, entre outras, por Rogério Vianna e Donny Barros. Ele foi apresentado pelos integrantes da Resolução (https://bit.ly/3H4mDyf), os conselheiros Cristiano Guimarães de Camargo e Rogério Donisete Leite de Almeida, sendo aprovado pelo CONDEPHAT.

De acordo com o presidente do CONDEPHAT, Antonio Celso Fiuza Junior, “esse é um passo importante para o reconhecimento da Semana que agora terá seu documento enviado para ser analisado e reconhecido em esferas estadual e federal”.

Foram consideradas as seguintes justificativas para a estruturação do Decreto que reconhece a Semana Paulo Setúbal: a Lei Municipal nº 5.113, de 7 de agosto de 2017, que cria a Semana Paulo Setúbal no âmbito do município de Tatuí e dá outras providências (https://bit.ly/4aJWSAK); o pertencimento do ato de criação que deu origem a Semana Paulo Setúbal, idealizada por Fernando Guedes de Moraes, Celso Vieira de Camargo e Paulo Sílvio Azevedo, e que teve sua primeira realização em 1943; a Lei Estadual nº 3.690, que oficializa a importância da Semana Paulo Setúbal; e o Decreto Estadual nº 33.092, que instituiu dois prêmios em dinheiro com a denominação Prêmio Literário Paulo Setúbal.

A importância de tal Semana, que fomenta, através do Museu Histórico “Paulo Setúbal”, o fazer literário por meio de três importantes certames literários, também é uma das justificativas do Decreto, já que os objetivos são: manter a produção literária local valorizando a vida e obra do imortalizado tatuiano Paulo Setúbal; valorizar o escritor tatuiano; fortalecer e estimular o interesse pela leitura e literatura; fomentar ações literárias em espaços públicos; e promover a pluralidade artística na literatura.

Além disso, a Semana Paulo Setúbal difunde a produção literária do município com os Editais: “Prêmio Literário Paulo Setúbal – Contos, Crônicas e Poesias”, de abrangência nacional, instituído em 2003; “Concurso Paulo Setúbal – Literatura e Artes Visuais”,de abrangência municipal, dedicado exclusivamente para a Rede de Educação e instituído em 2002; “Publicação de Livro”, de abrangência municipal, valorizando a publicação de obras de escritores tatuianos e instituído em 2023; e “Festival de Arte e Cultura”, criado em 2021, focando no fomento e na difusão de projetos culturais para realização de atividades de arte e cultura no calendário cultural do Museu Paulo Setúbal.

SOBRE A SEMANA PAULO SETÚBAL

A primeira edição da Semana Paulo Setúbal aconteceu em 1943, idealizada por Fernando Guedes de Moraes, Celso Vieira de Camargo e Paulo Sílvio Azevedo, e se tornou a principal Semana de Arte, Cultura e Literatura dos tatuianos.

Em 11 de agosto de 1956, a Semana passou a ser promovida pela “Casa de Paulo Setúbal” – em um prédio cedido pelo Banco Sul Americano do Brasil, atualmente o Banco Itaú, cujo principal acionista era filho do escritor tatuiano Paulo Setúbal – no período de 5 a 11 de agosto. Depois, em 2 de janeiro de 1957, por meio da Lei nº 3.690, o Governo do Estado de São Paulo oficializou a Semana Paulo Setúbal.

No dia 11 de julho de 1958, o Decreto nº 33.092 instituiu dois prêmios em dinheiro com a denominação “Prêmio Literário Paulo Setúbal”. Em 1967, o tema foi “A religião na obra de Paulo Setúbal”, e em 1969 foi “O romance histórico de Paulo Setúbal no contexto do romance histórico brasileiro”.

Em 1976, o “Prêmio Literário Paulo Setúbal” teve como tema “O centenário do historiador Afonso de E. Taunay” e também foram realizados: o concurso “A Melhor Fotografia da Cidade de Tatuí”; o lançamento do carimbo comemorativo do sesquicentenário da cidade, elaborado pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos; e a apresentação da primeira montagem do Grupo de Teatro do Conservatório de Tatuí “Antígona”, com direção de Moisés B. Miastkuosky.

“O Telurismo na obra de Paulo Setúbal” foi o tema do Prêmio Literário no ano de 1980. Dois anos depois (1982), aconteceu a 40ª Semana Paulo Setúbal, com a “Maratona Intelectual Paulo Setúbal”.

Já no ano do centenário de nascimento de Paulo Setúbal (1993), a Semana promoveu novamente a Maratona Intelectual, com o objetivo de despertar nos estudantes o desejo de conhecer as obras do escritor, romancista histórico e poeta Paulo Setúbal. Foram realizados concurso de monografias escolares, salão de artes plásticas, exposição de objetos pessoais e filmes e o I Salão de Artes Plásticas Infanto-Juvenil, destinado aos jovens de até 16 anos de idade, nas modalidades pintura, desenho e escultura.

No ano de 2002 foi criado o “Concurso Paulo Setúbal – Literatura e Artes Visuais”, de abrangência municipal e dedicado exclusivamente para a Rede de Educação. E, em 2003, foi instituído o “Prêmio Literário Paulo Setúbal – Contos, Crônicas e Poesias”, de abrangência nacional. Ambos contaram com o apoio da família Setúbal.

A partir de 2008, para a divulgação dos vencedores e das obras do certame de Paulo Setúbal, passou a ser produzido um tabloide, suplemento editado pelo jornal “O Progresso de Tatuí”, existente até hoje.   

Em 2009, além do Concurso Paulo Setúbal, de abrangência nacional e municipal, a Semana contou com o “Paulo Setúbal Show”, um game de perguntas e respostas entre alunos da Rede de Educação, sobre a vida e obra do escritor tatuiano. Esse game foi realizado até o ano de 2012.

No ano de 2010, o tema do Concurso foi a clássica obra do imortal tatuiano “A Marquesa de Santos” e teve início o Concurso Paulo Setúbal de Fotografia. Um ano depois (2011), na realização da 69ª Semana Paulo Setúbal, o tema do Concurso de abrangência municipal foi a obra “Confiteor” e foi instituída a logomarca da Semana, de autoria de Marcos Bueno, definida como a reprodução do bordado do galardão que Paulo Setúbal usou na Academia Brasileira de Letras e que, atualmente, é parte do acervo do Museu Histórico “Paulo Setúbal”, com a assinatura do escritor tatuiano.

Em 2012, ocorreram as comemorações de 70 anos da Semana Paulo Setúbal. Em 2013, o tema do Concurso foi “A Bandeira de Fernão Dias” e, em 2014, “Alma Cabocla”. Em 2016, inspirado nas obras “Confiteor” e “Alma Cabocla”, o Concurso de abrangência municipal teve como tema: “Tatuí, na Obra de Paulo Setúbal”.

Em 7 de agosto de 2017, a Lei Municipal n° 5.113 criou a “Semana Paulo Setúbal” em Tatuí. Naquele mesmo ano, o 16º Concurso Paulo Setúbal – Literatura e Artes Visuais, de abrangência municipal e disputado pelos alunos da Rede de Ensino, teve como tema: “80 anos salvaguardando a memória do escritor tatuiano (1937/2017)”. A partir de então, o Concurso passou a ser gerido pelo Museu Histórico “Paulo Setúbal”.

No ano de 2018, o 17º Concurso Paulo Setúbal – Literatura e Artes Visuais teve o objetivo de valorizar os professores e, como tema, o capítulo VI de “Confiteor”: “O homem mais rico de minha terra”.

Em 2019, o 18º Concurso Paulo Setúbal – Literatura e Artes Visuais apresentou como tema “Discurso da Academia Brasileira de Letras (1934-2019)”, comemorando os 85 anos de história do discurso proferido pelo escritor tatuiano ao ser imortalizado pela Academia Brasileira de Letras. Nesse ano, os vencedores do 1º, 2º e 3º lugares, respectivamente, passaram a receber um troféu elaborado em latão polido (ouro), em alumínio polido (prata) e em latão patinado de castanho (bronze), todos personalizados com base de granito e plaqueta em latão com o nome dos vencedores gravados.

Devido à pandemia da Covid-19, em 2020 o Prêmio Literário Paulo Setúbal, de abrangência nacional, que fez alusão ao Centenário do edifício sede do Museu, foi realizado de forma virtual, registrando recorde de inscrições: 2.249, sendo 1.981 on-line e 368 via Correios. Naquele ano, o Concurso de Literatura e Artes Visuais não foi realizado para a Rede de Educação, devido à ausência das aulas presenciais.

Em 2021, foi instituído o Festival de Arte e Cultura de Tatuí, focando no fomento e na difusão de projetos culturais.

Por fim, no ano de 2023, foi instituído um Edital para Publicação de Livro, destinado exclusivamente para escritores tatuianos com o intuito de fomentar a produção literária na Terra de Paulo Setúbal.

Compartilhe:

Outras

Notícias

255 EMPREGOS COM CARTEIRA ASSINADA: ESTE É, DE ACORDO COM O CAGED, O SALDO POSITIVO DE TATUÍ EM ABRIL DE 2024

No acumulado do ano, foram gerados mais de 1.130 postos de trabalho.

CONCERTO “NOVAS NOTAS”, DE MATHEUS FRANZ QUINTETO, ACONTECE NO CEU DAS ARTES

O musical foi contemplado pelo Edital de Cultura n° 01/2023 “Maria Ruth Luz” – Seleção de Propostas de Circulação na Expressão Música, da Prefeitura de Tatuí.

NESTE PRIMEIRO DOMINGO DE JUNHO, FEIRA LIVRE DO LARGO DO MERCADO RECEBE A APRESENTAÇÃO DE GABRIEL DIAZ NO PROJETO “TRADIÇÃO E RAIZ”

Nesta edição, a apresentação ficará por conta de Gabriel Diaz, com um vasto e eclético repertório.

Comunicar erro

Encontrou algum erro em nosso site ?
Utilize os campos abaixo para informar o que encontrou e assim ajudar-nos a melhorar nossos serviços prestados através deste canal.
Obs.: Os campos com asterisco (*) são obrigatórios.

Caso necessite, visite nossa seção de Perguntas e Respostas.

Pular para o conteúdo