Prefeitura de Tatuí
  1. Home
  2. »
  3. Campanhas
  4. »
  5. COMEÇA O PERÍODO EPIDÊMICO DA DENGUE; PREFEITURA PEDE A COLABORAÇÃO DA POPULAÇÃO CONTRA O AEDES…

COMEÇA O PERÍODO EPIDÊMICO DA DENGUE; PREFEITURA PEDE A COLABORAÇÃO DA POPULAÇÃO CONTRA O AEDES AEGYPTI

Publicado em:

Até o fim do período epidêmico, no mês de maio, é preciso intensificar a limpeza e manutenção de quintais, piscinas, terrenos e casas recém-construídas sem moradores.

Teve início neste mês de outubro, e segue até maio, o período epidêmico da Dengue, doença transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti. Com isso, a Prefeitura de Tatuí, por meio do Setor de Combate à Dengue da Secretaria da Saúde, intensifica o seu trabalho de orientação, prevenção e fiscalização das residências.

No decorrer da 10ª Sala de Situação da Dengue – que ocorreu na última sexta-feira (27/10), no Paço Municipal – os responsáveis pela Saúde do município alertaram sobre a importância da colaboração da população em relação a limpeza e manutenção de quintais, piscinas, terrenos e casas recém-construídas sem moradores.

“Agora é a época em que todos devem ter mais atenção e intensificar os cuidados para não deixar a larva do mosquito nascer. Além da prevenção, solicitamos à população o apoio ao trabalho dos Agentes de Controle de Endemias, abrindo seus imóveis para as vistorias e nebulizações portáteis possam ser feitas”, ressalta a coordenadora do Setor de Combate à Dengue, Juliana Aparecida de Camargo da Costa.

Além deste alerta sobre o período epidêmico, a reunião mensal apresentou diversas ações realizadas no período de 20 de setembro a 27 de outubro. Foram registrados 2 casos autóctones de Dengue, totalizando 33 casos neste ano de 2023, sendo 20 deles autóctones e 13 importados. Neste período também foram realizadas 26.730 visitas à imóveis; 188 controles de criadouros; e 100 nebulizações portáteis. Além disso, mais quatro funcionários ingressaram para a equipe do Setor de Combate à Dengue, totalizando 32 funcionários, sendo 28 deles em serviço de campo.

Nestes dias, foram concluídas 22 ações; colhidas 8 amostras larvárias, sendo 7 positivas para o Aedes Aegypti; finalizado o trabalho de Avaliação de Densidade Larvária (ADL), com um índice 0,58% (Índice de Breteau), considerado satisfatório (até 1%) pelo Ministério da Saúde; concluída, em 19/10, a vistoria de imóveis especiais (escolas, clubes etc) e de pontos estratégicos (ferro velhos, cooperativas de reciclagem etc); e apresentado o Teatro Pedagógico da Dengue para, aproximadamente, 700 alunos de quatro Unidades Escolares: EMEF “Prof. Mauro Antônio Mendes Fiusa”; EMEF “Prof. Paulinho Ribeiro”, com a participação da reportagem da TV Tem; EMEF “Prof. Accácio Vieira de Camargo”; e EMEI “Marli Aparecida Gaspar da Silva”.

As denúncias sobre possíveis criadouros do mosquito Aedes Aegypti podem ser esclarecidas e/ou informadas para a Ouvidoria Municipal no link tatui.sp.gov.br/ouvidoria ou pelos telefones 0800-770-0665 e (15) 3251-3576; ou ainda pelo telefone da Secretaria da Saúde (15) 3305-8855. Já o descarte correto de entulhos e demais materiais, deve ser feito nos diversos Ecopontos (confira a lista completa, com dias, horários e locais de funcionamento em www2.tatui.sp.gov.br/servicos/ecopontos/).

Não menos importante, de acordo com os especialistas em Saúde, é o uso diário de repelentes. E caso a pessoa apresente algum sintoma das doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti (Dengue, Zika ou Chikungunya), deve procurar imediatamente uma Unidade de Saúde para receber o diagnóstico e o tratamento adequados.

Compartilhe:

Outras

Notícias

NA PRÓXIMA QUARTA-FEIRA (19/6), COMEÇA EM TATUÍ A VACINAÇÃO CONTRA A DENGUE PARA ADOLESCENTES DE 10 A 14 ANOS DE IDADE

Para receber a vacina é preciso levar a carteira de vacinação, o cartão SUS, um documento pessoal com foto e um comprovante de endereço. É obrigatória a presença do pai e/ou responsável pelo adolescente.

SALDO REMANESCENTE DA LEI PAULO GUSTAVO GERA ABERTURA DE DOIS EDITAIS PARA OS SETORES AUDIOVISUAL E CULTURAL

As inscrições estarão abertas no período de 17 de junho a 19 de julho.

MAIS DE 100 ENFERMEIROS PARTICIPAM DE CAPACITAÇÃO SOBRE REANIMAÇÃO CARDIOPULMONAR

O treinamento foi conduzido pelo médico cardiologista do Ambulatório de Cardiologia do CEMEM, Luiz Fernando Agapto de Souza.

Comunicar erro

Encontrou algum erro em nosso site ?
Utilize os campos abaixo para informar o que encontrou e assim ajudar-nos a melhorar nossos serviços prestados através deste canal.
Obs.: Os campos com asterisco (*) são obrigatórios.

Caso necessite, visite nossa seção de Perguntas e Respostas.

Pular para o conteúdo