TATUÍ REGISTRA QUEDA NO ÍNDICE DE MORTALIDADE INFANTIL

Ações realizadas reduziram o índice de mortalidade infantil em Tatuí.

O município de Tatuí obteve uma redução no índice de mortalidade infantil no ano de 2022: 10,9 mortes para cada 1.000 bebês nascidos vivos, contra 11,9 no ano anterior (2021). Em 2020, a taxa de mortalidade foi de 12,3 óbitos para cada 1.000 nascidos vivos e, em 2019, atingiu 15 mortes a cada 1.000 nascidos.  

Esses dados foram atualizados no dia 5/1/2023 pela Secretaria da Saúde, da Prefeitura de Tatuí. “Temos melhorado a cada ano. Esse índice – um dos mais consagrados mundialmente – mostra uma redução na mortalidade de crianças de até 1 ano de idade, podendo ser indicador de qualidade de vida e desenvolvimento, por expressar a situação de saúde da população”, explica a secretária Roseli de Fátima Mochi. 

De acordo com a Secretaria da Saúde, a diminuição da mortalidade infantil em Tatuí é resultado de diversas ações, entre elas: captação precoce das gestantes; abertura de pré-natal imediato ou com prioridade; garantia de, no mínimo, 6 consultas de pré-natal; busca ativa das gestantes faltosas das consultas e exames; grupos educativos com equipe multidisciplinar sobre cuidados na gestação e cuidados com o bebê; apoio e incentivo ao aleitamento materno; e campanhas de incentivo à vacinação. 

Outro dado importante e que é associado a estas ações em Tatuí é a diminuição do número de mães adolescentes (14 a 19 anos de idade) nos anos de 2018 a 2022. Em 2018, de 1.741 bebês nascidos no município, 226 eram de mães adolescentes (13%). Um ano depois, essa taxa caiu para 11,1%, pois houve o registro de 178 mães de 14 a 19 anos de idade para 1.602 nascidos vivos. Em 2020, de 1.541 bebês nascidos na cidade, 165 eram de mães adolescentes (10,7%). Depois, em 2021, a taxa foi para 11,2%, com 169 mães de 14 a 19 anos de idade para 1.512 nascidos vivos. Por fim, no ano passado (2022), de 1.682 bebês nascidos em Tatuí, 182 eram de mães adolescentes (10,8%). 

Compartilhe:

Skip to content