CONVÊNIO ASSINADO COM A CDHU GARANTE R$ 5 MILHÕES PARA O PROGRAMA “VIDA LONGA”

Prefeito Miguel com o secretário Flávio Amary e o diretor técnico da CDHU Aguinaldo Quintana, quando da assinatura do convênio do Programa Vida Longa.

Em São Paulo, o prefeito Miguel Lopes Cardoso Júnior assinou no último dia 29/11, terça-feira, com o secretário estadual da Habitação, Flávio Amary, o presidente da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), Silvio Vasconcellos e o diretor técnico da CDHU, Aguinaldo Quintana, convênio para a construção de 22 casas do Programa “Vida Longa”, para idosos em vulnerabilidade social. 

Os imóveis seguem um padrão especialmente definido para este grupo etário, com um conceito arquitetônico adaptável para permitir facilidade no uso da moradia por qualquer indivíduo com dificuldade de locomoção, temporária ou permanente. Todos têm cozinha, sala de estar e dormitório conjugados, banheiro e área de serviço. 

Para incentivar o processo de socialização dos moradores, o residencial tem espaços comuns de convivência e lazer, com salão com refeitório e área para assistir televisão, área externa com churrasqueira e forno à lenha, aparelhos para atividade física, bancos de jardim, horta elevada e paisagismo. 

O convênio foi publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo na terça-feira, 06/12. O valor soma R$ 5.075.000,00. O prefeito Miguel esclareceu que a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social deverá selecionar os assistidos pelo programa social. O local de construção será ao lado do Residencial Esplanada. 

“Agradeço ao secretário estadual Flávio Amary e sua equipe todo o esforço para atender as demandas de Tatuí. Este programa social é muito bem vindo e irá atender a uma população idosa que é vulnerável e que precisa do apoio do Poder Público”, destacou o chefe do Poder Executivo local. 

Compartilhe:

Skip to content