Prefeitura de Tatuí
  1. Home
  2. »
  3. Destaque
  4. »
  5. 1ª CAMINHADA DE COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER ENCERRA AS ATIVIDADES DO “AGOSTO LILÁS” EM TATUÍ 

1ª CAMINHADA DE COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER ENCERRA AS ATIVIDADES DO “AGOSTO LILÁS” EM TATUÍ 

Publicado em:

Campanha “Agosto Lilás” é promovida nacionalmente e tem como principal objetivo alertar sobre a importância da prevenção e do enfrentamento à violência contra a mulher.

Na manhã desta quarta-feira (31/08), como parte das atividades da Campanha “Agosto Lilás”, aconteceu a 1ª Caminhada de Combate à Violência Contra a Mulher. O evento foi promovido pela Prefeitura de Tatuí – por meio das Secretarias de Direitos Humanos, Família e Cidadania; de Assistência e Desenvolvimento Social; e de Segurança Pública e Mobilidade Urbana – e pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher. 

A ação teve início na Praça Olívio Junqueira (chafariz da Avenida das Mangueiras) e seguiu até a Praça da Matriz, com cartazes e faixas alusivas, além da distribuição de panfletos de conscientização sobre a problemática.  

Para divulgar esta Campanha, estiveram presentes alunos e professores da E. E. “Prof.ª Altina Maynardes Araújo”; educandos e equipe do COSC – Centro de Orientação e Serviços à Comunidade; membros do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher; profissionais da Patrulha da Paz, da Guarda Civil Municipal de Tatuí (GCM), e de outros setores públicos; e os secretários municipais Elaine Miranda (Direitos Humanos, Família e Cidadania) e Alessandro Bosso (Assistência e Desenvolvimento Social). 

“Também lembramos, neste ato, a importância da Lei Maria da Penha, que completa 16 anos em 2022. Que possamos, diariamente, fortalecer esse enfrentamento ao feminicídio, que infelizmente afeta milhares de famílias e que a cada dia mata três mulheres em todo o Brasil”, declarou a secretária de Direitos Humanos, Família e Cidadania, Elaine Miranda. 

A Campanha “Agosto Lilás” é promovida nacionalmente e tem como principal objetivo alertar sobre a importância da prevenção e do enfrentamento à violência contra a mulher, a qual pode ser física, psicológica, sexual, moral e patrimonial. A violência é uma violação de direitos humanos e um problema de saúde pública, que diminui a qualidade de vida das mulheres e de suas famílias, gerando prejuízos à sua autonomia e seu potencial, e trazendo consequências como morte, lesões, traumas físicos e vários tipos de agravos mentais e emocionais.   

Vale ressaltar que as denúncias podem ser feitas na Central de Atendimento à Mulher, pelo Ligue 180, ou por meio do Disque 100, 153, 190 ou 199. Em Tatuí, há uma Rede de Apoio à Mulher Vítima de Violência, composta pelos seguintes órgãos: Delegacia de Defesa da Mulher, situada na Praça da Bandeira, nº 53, Centro, telefone (15) 3305-6619; CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social, situado na Rua Treze de Fevereiro, nº 396, Centro, telefone (15) 3259-0704; JR – Núcleo da Justiça Restaurativa, situado na Praça Paulo Setúbal, nº 71, Centro, telefones (15) 3305-1530 e (15) 99629-8316; e a Patrulha da Paz, da Guarda Civil Municipal, situada na Rua Chiquinha Rodrigues, nº 991, Vila Doutor Laurindo, telefones (15) 3251-2849 ou 199/153.  

Compartilhe:

Outras

Notícias

EVANDRO CAMARGO É A PRÓXIMA ATRAÇÃO DO “HAPPY HOUR MUSICAL”

Cantor tatuiano se apresenta no dia 28 de junho, sexta-feira, às 19h, na Praça de Alimentação Municipal.

VIOLINISTA ALESSANDRO PENEZZI É O CONVIDADO ESPECIAL DO PROJETO “RODA DE CHORO”

O evento, às 17h do dia 25 de junho, é gratuito e acontece no Foyer Mário Covas, situado no Teatro Procópio Ferreira.

NÚMERO DE CASOS DE DENGUE EM TATUÍ COMEÇA A DIMINUIR COM O FIM DO PERÍODO EPIDÊMICO, QUE TERMINOU NO MÊS DE MAIO

Clima mais frio e seco, somado as ações realizadas pela Prefeitura e pela população, atuam na diminuição dos focos do mosquito Aedes Aegypti.

Comunicar erro

Encontrou algum erro em nosso site ?
Utilize os campos abaixo para informar o que encontrou e assim ajudar-nos a melhorar nossos serviços prestados através deste canal.
Obs.: Os campos com asterisco (*) são obrigatórios.

Caso necessite, visite nossa seção de Perguntas e Respostas.

Pular para o conteúdo