Prefeitura de Tatuí
  1. Home
  2. »
  3. Agricultura e Meio Ambiente
  4. »
  5. NO 1º SEMESTRE DESTE ANO, MAIS DE MIL PODAS E SUBSTITUIÇÕES DE ÁRVORES FORAM REALIZADAS…

NO 1º SEMESTRE DESTE ANO, MAIS DE MIL PODAS E SUBSTITUIÇÕES DE ÁRVORES FORAM REALIZADAS EM TATUÍ

Publicado em:

Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, realizou 1.332 intervenções em vegetação arbórea localizadas em áreas públicas do município, como calçadas, praças e áreas de uso comum.

No período de janeiro a junho deste ano, a Prefeitura de Tatuí, por meio da Equipe Operacional de Poda e Corte de Árvores Urbanas, pertencente a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, realizou 1.332 intervenções em vegetação arbórea localizadas em áreas públicas do município, como calçadas, praças e áreas de uso comum.

Deste número, 1.007 são referentes a poda de árvores, que resultaram na substituição de 325 delas, provenientes de requerimentos protocolados por munícipes e ofícios de entidades, repartições e órgãos públicos, resultando, em média, em 190 serviços por mês.

Os resultados expressivos foram obtidos mesmo com a paralização de quatro semanas, em virtude do atendimento aos bairros Jardim Wanderley, CDHU, Jardim Planalto, Nova Tatuí, Jardim das Garças, Jardim Europa, Jardim Perdizes e Jardim Aeroporto, que foram atingidos por um forte vendaval em março, comprometendo 237 árvores nas referidas regiões, das quais, mais de 70% sofreram queda total.

Outro fato de extrema relevância obtido de janeiro a junho, foi a eliminação completa da lista de espera para os serviços de poda e corte que, até então, tinha pedidos que aguardavam atendimento há mais de um ano. Com a nova metodologia aplicada pela Pasta, a “poda setorizada”, a execução do serviço ocorre em até duas semanas após a realização do pedido protocolado e da vistoria técnica.

Para pedidos de poda, corte ou substituição de árvores em áreas pública ou particular, o cidadão deve protocolar o requerimento no Paço Municipal “Prefeita Maria José Gonzaga”, anexando cópia do IPTU do imóvel e RG ou CPF, além de preencher a ficha de requerimento padrão disponível no Setor de Protocolo ou no site da Prefeitura (https://bit.ly/38OMzQu). Após finalizado, o pedido será encaminhado aos técnicos do Departamento de Meio Ambiente para as devidas providências.

Mais informações podem ser obtidas no Departamento de Meio Ambiente, situado na Rua Chiquinha Rodrigues, nº 909, Vila Dr. Laurindo, de segunda a sexta-feira das 8h às 14h; pelo telefone (15) 3205-1082; ou pelo e-mail areasverdes@tatui.sp.gov.br.

Programa de Poda Setorizada – A grande novidade deste ano foi a implantação do Programa de Poda Setorizada, que otimizou a produtividade do serviço, que agora é realizada de forma concentrada, da seguinte forma: em uma determinada rua ou região – selecionada pela equipe técnica – a equipe operacional executa os serviços sem a necessidade de deslocamento constante para outros pontos da cidade. Em média, cada rua possui cerca de 40 árvores e, em um dia, é possível efetuar a remoção de galhos secos e doentes, além do levantamento de copa (que favorece a iluminação das vias e o tráfego de pedestres e veículos) de todas as árvores da rua.

Em apenas três meses de funcionamento, esse sistema já contemplou 16 ruas e praças, são elas: Avenida São Carlos (trecho do SESI); Marginal do Manduca (entre a Prefeitura e o Jardim Junqueira); Rua 7 de Setembro (resultando na poda de mais de 50 árvores); Rua Juvenal de Campos; Rua Braz Ramos, na Colina Verde; Rua Antônio Emílio de Oliveira, no Jardim Lírio; Rua Ferroviário Bartolomeu Roseiro, no Jardim Manoel de Abreu; Rua São Bento (nos arredores do Cemitério Cristo Rei); Rua Sebastião Gonzaga de Campos, no Bairro Tanquinho; Praça do Jardim Rosa Garcia II; duas ruas do Village Vitória; todo o quarteirão da ESF Vila Esperança; Rua Orlando Provasi, na Vila Paulina; Rua Padre Bento Dias Pacheco, no Jardim Fortunato Minghini; Rua Dez de Maio, na Vila Santa Luzia; e Praça “Vereador José Machado”, no Jardim Palmira.

Picador de madeira – Outra inovação da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente foi a implantação do picador de madeira, um equipamento que tritura os galhos podados. Este sistema contribuiu com a ampliação do número de árvores podadas no município, visto que o deslocamento para o descarte correto dos resíduos foi reduzido consideravelmente. O picador ainda auxilia na redução de gastos da verba pública, já que o percurso realizado pelos veículos é menor e mais eficaz, consumindo uma quantidade menor de combustível.

Compartilhe:

Outras

Notícias

EVANDRO CAMARGO É A PRÓXIMA ATRAÇÃO DO “HAPPY HOUR MUSICAL”

Cantor tatuiano se apresenta no dia 28 de junho, sexta-feira, às 19h, na Praça de Alimentação Municipal.

VIOLINISTA ALESSANDRO PENEZZI É O CONVIDADO ESPECIAL DO PROJETO “RODA DE CHORO”

O evento, às 17h do dia 25 de junho, é gratuito e acontece no Foyer Mário Covas, situado no Teatro Procópio Ferreira.

NÚMERO DE CASOS DE DENGUE EM TATUÍ COMEÇA A DIMINUIR COM O FIM DO PERÍODO EPIDÊMICO, QUE TERMINOU NO MÊS DE MAIO

Clima mais frio e seco, somado as ações realizadas pela Prefeitura e pela população, atuam na diminuição dos focos do mosquito Aedes Aegypti.

Comunicar erro

Encontrou algum erro em nosso site ?
Utilize os campos abaixo para informar o que encontrou e assim ajudar-nos a melhorar nossos serviços prestados através deste canal.
Obs.: Os campos com asterisco (*) são obrigatórios.

Caso necessite, visite nossa seção de Perguntas e Respostas.

Pular para o conteúdo