REDE MUNICIPAL DE ENSINO DA PREFEITURA TERÁ SOFTWARES EDUCACIONAIS PARA ALUNOS E PROFESSORES

Tempo de leitura: 2 minutos Os softwares terão conteúdos gamificados para os alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental 1 e 2.

Tempo de leitura: 2 minutos

    Nesta segunda-feira (26/08), na sala de reuniões do Paço, o representante da Editora Lima & Knack, Eduardo Souza, apresentou à prefeita, secretários municipais e vereadores, os softwares educacionais que serão implantados na Rede Municipal de Ensino da Prefeitura de Tatuí. A empresa foi a vencedora do pregão presencial 59/2019 – processo licitatório 102/2019, realizado no dia 15 de agosto deste ano.

    Os softwares terão conteúdos gamificados para os alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental 1 e 2 (1º ao 5º anos e 6º ao 9º anos), com aplicação de elementos de jogos com conteúdo educativo, como regras, estratégias, desafios, recompensas, rankings e feedbacks utilizados para motivar e engajar os estudantes. Para os professores, o software oferecerá um banco de aulas digitais programadas de acordo com temas e disciplinas, material de apoio e, também, avaliações diagnósticas informatizadas e impressas para todas as disciplinas, com o objetivo de automatizar a correção das provas e o lançamento das notas, fornecer relatórios automatizados de análise de resultados, e tirar o foco do “processo” deslocando o foco nas devolutivas, na capacitação dos docentes. Além disso, terá controle de laboratório e criação multimídia, e suporte à distância e presencial.

    A implantação desse novo sistema na Rede Municipal de Ensino vem de encontro às normas da nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC), definida pelo Ministério da Educação (MEC). A BNCC determina que seja colocada em prática a Educação Integral (EI), que busca o desenvolvimento dos alunos em todas as suas dimensões – intelectual, física, emocional, social e cultural – e se constitui como projeto coletivo, compartilhado por crianças, jovens, famílias, educadores, gestores e comunidades locais. Diante disso, as aprendizagens essenciais contidas no documento estão expressas em competências gerais, e duas delas abordam com mais ênfase as questões referentes a inovação e tecnologia. A competência número 4 estipula o uso de diferentes linguagens, inclusive a digital, para expressar e partilhar informações. E na quinta competência está determinada a utilização e criação de tecnologias digitais de forma crítica, reflexiva e ética. A BNCC reconhece que essas ferramentas podem ser grandes aliadas no desenvolvimento de habilidades cognitivas e socioemocionais com as crianças.

    O secretário municipal de Educação, professor Miguel Lopes Cardoso Júnior, explicou que o poder público tem o dever de promover o acesso e o incentivo ao uso das novas tecnologias, bem como no incentivo na implementação de soluções educacionais inovadoras a fim de melhorar os níveis de alfabetização e à ampliação das fontes de conhecimento. “Tatuí tem buscado ampliar as ações inovadoras no sentido de incrementar os recursos educacionais disponibilizados aos alunos e professores. Faz-se necessário e relevante que a Educação promova o avanço tecnológico mediante a introdução de novas tecnologias e a formação profissional e continuada de educadores. A implantação dessas soluções educacionais inovadoras permitirá a interação do aluno com o conteúdo visto em sala de aula através de recursos que façam que o professor desenvolva suas aulas de forma mais dinâmica, possibilitando mais interação, dando assim uma dimensão maior ao aprendizado, produzindo saber. Com isso, o aluno passa a ser estimulado a produzir e a trocar conhecimentos”, ressaltou o secretário Miguel.

    As capacitações para a equipe gestora e para professores da Rede Municipal devem começar no início de setembro.

Imprimir esta postagem Imprimir esta postagem
Traduzir :