REGISTRADO EM TATUÍ O PRIMEIRO CASO DE SARAMPO DESDE 2002

Nesta quarta-feira (14/08), a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Tatuí, por meio da Vigilância Epidemiológica, confirmou o primeiro caso de Sarampo neste ano no município, desde 2002. Trata-se de uma menina de 1 ano e 3 meses de idade, residente no bairro Residencial Astória, que já está recuperada da doença. A confirmação foi feita pelo Instituto Adolfo Lutz (IAL).

De acordo com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Rosana Oliveira, a criança que contraiu a doença já havia recebido a primeira dose da vacina com 1 ano de idade, mas não havia tomado a segunda dose. “Diante disto as equipes de saúde estão realizando ações de bloqueio para identificar as pessoas que tiveram contato com essa criança no período de transmissão da doença, para acompanha-las”. Ela acrescenta que em Tatuí há 5 casos notificados, sendo 4 suspeitos (aguardando o resultado) e 1 caso confirmado.

O Brasil recebeu a certificação de eliminação do sarampo em 2016. No entanto, após a interrupção da circulação endêmica do vírus, casos esporádicos e surtos limitados, relacionados à importação, ocorreram em diferentes estados. Um boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira (13/08) pelo Centro de Vigilância Epidemiológica informa que foram confirmados, até o dia 08/08/19, 1.319 casos de sarampo no Estado de São Paulo.

Diante destes fatos, os profissionais de Saúde do município passaram, nesta quarta-feira (14/08), por um treinamento para o atendimento à população nas Unidades Básicas e no Pronto Socorro, com o intuito de prevenir o agravo da doença. As orientações de um protocolo de atendimento unificado foram feitas pelo médico infectologista da Santa Casa de Misericórdia de Tatuí, Marcus Vinícius Landim Stori Milani.

A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina tríplice viral, que protege, também, contra a rubéola e a caxumba. No calendário de vacinação de rotina, a primeira dose deve ser para crianças de 1 ano de idade (12 meses) e uma segunda dose para crianças com 15 meses. Os adolescentes e adultos jovens até 29 anos de idade devem ter duas doses da vacina, e os adultos de 30 até 59 anos de idade, pelo menos uma dose, comprovada na carteira de vacinação. Esta vacina não é recomendada para crianças menores de seis meses, gestantes e pessoas imunodeprimidas.

Em Tatuí, a vacina encontra-se disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, exceto nas unidades rurais Enxovia e Americana. Na UBS Santa Cruz e demais unidades rurais a vacinação encerra às 13h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3259-6358 ou nas Unidades de Saúde.

Sobre o Sarampo – O Sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Ela é altamente contagiosa e sua transmissão pode ocorrer entre 4 dias antes e 4 dias após o aparecimento das manchas vermelhas pelo corpo. A transmissão do vírus ocorre de pessoa a pessoa, por via aérea, ao tossir, espirrar, falar ou respirar. O sarampo é tão contagioso que uma pessoa infectada pode transmitir para 90% das pessoas próximas que não estejam imunes, ou seja, 1 pessoa com sarampo pode infectar outras 18 pessoas.

Os sintomas são febre, tosse, coriza, olhos avermelhados ou conjuntivite e manchas avermelhadas na pele (exantema maculopapular). O sarampo pode ser acompanhado de complicações sérias, principalmente em crianças menores de cinco anos, adultos maiores de 20 anos ou pessoas com algum grau de imunodepressão. Por isso, caso você apresente um destes sintomas, procure uma Unidade de Saúde mais próxima.