ESTAÇÃO FERROVIÁRIA SERÁ RESTAURADA E PODERÁ ABRIGAR ESPAÇOS CULTURAIS

A Estação Ferroviária de Tatuí será revitalizada e abrigará um Centro Cultural. Na segunda-feira (10/12), em São Paulo, a prefeita Maria José Vieira de Camargo assinou um protocolo de intenções para este fim com a empresa Rumo Malha Sul S.A., tendo o mesmo a ciência do DNIT (Departamento de Infraestrutura de Transportes).

Com a prefeita, estiveram os secretários Luiz Gonzaga (Governo) e Cassiano Sinisgalli (Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude); Guilherme Penin, diretor Regulatório e Institucional da Rumo; e Bruno Madalena e Marcelo Arthur Fiedler, diretores da Rumo.

"é o primeiro passo para ocuparmos ativamente com atividades culturais este espaço público histórico e que hoje está praticamente sem uso, onde existe apenas uso administrativo, da Rumo. Esta região da Cidade ganhará muito mais importância com esta revitalização", disse a prefeita.

A Estação Ferroviária de Tatuí foi construída e inaugurada entre os anos de 1888/1889 (há duas versões), e integrou o Ramal Itararé. Em 1978, o tráfego de passageiros no ramal foi extinto. Entretanto, em 22/12/1997, o trem de passageiros, voltou a funcionar, desta vez entre Sorocaba e Apiaí. O trem, com algumas interrupções, funcionou até fevereiro de 2001.

"São importantes espaços históricos, que pretendemos revitalizar, dar vida e uma ocupação cultural e turística", destacou Maria José.

O secretário Cassiano Sinisgalli revelou que ainda estão sendo analisadas as prováveis situações da "ocupação cultural", deste espaço. Uma das certezas é que o local deverá abrigar um Memorial Ferroviário, que destacará a história daquele imóvel e outras memórias relativas aos ferroviários e deste trecho da ferrovia paulista.