Prefeitura de Tatuí
  1. Home
  2. »
  3. Esporte, Cultura, Turismo e Lazer
  4. »
  5. CONTAÇÃO DE HISTÓRIA INSPIRADA NO LIVRO “LAGARTA QUER CASA”, DE RAQUEL PRESTES, ACONTECE NA BIBLIOTECA…

CONTAÇÃO DE HISTÓRIA INSPIRADA NO LIVRO “LAGARTA QUER CASA”, DE RAQUEL PRESTES, ACONTECE NA BIBLIOTECA MUNICIPAL

Publicado em:

A atividade, que faz parte do Projeto de Incentivo e Fomento à Leitura da Unidade Bibliotecária, será na próxima semana.

Nos dias 26 e 27 de outubro (quinta e sexta-feira), na Biblioteca Municipal “Brigadeiro Jordão”, da Prefeitura de Tatuí, com sessões às 9h e às 14h, a escritora tatuiana Raquel Prestes realizará uma contação de história inspirada em seu 9º livro, intitulado “Lagarta quer casa”. A atividade faz parte do Projeto de Incentivo e Fomento à Leitura da Unidade Bibliotecária.

Lançado em agosto deste ano, “Lagarta quer casa” conta a história de uma simpática lagarta que está à procura de uma casa para morar. Ela vai escolher sua nova moradia através do aroma e da cor. A linda história é repleta de muita aventura, cores e sequência dos dias da semana na companhia de amigos.

As escolas, entidades e grupos interessados em participar do Projeto de Incentivo e Fomento à Leitura, da Biblioteca Municipal, devem procurar a coordenadora Maria Salete Pereira na Unidade Bibliotecária, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na Rua Santa Cruz, nº 405, Centro. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail biblioteca@tatui.sp.gov.br ou pelo telefone (15) 3259-5647.

SOBRE A ESCRITORA

Raquel Prestes Ferreira de Morais nasceu em 11 de julho de 1972 na cidade de Santo André (SP), filha de Joversino e Araci Prestes Ferreira. Em 1979, a família veio morar em Tatuí em busca de uma cidade tranquila. Cursou Magistério, faculdade de Pedagogia, faculdade de Artes Visuais e fez pós-graduação em Educação Infantil.

Casada com Antônio Edson de Morais desde 1994, tem o filho João Vitor Ferreira de Morais.

Concursada no cargo de coordenadora pedagógica de Educação Infantil desde 1996, Raquel trabalha na Rede Municipal de Ensino de Tatuí com a formação de professores.

Escreveu seu primeiro livro em 2006, intitulado “O Menino Passou Por Aqui”, editora Petra, agraciado pelo PROAC 2006. Desde então, sua carreira de escritora não parou e Raquel lançou outras obras: “Ovelha Raquel”, editora Sowilo; “Vamos Jogar?”, editora Sowilo; “As Mães Nunca são Iguais”, editora Adonis; “O Senhor Compratudo”, editora Adonis; “História para um boi dormir”, editora Sowilo; “Não alimente o monstro!”, editora Casa Kids; “O livro dos nomes”, editora Casa Kids; e “Lagarta quer casa”, editora Sowilo.

Em 2022 recebeu menção honrosa com o conto “A velha aranha e a máquina mágica” no “Prêmio Literário Paulo Setúbal – Contos, Crônicas e Poesias”, de abrangência nacional, na categoria “Contos”, concorrendo com 1.536 trabalhos enviados e ficando entre os 10 melhores textos selecionados.

No mesmo ano (2022), iniciou um Projeto de Contação de História, intitulado “Tatu de Histórias”, na Rede Municipal de Ensino de Tatuí; e recebeu, também, o título de Cidadã Tatuiana.

É voluntária na APODET – Associação das Pessoas com Deficiência de Tatuí, onde conta histórias para pessoas com deficiência visual e baixa visão.

Tem um canal no YouTube, o “Tatu de histórias”, onde sempre costuma dizer: “Beijos literários para vocês!”.

Compartilhe:

Outras

Notícias

ZIZI POSSI E ORQUESTRA SINFÔNICA DE TATUÍ ABREM O FESTIVAL CAPITAL DA MÚSICA “MAESTRO ANTÔNIO CARLOS NEVES CAMPOS”, DA 10ª FEIRA DO DOCE

O concerto de abertura do Festival, com participação especial de Zizi Possi, será no dia 5 de julho, sexta-feira, às 20h30.

“MISSÃO EMPRESARIAL” DAS UNIDADES DO SEBRAE AQUI EM TATUÍ PARA A “FISPAL FOOD SERVICE” CONTA COM A PARTICIPAÇÃO DE MAIS DE 35 EMPREENDEDORES

Um ônibus saiu de Tatuí com empresários do setor alimentício (entre MEI, ME e EPP), que visitaram a Feira no Expo Center Norte, em São Paulo.

DENÚNCIA LEVA GCM A APREENDER LINHAS CHILENAS E MATERIAIS CORTANTES EM COMÉRCIO ILEGAL NO VIDA NOVA PACAEMBU

Foram encontrados três carreteis grandes de linhas chilenas, 47 carreteis pequenos do mesmo material e nove embalagens, tipo sacolés, com pó de vidro para serem transformados em linhas cortantes.

Comunicar erro

Encontrou algum erro em nosso site ?
Utilize os campos abaixo para informar o que encontrou e assim ajudar-nos a melhorar nossos serviços prestados através deste canal.
Obs.: Os campos com asterisco (*) são obrigatórios.

Caso necessite, visite nossa seção de Perguntas e Respostas.

Pular para o conteúdo