Prefeitura de Tatuí
  1. Home
  2. »
  3. Campanhas
  4. »
  5. TATUÍ REGISTRA O PRIMEIRO CASO DE DENGUE HEMORRÁGICA DESTE ANO; CASOS POSITIVOS SÃO 28

TATUÍ REGISTRA O PRIMEIRO CASO DE DENGUE HEMORRÁGICA DESTE ANO; CASOS POSITIVOS SÃO 28

Publicado em:

Inúmeros aparelhos de TV de tubo, que acumulavam água e serviam como criadouros para o mosquito Aedes Aegypti, foram recolhidos de um imóvel e descartados no Ecoponto Sul.

A Secretaria da Saúde da Prefeitura de Tatuí, por meio do Setor de Combate à Dengue e da Vigilância Epidemiológica, divulgou na última sexta-feira (21/7), durante a 7ª Sala de Situação da Dengue, uma atualização sobre a situação de casos de Dengue no município.

Até o momento foram registrados 28 casos confirmados da doença – entre eles 1 de Dengue Hemorrágica -, sendo 13 casos importados (adquiridos em outra cidade) e 15 casos autóctones (contraídos no município).

Com relação ao caso de Dengue Hemorrágica, trata-se de uma mulher, de 60 anos de idade, residente no Jardim Santa Rita de Cássia, que foi notificada com a doença no dia 27 de junho. Ela viajou para Curitiba e começou a sentir os primeiros sintomas assim que chegou naquela cidade, onde passou pelo tratamento. Agora o seu estado de saúde já é considerado bom.

Nesta 7ª Sala de Situação da Dengue, participaram representantes de diversos setores da Prefeitura e da Coordenadoria de Controle de Doenças da Secretaria de Estado da Saúde. Foram apresentados os trabalhos de prevenção contínuo do Setor de Combate à Dengue, com os seguintes números referentes ao período de 16 de junho a 20 de julho: 30.777 visitas à imóveis; 1.141 controles de criadouros; 447 nebulizações portáteis e 37 ações resolvidas. Com relação a Avaliação de Densidade Larvária (ADL), do 3º trimestre de 2023, o Índice de Breteau foi de 0,49% (satisfatório), resultado bem melhor do que nos primeiros meses deste ano.

Outra ação muito importante aconteceu na última semana, dias 20 e 21 de julho: os Agentes de Controle de Endemias do Setor de Combate à Dengue promoveram a retirada de materiais inservíveis em uma residência da Rua São Paulo (Vila Primavera). O imóvel abrigava inúmeros aparelhos de TV de tubo, que acumulavam água e serviam como criadouros para o mosquito Aedes Aegypti. Os materiais recolhidos pela Prefeitura foram descartados no Ecoponto Sul, no Jd. Rosa Garcia II.

A Prefeitura de Tatuí trabalha diariamente para que a doença não se prolifere novamente no município, mas conta com a colaboração da população com relação a limpeza de residências e terrenos, que deve ser constante; e com o descarte correto de entulhos e demais materiais, que deve ser feito nos diversos Ecopontos (confira a lista completa, com dias, horários e locais de funcionamento em www2.tatui.sp.gov.br/servicos/ecopontos/). O munícipe também pode denunciar os terrenos sujos e abandonados da cidade, ou casas recém-construídas sem moradores e com piscinas, para a Ouvidoria Municipal (tatui.sp.gov.br/ouvidoria) ou pelos telefones 0800-770-0665 e (15) 3251-3576; ou ainda pelo telefone da Secretaria da Saúde (15) 3305-8855.

Não menos importante, de acordo com os especialistas em Saúde, é o uso diário de repelentes. E, caso a pessoa apresente algum sintoma das doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti (Dengue, Zika ou Chikungunya), deve procurar imediatamente uma Unidade de Saúde para receber o diagnóstico e o tratamento adequados.

Compartilhe:

Outras

Notícias

EVANDRO CAMARGO É A PRÓXIMA ATRAÇÃO DO “HAPPY HOUR MUSICAL”

Cantor tatuiano se apresenta no dia 28 de junho, sexta-feira, às 19h, na Praça de Alimentação Municipal.

VIOLINISTA ALESSANDRO PENEZZI É O CONVIDADO ESPECIAL DO PROJETO “RODA DE CHORO”

O evento, às 17h do dia 25 de junho, é gratuito e acontece no Foyer Mário Covas, situado no Teatro Procópio Ferreira.

NÚMERO DE CASOS DE DENGUE EM TATUÍ COMEÇA A DIMINUIR COM O FIM DO PERÍODO EPIDÊMICO, QUE TERMINOU NO MÊS DE MAIO

Clima mais frio e seco, somado as ações realizadas pela Prefeitura e pela população, atuam na diminuição dos focos do mosquito Aedes Aegypti.

Comunicar erro

Encontrou algum erro em nosso site ?
Utilize os campos abaixo para informar o que encontrou e assim ajudar-nos a melhorar nossos serviços prestados através deste canal.
Obs.: Os campos com asterisco (*) são obrigatórios.

Caso necessite, visite nossa seção de Perguntas e Respostas.

Pular para o conteúdo