Prefeitura de Tatuí
  1. Home
  2. »
  3. Esporte, Cultura, Turismo e Lazer
  4. »
  5. CONDEPHAT APROVA O TOMBAMENTO, EM ÂMBITO MUNICIPAL, DO LAR SÃO VICENTE DE PAULO

CONDEPHAT APROVA O TOMBAMENTO, EM ÂMBITO MUNICIPAL, DO LAR SÃO VICENTE DE PAULO

Publicado em:

Lar São Vicente de Paulo, o Asilo de Tatuí, cujo prédio administrativo foi construído em 1938.

Em sua última reunião, realizada no dia 13/4, no Centro Cultural da Prefeitura de Tatuí, o Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico e Artístico de Tatuí – CONDEPHAT, aprovou, por deliberação unânime, o relatório técnico de tombamento, em âmbito municipal, do Lar São Vicente de Paulo, o Asilo da cidade, incluindo todo o prédio administrativo, construído em 1938, o perímetro frontal do edifício e a gruta.

Estiveram presentes neste encontro o presidente do CONDEPHAT, Antônio Celso Fiuza Júnior, e os membros do Conselho: Acyr Ragugnetti Filho, Dalmo Vitor Santos Oliveira, Davison Cardoso Pinheiro, Guilherme Costa de Camargo Barros, Laura Rodrigues de Souza, Luís Antônio Galhego Fernandes, Maíra Camargo Barros, Priscila Carla Simões, Rafael Halcsik Coutinho, Rogério Vianna, Sidnei Albano e Thonny Guedes.

O relatório do processo de tombamento do Lar São Vicente de Paulo, Resolução n° 001/2023, de 10/03/2023, foi estruturado por meio de uma solicitação oficializada pelo presidente do Asilo, Carlos Eduardo Olivier Júnior, e elaborado pelo Grupo de Trabalho Resolução n° 08/2023, CONDEPHAT, de 10/03/2023, responsável pelo documento de tombamento. São 153 páginas com riqueza histórica de detalhes, pesquisadas pela Comissão, constando a ata de inauguração do imóvel e da gruta, fotos do piso com ladrilho hidráulico e parte do acervo do Memorial do Asilo.

Com isso, o tombamento do referido imóvel deverá considerar de interesse cultural, histórico, arquitetônico e efetivo de Tatuí, o edifício administrativo do Lar São Vicente de Paulo de Tatuí; o seu perímetro frontal, abrangendo todos os espaços do jardim; o portão principal; o obelisco instalado na época da inauguração; a cruz de metal de, aproximadamente, 15 metros de altura instalada no jardim e iluminada com lâmpadas internas e visor de vidro; a gruta de Nossa Senhora de Lourdes, inaugurada em 1954; e o piso de lajota instalado na década de 1960.

O imóvel tombado e os elementos atingidos pela faixa de proteção descritos acima, ficam restritos a qualquer tipo de intervenção, modificação e restauração sem a autorização prévia do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico e Artístico de Tatuí.

Agora – conforme a Lei Municipal nº 2.658, de 19 de agosto de 1993, e a de nº 5.089, de 17 de maio de 2017 -, o relatório e a ata da reunião serão encaminhados, por meio de ofício, ao prefeito de Tatuí, Miguel Lopes Cardoso Júnior, para que ele os analise e para que o Departamento Jurídico possa elaborar o Decreto Municipal de Tombamento. 

SOBRE O PRÉDIO DO NOSSO LAR

De acordo com o relatório do Memorial Descritivo de tombamento, o Lar São Vicente de Paulo está situado na Rua Professor Francisco Pereira de Almeida (antiga Rua Juvenal de Campo), n° 451, Centro, e foi construído graças a doação do terreno pela Indústria Campos Irmãos, através de Juvenal de Campos e das ações voluntárias de um grupo de pessoas comandada pela diretoria, que teve início em 1936, e era formada por Almiro dos Reis, presidente; Cesário da Silva Campos, vice-presidente; Florindo Vanni, 1° secretário; Rafael Orsi, 2° secretário; e Sebastião Paulino da Costa, tesoureiro.

A planta arquitetônica foi idealizada por Oscar Paula Bernardes, conforme registro em ata de inauguração. O edifício administrativo tem construção de estrutura sólida, edificada em terreno plano e, estruturalmente, é constituído de blocos na fachada principal, distribuídos de forma simétrica. O bloco que possui acima do pavimento térreo (porão) é servido por escadas e rampas para o acesso principal. O bloco principal apresenta colunas iônicas da fachada clássica romana, do logotipo do arco. O piso do vestíbulo principal, à frente dos elevadores, é de ladrilhos hidráulicos e granilite. As esquadrias das fachadas de todo o conjunto são de madeira e vidro liso. Estão protegidos, em caráter definitivo, a fachada frontal, bem como todos os elementos de composição, geometria, adorno, marquise e volumetria do edifício. Também estão com preservação total os elementos da fachada original; são eles: janelas, portas, molduras das portas, arco ornamental, colunas estilo romanas e balaústres.

O prédio administrativo, a sala de reunião, a recepção, a sala do acervo e os aposentos das Irmãs da Providência mantém a preservação das características arquitetônicas externas, incluindo fachadas, volumetria e cobertura dos edifícios. Também seguem preservadas as características internas do hall de entrada e do saguão central do edifício principal, com suas esquadrias internas, ladrilhos hidráulicos, forros e escadas de madeira; e as esquadrias da fachada do prédio principal da administração, principalmente as portas-balcão com varanda, portas internas, janelões e assoalhos de madeira.

As paredes da fachada são com acabamento em pintura e com massa corrida e selador. As portas internas e externas medem 260cm x 110cm, sendo as portas de 2 folhas de abrir, em madeira pintada com tinta esmalte a base de água na cor branca e bandeira. Há assoalhos de madeira em alguns ambientes. Todas as paredes internas têm acabamento em pintura e com massa corrida, selador e pintura com a tinta acrílica na cor clara. A escada de acesso aos aposentos das Irmãs é de madeira. Os tetos são de forro de gesso acartonado e do tipo pé solto, pintados com duas demãos de tinta na cor branca, da linha Eucatex Gesso & Drywall. Já o piso da edificação é formado por ladrilhos mosaicos hidráulicos, mesmo modelo dos azulejos que são encontrados nas fachadas de prédios em Portugal.

Compartilhe:

Outras

Notícias

“MÚSICA NA PRAÇA”: BANDAS SINFÔNICAS JUVENIL E JOVEM DO CONSERVATÓRIO DE TATUÍ SE APRESENTAM NO CORETO DA PRAÇA DA MATRIZ

No repertório, os grupos apresentarão músicas que marcaram a trilha sonora de clássicos do cinema, além de obras de importantes compositores brasileiros.

PARA OFERECER CURSOS GRATUITOS DO FUSSTAT, PREFEITURA INAUGURA O CENTRO COMUNITÁRIO “PEDRO ANTÔNIO SANTI”

O local tem capacidade para oferecer até três cursos gratuitos do FUSSTAT simultaneamente, atendendo, aproximadamente, 40 alunos por dia.

NA ÚLTIMA SEXTA-FEIRA DESTE MÊS DE JUNHO, DIA 28, BIBLIOTECA MUNICIPAL APRESENTA SHOW DO DUO CANTARSI

Formado por Karine Franklin (canto e alaúde) e Dagma Eid (alaúde, guitarra barroca e arquialaúde), o Duo Cantarsi tem em comum o entusiasmo pela música antiga.

Comunicar erro

Encontrou algum erro em nosso site ?
Utilize os campos abaixo para informar o que encontrou e assim ajudar-nos a melhorar nossos serviços prestados através deste canal.
Obs.: Os campos com asterisco (*) são obrigatórios.

Caso necessite, visite nossa seção de Perguntas e Respostas.

Pular para o conteúdo