Prefeitura de Tatuí
  1. Home
  2. »
  3. Esporte, Cultura, Turismo e Lazer
  4. »
  5. MUSEU “PAULO SETÚBAL” RECEBE, A PARTIR DESTE SÁBADO, EXPOSIÇÃO “TIJOL”, DO ARTISTA BINHO VIEIRA

MUSEU “PAULO SETÚBAL” RECEBE, A PARTIR DESTE SÁBADO, EXPOSIÇÃO “TIJOL”, DO ARTISTA BINHO VIEIRA

Publicado em:

Com base nas linhas e nos círculos do tijolo baiano, Binho Vieira apresentará variados materiais em suas mais de 40 obras, do cobre a madeira, do barro ao tecido.

Mais de 40 obras de diversas formas e tamanhos farão parte da exposição inédita “Tijol – Movimento Artístico Tatuiano Baseado em Fazer Artes com as Linhas, Círculos e a Desconstrução do Tijolo Baiano”, do artista Binho Vieira. Ela estará em cartaz no Museu Histórico “Paulo Setúbal”, da Prefeitura de Tatuí, a partir deste sábado (11/03) até o dia 28 de maio, sempre de terça-feira a domingo, das 9h às 17h.

Com base nas linhas e nos círculos do tijolo baiano, Binho Vieira apresentará variados materiais em suas obras, do cobre a madeira, do barro ao tecido. O artista explica que, com designs criados através da representatividade do tijolo baiano, chegou-se na imersão criativa de várias possíveis composições para telas, artesanatos, design de objetos, tipologias, ilustração digital, estamparia, dentre tantas outras infinidades de possibilidades.

“TIJOL – Movimento Artístico Tatuiano Baseado em Fazer Artes com as Linhas, Círculos e a Desconstrução do Tijolo Baiano”, do artista Binho Vieira, foi habilitada pelo Edital de Cultura n° 03/2002, do “2° Festival de Arte e Cultura de Tatuí”, e tem o apoio cultural de MR Produções, Buffet Di Fatto, Unimed Centro Paulista, Studio K, Lubika – Moda Infantil, Unimed Tatuí, Fotógrafo Serginho Oliveira e Artes V.A..

O Museu Histórico “Paulo Setúbal”, local da exposição, está situado na Praça Manoel Guedes, n° 98, Centro. Mais informações pelo telefone (15) 3251-4969 ou pelos e-mails educativo.paulosetubal@gmail.com ou museupaulosetubal@gmail.com.

SOBRE A EXPOSIÇÃO

Ideias comuns, data de criação, local, participantes e, em alguns casos, um manifesto, caracterizam um movimento artístico. Considera-se o Impressionismo como o primeiro movimento a incorporar a maioria dessas características. “A ideia de Tatuí ter em seu berço o nascimento de um movimento artístico que inspira suas raízes é de uma alegria contagiante. Por que achar isso um absurdo, ou uma presunção tamanha termos um movimento artístico? Sonhar é o início para a construção das mais possíveis realidades”, explica Binho Vieira.

Segundo ele, é um movimento artístico baseado no tijolo baiano e em uma das principais economias da cidade de Tatuí, as cerâmicas. Do barro, retratado pelo tijolo de argila com suas formas, linhas, cores, texturas e elementos gráficos tão específicos e próprios desta invenção humana.

O artista descreve que Tatuí é uma cidade privilegiada, pois ela se situa sobre uma formação geológica com argila de excelente qualidade e, atraídas pelas condições ideais de extração da matéria prima, muitas fábricas de cerâmica vermelha se instalam na região, principalmente a partir dos anos 60.

“O nome tijolo baiano é pelo fato de que os melhores tijolos do Brasil Colônia eram produzidos na Bahia, os quais acabaram se tornando referência para indústrias de outros ceramistas Brasil afora”, comenta. Ele ainda acrescenta que, com dimensões maiores que o tijolo maciço, o tijolo baiano possui de 6 a 12 furos que tornam as peças mais leves e proporcionam maior conforto térmico e acústico, podendo ter medidas de 9cm x 19cm x 19cm até 19cm x 29cm x 39cm.

Em cima destas especificações técnicas e históricas Binho apresenta o Tijol, um movimento artístico assinado por ele, que utilizou do tijolo baiano como o seu pincel, o seu lápis, ou melhor, a sua ferramenta de trabalho e a sua inspiração para a construção artística de diversas linhas de design e artes contemporâneas.

SOBRE O ARTISTA

Binho Vieira, antes de tudo, é um homem temente a Deus e tem na família seu alicerce. Suas crianças para vida toda: Giovanni, Memy, Kawany e Rafinha. Encontra neles estímulo para fazer sempre o melhor. Lucélia Bulsing é sua esposa, sua caminhada, seu coração e sua inspiração, presente de Deus. Além de artista plástico, Binho Vieira com seus 49 anos de idade é publicitário, poeta, designer, músico, fotógrafo e gestor de marketing, formado pela Fundação Getúlio Vargas – FGV, São Paulo.

Neste ano de 2023, venceu o Concurso Nacional Clube do Ukulele, na categoria Músicas Autorais, em parceria com sua filha Memy Ricioli.

Em 2022 fez todo o design de ambiente da UTI do Hospital Unimed, voltado para poesias sobre os instrumentos musicais (da viola caipira ao piano). É o idealizador do “Quintal do Saber”, localizado na Praça Paulo Setúbal; além de ter desenvolvido o design de ambiente para o hall do Hotel Del Fiol, com o Projeto Memória “Pentagrama do Tempo”, e a ambientação musical do Hospital Unimed Tatuí.

Fez a criação e a curadoria da Exposição “Arte em Janelas”, contando a história da cidade em fotos extraídas do acervo “Antiga Tatuhy – Volume 1”, em parceria com o Museu Histórico “Paulo Setúbal”, e a expografia do Painel Memória Unimed Centro Paulista, em Limeira. Participou do Projeto Cultural “Arte em Portas – Nossos Artistas, Nossas Inspirações!”, na Escola Estadual “Prof. José Celso de Mello”.

Foi agraciado com 21 estatuetas do Prêmio Nacional “Alberto Urquiza” Unimed de Comunicação, nas categorias Jornal Mural, Jornal Impresso, Publicações Especiais, Relatório de Gestão e Stands Temáticos.

Idealizador de mais de 120 marcas, entre elas: Santa Casa de Misericórdia de Tatuí, Igreja Presbiteriana do Brasil, Igreja Presbiteriana Rocha Eterna, Pangaré, Docicado, Sou Doutor Cevac, Clínica São Carlos, Casa Unimed, Rádio 96,7 FM Vale Verde, KX Motos, Lubika e outras.

Lançou em 2021 o livro “Reflexões: eu planto, tu plantas, nós colhemos”, a história da cooperativa Unimed em fotos e contação de histórias.

Desde 2015 tem o seu projeto autoral “Ciranda de Louvor”, com mais de 160 cantigas cristãs infantis.

Foi vencedor do Mapa Cultural Paulista 2011 (Fase Municipal) nas categorias fotografia “Analogia do Tempo” e crônica jornalística “A Inclusão dos Excluídos”. Recebeu duas estatuetas do Prêmio “Arthur Henck” de Educação, na categoria Educação na Cidadania (2010 e 2012). Vencedor do Mapa Cultural Paulista 2010 (Fase Municipal) na categoria Caricatura, com a obra “Andrea Bocelli” e na categoria Escultura “O gorila”. Finalista no Prêmio Jabuti de Literatura, na categoria Melhor Capa de Livros Infantis (1997). Menção Honrosa em Charge, no 1º Salão de Humor Latino Americano (1995). Participação em exposições de diversos Salões de Humor, inclusive o mais respeitado do mundo, que é o Salão Internacional de Humor de Piracicaba, no ano de 1994.

Compartilhe:

Outras

Notícias

“BIBLIOTECA ITINERANTE – INTERVALO LITERÁRIO” PROMOVE ENCONTRO COM O ESCRITOR RENATO J. MELLO NA E.E. PEI “PROF. ARY DE ALMEIDA SINISGALLI”

No bate-papo com Renato J. Mello, os alunos terão a oportunidade de interagir com um escritor, extraindo, de forma enriquecedora, tudo o que a escrita e a leitura podem proporcionar.

CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE TATUÍ, EM PARCERIA COM O SENAI, INICIA A PRIMEIRA TURMA DO CURSO INÉDITO DE COMANDOS ELÉTRICOS

Há previsão de abertura de novas turmas; os interessados devem procurar o Centro de Formação Profissional de Tatuí – Parceria SENAI.

TATUÍ REALIZA A 2ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DA CIDADE NESTA QUINTA-FEIRA (13/6)

Esta Conferência é uma etapa preparatória para a “7ª Conferência Estadual das Cidades Paulistas” e para a “6ª Conferência Nacional das Cidades”.

Comunicar erro

Encontrou algum erro em nosso site ?
Utilize os campos abaixo para informar o que encontrou e assim ajudar-nos a melhorar nossos serviços prestados através deste canal.
Obs.: Os campos com asterisco (*) são obrigatórios.

Caso necessite, visite nossa seção de Perguntas e Respostas.

Pular para o conteúdo