Prefeitura de Tatuí
  1. Home
  2. »
  3. Esporte, Cultura, Turismo e Lazer
  4. »
  5. REUNIÃO DO COMITÊ CONSULTIVO DO MIS APRESENTA A FORMA E O CONTEÚDO DA EXPOGRAFIA DO…

REUNIÃO DO COMITÊ CONSULTIVO DO MIS APRESENTA A FORMA E O CONTEÚDO DA EXPOGRAFIA DO FUTURO MUSEU TATUIANO

Publicado em:

Encontro teve o intuito de atualizar o andamento da construção e apresentar o Plano Museológico do MIS.

Na quinta-feira (20/10), o Centro Cultural de Tatuí sediou uma reunião do Comitê Consultivo do Museu da Imagem e do Som de Tatuí (MIS). O encontro teve o intuito de atualizar o andamento da construção e apresentar o Plano Museológico do MIS.

A reunião contou com a presença dos secretários municipais Cassiano Sinisgalli (Esporte, Cultura, Turismo e Lazer) e Elisângela Cecílio (Educação); do chefe de Gabinete, jornalista e historiador Christian Pereira de Camargo; da representante da Arquiprom, Silva Landa; do representante da “Narrativa Um”, Roney Cytrynomicz; da museóloga Cecília Machado; da técnica em Museologia, Laís Ribeiro Lessa; e do representante da “Fadel – Transportes e Logística” – patrocinadora do MIS, José Luiz Vieira.

O encontro teve início com a apresentação do Plano Museológico do MIS, realizada pela museóloga Cecília, que ressaltou a importância da participação popular no projeto, por meio do diálogo e de representações. Ela descreveu o Plano, que é um documento de reconhecimento jurídico e uma ferramenta de planejamento estratégico, que compreende os níveis tático e operacional, iniciado pelo planejamento conceitual por meio da definição da missão, da visão, dos valores, dos objetivos e do diagnóstico da instituição e que alinha os seus programas, projetos e ações, de forma global e integrada.

Em seguida, os croquis da Expografia do MIS – feitos pela equipe da Arquiprom – foram apresentados. Neles constam diversos registros históricos orais, pesquisas em acervos do Museu Histórico “Paulo Setúbal” e com memorialistas da cidade.

A representante da Arquiprom, Sílvia, descreveu o que foi projetado para compor o MIS, bem como os setores que existirão no futuro Museu: “Instalação Memorialistas” – para valorizar as contribuições das personalidades que salvaguardam a história da cidade; “Sons de Tatuí” – por meio de textos e imagens irá valorizar o cururu, a seresta e o Cordão dos Bichos, a cronologia do Conservatório de Tatuí e apresentar referências ao título de “Capital da Música”; “O Salão” – irá expor os bailes, baladas, praças, ruas, festas populares e o duelo das palavras (por meio do Cururu e do Hip-Hop); “Teatro, Cinema e Televisão” – terá uma Expografia que não será cronológica, mas sim atemporal, por meio de diálogos com o tempo, inclusive valorizando a cidade que celebra as diferentes expressões culturais ao longo do tempo, com recortes do presente e do passado, como, por exemplo, Vera Holtz, Maurício Loureiro Gama e Toninho Del Fiol; “O Rádio” – será uma sala do “Fazer Musical”, bem interativa, com equipamentos de luteria e de última geração, com a possibilidade de o usuário compor sua própria música, com o apoio da FATEC de Tatuí; “História do Matadouro” – será na parte externa do prédio do Museu, com referências iconográficas, valorizando o edifício que deu origem ao MIS; “O Anexo do MIS” – será uma sala multiuso para atendimento do educativo; e “Teatro de Arena” – instalado no gramado em frente a edificação, para receber apresentações artísticas.

Por fim, encerrando a reunião, foram feitos os registros de doações de dois itens: o piano “Grotrian Steinweg Nachf Braunschweig”, de propriedade do Maestro Neves e doado por Ana Aparecida de Melo Sá Azevedo Vieira; e uma pasta, doada por Luiz Antônio Voss Campos, contendo diversos arquivos históricos, como discos de vinil, documentários sonoros e jornais. Estes itens farão parte do acervo do MIS, cuja reserva técnica será no Museu Histórico “Paulo Setúbal”. Para os memorialistas, o acervo do MIS está sendo organizado em formato de doação ou comodato.

A reunião foi conduzida pelo secretário de Esporte, Cultura, Turismo e Lazer, Cassiano Sinisgalli. O MIS foi criado por meio da Lei Municipal nº 5.286 e sua sede será no antigo prédio do Matadouro Municipal, na Avenida Domingos Bassi, esquina com a Avenida Marginal do Manduca.

Compartilhe:

Outras

Notícias

EVANDRO CAMARGO É A PRÓXIMA ATRAÇÃO DO “HAPPY HOUR MUSICAL”

Cantor tatuiano se apresenta no dia 28 de junho, sexta-feira, às 19h, na Praça de Alimentação Municipal.

VIOLINISTA ALESSANDRO PENEZZI É O CONVIDADO ESPECIAL DO PROJETO “RODA DE CHORO”

O evento, às 17h do dia 25 de junho, é gratuito e acontece no Foyer Mário Covas, situado no Teatro Procópio Ferreira.

NÚMERO DE CASOS DE DENGUE EM TATUÍ COMEÇA A DIMINUIR COM O FIM DO PERÍODO EPIDÊMICO, QUE TERMINOU NO MÊS DE MAIO

Clima mais frio e seco, somado as ações realizadas pela Prefeitura e pela população, atuam na diminuição dos focos do mosquito Aedes Aegypti.

Comunicar erro

Encontrou algum erro em nosso site ?
Utilize os campos abaixo para informar o que encontrou e assim ajudar-nos a melhorar nossos serviços prestados através deste canal.
Obs.: Os campos com asterisco (*) são obrigatórios.

Caso necessite, visite nossa seção de Perguntas e Respostas.

Pular para o conteúdo