Prefeitura de Tatuí
  1. Home
  2. »
  3. Esporte, Cultura, Turismo e Lazer
  4. »
  5. 8ª EDIÇÃO DA FEIRA DO DOCE DE TATUÍ BATE RECORDE DE PÚBLICO E DE ARRECADAÇÃO; MAIS…

8ª EDIÇÃO DA FEIRA DO DOCE DE TATUÍ BATE RECORDE DE PÚBLICO E DE ARRECADAÇÃO; MAIS DE R$ 1,5 MILHÃO FORAM MOVIMENTADOS

Publicado em:

Considerada o maior evento do segmento gastronômico doceiro do interior paulista, a Feira do Doce de Tatuí está incluída no Calendário Turístico do Estado de São Paulo.

De 7 a 10 de julho a Praça da Matriz foi sede de mais uma Feira do Doce, realizada pela Prefeitura de Tatuí, por meio da Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo e Lazer. A organização da “feira mais saborosa do interior paulista” divulgou, nesta segunda-feira (18/07), o relatório da 8ª edição do evento, em uma reunião no Centro Cultural de Tatuí, que contou com a presença dos 59 expositores e do prefeito de Tatuí, Miguel Lopes Cardoso Júnior. 

Durante os quatro dias, os 59 expositores que participaram da Feira (oito a mais que na edição de 2019), puderam oferecer seus produtos para 175.892 pessoas que prestigiaram o evento, das quais 30.179 pessoas passaram pela Praça da Matriz na quinta-feira (07/07); 40.650 pessoas estiveram no segundo dia da Feira (08/07); no feriado de 9 de julho (sábado), 56.162 pessoas passaram pelo local; e no domingo (10/07), 48.901 pessoas prestigiaram o último dia da 8ª edição do evento. 

As milhares de pessoas adquiriram 337.257 unidades de doces dos produtores tatuianos, o que movimentou cerca de R$ 1,5 milhão, ou seja, R$ 727 mil a mais que na 7ª edição da Feira, que gerou um lucro de R$ 840 mil. 

O número de empregos gerados pelos quatro dias “mais doces do ano” também foi superior, se comparado com a última edição. Em 2022, 558 empregos diretos e indiretos foram criados; em 2019, este número foi de 495. 

Neste ano, a Feira do Doce contou com o apoio institucional da Associação Comercial e Empresarial de Tatuí – ACE, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), da Microrregião Turística “Raízes do Interior Paulista”, da Secretaria de Turismo e Viagens do Estado de São Paulo, do Conservatório de Tatuí, da Sustenidos – Organização Social de Cultura, da Webby Internet e da Central de Rádio; e apoio cultural da Associação de Produtores de Doces de Tatuí (Aprodoce), do Sítio do Carroção, do McDonald’s, do Polo Industrial, do Centro Hípico, da Kéke Empreendimentos, da Cooperativa de Consumo – COOP, do Laboratório Cruzeiro, da BRZ Empreendimentos, do Caixa Aqui “JR Correspondente”, da Toyota Ramires, da Lucy Pet Shop, da Zillef Jeans e da Strufaldi – Pastilhas Cerâmicas. 

Resultado positivo – Por meio de uma pesquisa, os produtores de doces participantes da Feira foram questionados com diversas perguntas, que resultaram nas seguintes respostas: 91,1% achou o evento ótimo; para 98,2% o evento foi bom para fazer novos clientes; 96,4% admitiu que personalizou a apresentação de seus produtos (embalagem, etiqueta etc.); para todos eles, as apresentações musicais foram importantes para a Feira; para 58,9% a decoração de seus estandes estava ótima e para 41,1% boa; para 80,3% dos produtores, as Oficinas do Sebrae foram ótimas ou boas; já a palestra da Vigilância Sanitária sobre higiene e manipulação de alimentos, teve aprovação ótima de 42,9% dos doceiros; as reuniões conduzidas pelo Departamento de Turismo, da Prefeitura de Tatuí, tiveram aprovação ótima de 69,6% dos expositores, sendo que, para 26,8% deles, as palestras em geral poderiam ter sido melhores, e os outros 73,2% aprovaram tais encontros.

Outros questionamentos: Você acha que a decoração do seu estande influenciou na venda de seu produto? – 73,2% responderam que sim, 16,1% que talvez e 10,7% que não; Você acha que 4 dias de feira foi bom? – 44,6% sim, 39,1% que deveriam ser cinco dias ou em dois finais de semana e 16,1% disseram que três dias seria suficiente; Você teria produção para atender mais de quatro dias de evento? – 80,4% respondeu que sim e 19,6% que não; O que achou dos estandes e tendas do evento? – 55,4% ótimo e 32,1% bom; O que achou da sonorização do evento? – 76,8% ótimo e 21,4% bom; O que achou da decoração do evento? – 91,1% ótimo e 8,9% bom; O que achou dos banheiros químicos para o público do evento? – 44,6% bom e 42,9% ótimo; O que achou da equipe de controladores de acesso do evento? – 80,4% ótimo e 19,6% bom; O que achou do stand do Turismo no evento? – 87,5% ótimo e 12,5% bom; O que achou da programação musical do evento? – 91,1% ótima e 8,9% boa; O que achou da identidade visual (aventais, banners, lonas, faixas etc.)? – 92,9% ótima; O que achou da campanha de Comunicação (comerciais de TV, postagens nas Redes Sociais, publicação de vídeos e fotos etc)? – 85,7% ótima e 12,5% boa; O que achou da equipe de organização do evento (Turismo)? – 98,2% ótima; O que achou da equipe da Guarda Civil Municipal? – 91,1% ótima e 8,9% boa; O que achou do monitoramento do evento com câmeras de segurança? – 100% ótimo; O que achou da equipe elétrica de plantão no evento? – 94,6% ótima; O que achou da equipe de Limpeza Pública durante o evento? – 94,6% ótima; O que achou da equipe de Trânsito no evento? – 82,1% ótima e 7,1% regular; O que achou da equipe de Fiscalização no evento? – 83,9% ótima e 16,1% boa. 

Além disso, os produtores de doces também puderam fazer críticas e sugestões para a 9ª edição da Feira do Doce, que deve acontecer em 2023, como a realização do evento em um espaço maior, o aumento do tamanho dos stands e a colocação de uma porta no fundo dos stands para a reposição dos doces, por exemplo. 

No stand do Departamento de Turismo, as 175.892 pessoas que prestigiaram a Feira, tinham um totem a disposição para avaliar o evento e o município, na “Pesquisa de Demanda Turística”. Alguns dos dados obtidos é referente ao conhecimento do evento, sendo 68,8% das pessoas já conheciam e 31,2% ainda não; além disso, 61,3% dos presentes se deslocou até a Praça da Matriz com veículo próprio; 22,6% de ônibus, van ou excursão; e 9,2% com veículo de aplicativo. 

Dos turistas que prestigiaram a Feira, 24,7% estiveram em Tatuí unicamente em virtude do evento, sendo que 55,6% ficaram sabendo sobre a realização da Feira pelas Redes Sociais, 24,3% por meio de amigos e 9,8% pela TV. De todas as pessoas que responderam à pesquisa, 78,4% acharam a Feira do Doce ótima e 19,7% boa; e, dos turistas, 99% admitiram que voltarão para Tatuí. 

Feira do Doce – A Feira do Doce é um evento turístico, com foco no empreendedorismo, na geração de renda, na criação de novos negócios e no aumento da rede de contatos. O objetivo do evento é buscar o empreendedorismo dos produtores de doce, dando oportunidade para que os visitantes encontrem todas as guloseimas gastronômicas em um único lugar, promovendo o desenvolvimento turístico do município, conhecido como a “Terra dos Doces Caseiros”. 

Considerada o maior evento do segmento gastronômico doceiro do interior paulista, a Feira está incluída no Calendário Turístico do Estado de São Paulo, por meio da Lei Estadual nº 15.844/2015, e é reconhecida nacionalmente pelo SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas.  

O evento vem ganhando cada vez mais visibilidade. Em 2017, passou a se chamar “Feira do Doce”, em vez da anterior “Festa do Doce”, para enfatizar o caráter empreendedor dos produtores de doce. Em 31 de maio do mesmo ano, a lei nº 16.429, fez com que o Governo do Estado de São Paulo classificasse Tatuí como um Município de Interesse Turístico (MIT), por seu grande potencial neste segmento. 

Compartilhe:

Outras

Notícias

EVANDRO CAMARGO É A PRÓXIMA ATRAÇÃO DO “HAPPY HOUR MUSICAL”

Cantor tatuiano se apresenta no dia 28 de junho, sexta-feira, às 19h, na Praça de Alimentação Municipal.

VIOLINISTA ALESSANDRO PENEZZI É O CONVIDADO ESPECIAL DO PROJETO “RODA DE CHORO”

O evento, às 17h do dia 25 de junho, é gratuito e acontece no Foyer Mário Covas, situado no Teatro Procópio Ferreira.

NÚMERO DE CASOS DE DENGUE EM TATUÍ COMEÇA A DIMINUIR COM O FIM DO PERÍODO EPIDÊMICO, QUE TERMINOU NO MÊS DE MAIO

Clima mais frio e seco, somado as ações realizadas pela Prefeitura e pela população, atuam na diminuição dos focos do mosquito Aedes Aegypti.

Comunicar erro

Encontrou algum erro em nosso site ?
Utilize os campos abaixo para informar o que encontrou e assim ajudar-nos a melhorar nossos serviços prestados através deste canal.
Obs.: Os campos com asterisco (*) são obrigatórios.

Caso necessite, visite nossa seção de Perguntas e Respostas.

Pular para o conteúdo