Prefeitura de Tatuí
  1. Home
  2. »
  3. Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude
  4. »
  5. MISSA DE INSTALAÇÃO DA BASÍLICA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO  REÚNE FIÉIS E AUTORIDADES NO FERIADO DE…

MISSA DE INSTALAÇÃO DA BASÍLICA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO  REÚNE FIÉIS E AUTORIDADES NO FERIADO DE TIRADENTES

Publicado em:

Momento do descerramento da placa inaugural da Basílica Nossa Senhora da Conceição.

Cerca de 1.500 pessoas – entre tatuianos e turistas da região – lotaram a Igreja Matriz de Tatuí e seus arredores na última quinta-feira (21/04), feriado de Tiradentes, para acompanhar o dia histórico da instalação da Basílica Nossa Senhora da Conceição. A missa, que consolidou oficialmente o título dado pelo Vaticano em dezembro de 2021 e tornado público em janeiro deste ano, aconteceu durante as comemorações dos 200 anos de existência do templo religioso. 

A cerimônia foi presidida pelo bispo de Itapetininga, Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto, e teve a presença de outros bispos, como o arcebispo de Sorocaba, Dom Júlio Endi Akamine; o bispo de Itapeva, Dom Arnaldo Cavalheiro Neto; o bispo de Registro, Dom Manoel Ferreira dos Santos Júnior; e dos bispos auxiliares de São Paulo, Dom José Benedito Cardoso e Dom Jorge Pierozan. Além disso, diversas autoridades civis e militares da região, padres, diáconos, seminaristas e religiosos, participaram da celebração. 

As autoridades religiosas foram recepcionadas no Centro Cultural de Tatuí e lá puderam apreciar um delicioso café da tarde preparado pelo Fundo Social da Solidariedade de Tatuí (FUSSTAT). Depois, os bispos seguiram em procissão até os arredores da Igreja, onde foram recepcionados pelo prefeito de Tatuí, Miguel Lopes Cardoso Júnior; juntos, ouviram a execução do Hino Nacional Brasileiro e do Hino Pontifício, ao som da banda do Batalhão da Polícia Militar de Sorocaba. 

O reitor da agora Basílica, padre Élcio Roberto de Góes, os aguardava próximo as portas do templo, para alguns ritos da celebração e para o descerramento da placa de instalação, que está fixada em uma das paredes da Igreja. 

Durante a missa, o chanceler da Diocese de Itapetininga, padre Luiz Paulo Braga, leu o Decreto Pontifício, documento no qual constam as motivações que fundamentaram a concessão do título de Basílica Menor a Igreja, bem como a outorga do Papa Francisco, por meio da “Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos”, que dispõe sobre os privilégios e as obrigações inerentes a este título. O documento, ao ser apresentado ao povo pelo reitor da Basílica, foi muito aplaudido, emocionando a todos os presentes. 

Em seguida, foram acolhidas duas Insígnias Basilicais: o Tintinábulo (espécie de estandarte com um pequeno sino; na Idade Média, ele tinha a função de anunciar ao povo de Roma a proximidade do Papa durante as procissões) e a Umbela Basilical ou Conopeu Basilical (tipo de guarda-sol, que é usado sempre semiaberto e possui as cores do Vaticano, o brasão do Papa, o brasão do bispo, o brasão da Diocese, o brasão do reitor da época da eleição e a bandeira do município onde está instalada a Basílica). Uma terceira Insígnia, a Virga Rubra (uma espécie de bastão, revestido de tinta vermelha com decorações e ponteiro em prata, que é levada processionalmente), já esteve presente na cerimônia desde o início, visto que sua função é de “guiar o cortejo pelo caminho próprio”. 

Importante lembrar que, com a elevação, a Igreja Matriz de Tatuí se torna a 74ª Basílica Menor do Brasil, 22ª do Estado de São Paulo e a 2ª da Diocese de Itapetininga, juntamente com a Basílica de São Miguel Arcanjo, na cidade homônima, que conquistou tal feito em 2018. 

O processo de Elevação – De acordo com a Basílica, o projeto de elevação da Igreja Matriz para Basílica Menor teve início nos primeiros meses de 2020, após ser aprovado pelo bispo e por padres que compõe a “Região Pastoral Tatuí”; pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, em carta enviada por seu presidente, o arcebispo de Belo Horizonte (MG), Dom Walmor Oliveira de Azevedo; e pelo Vaticano, por meio da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, que aprovou então a abertura do processo, enviando um questionário.

O minucioso documento foi recebido pelo então Santuário em agosto de 2020, com questões referentes a estrutura, parte artística e a vida religiosa da Igreja. Um ano depois, o documento foi entregue ao Vaticano, juntamente com um álbum de fotos da Igreja, que ilustra todos os itens descritos no questionário, como objetos litúrgicos e imagens de santos; um arquivo com toda a história da Igreja, em seus quase 200 anos de existência; e, também, a história da imagem de São João do Bemfica, tão importante para Tatuí.  

Tudo foi entregue pessoalmente para a Santa Sé, por meio do signatário da Diocese de Itapetininga, Leonardo Costa de Camargo Barros, que também teve a honra de entregar uma cópia da documentação pessoalmente ao Papa Francisco, durante a Audiência Geral na Basílica de São Pedro.  

Prédio histórico – A Basílica, com porte e estilo de catedral, preserva detalhes arquitetônicos do século XIX. As pinturas artísticas em seu interior foram feitas pelo artista piracicabano Mário Tomazzi e impressionam pela beleza e pelo estado de conservação. O templo religioso também foi a primeira obra da cidade a utilizar tijolos cerâmicos. 

Por conta da riqueza arquitetônica, no dia 8 de dezembro de 2006, o templo foi eleito Patrimônio Histórico e Cultural de Tatuí. No mesmo dia, a Igreja e seu altar foram dedicados (um dos ritos mais importantes da Igreja Católica a qual as igrejas são submetidas), pelas mãos do bispo Dom Gorgônio. 

Já em 9 de junho de 2007, foi assinado pelo então prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo o decreto de tombamento da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, que passou a integrar o conjunto de prédios históricos do município. 

Em 2009, o bispo de Itapetininga, elevou a Igreja Matriz a dignidade de Santuário Diocesano, atendendo pedido do então pároco do templo, padre Milton de Campos Rocha (in memorian). 

Compartilhe:

Outras

Notícias

EVANDRO CAMARGO É A PRÓXIMA ATRAÇÃO DO “HAPPY HOUR MUSICAL”

Cantor tatuiano se apresenta no dia 28 de junho, sexta-feira, às 19h, na Praça de Alimentação Municipal.

VIOLINISTA ALESSANDRO PENEZZI É O CONVIDADO ESPECIAL DO PROJETO “RODA DE CHORO”

O evento, às 17h do dia 25 de junho, é gratuito e acontece no Foyer Mário Covas, situado no Teatro Procópio Ferreira.

NÚMERO DE CASOS DE DENGUE EM TATUÍ COMEÇA A DIMINUIR COM O FIM DO PERÍODO EPIDÊMICO, QUE TERMINOU NO MÊS DE MAIO

Clima mais frio e seco, somado as ações realizadas pela Prefeitura e pela população, atuam na diminuição dos focos do mosquito Aedes Aegypti.

Comunicar erro

Encontrou algum erro em nosso site ?
Utilize os campos abaixo para informar o que encontrou e assim ajudar-nos a melhorar nossos serviços prestados através deste canal.
Obs.: Os campos com asterisco (*) são obrigatórios.

Caso necessite, visite nossa seção de Perguntas e Respostas.

Pular para o conteúdo