RETOMADA GRADUAL DO TURISMO EM TATUÍ, NO MÊS DE NOVEMBRO, MOVIMENTOU A ECONOMIA CRIATIVA, GERANDO RENDA E EMPREGOS TEMPORÁRIOS

FOTO: Exposição contou com um total de 500 inscrições de cavalos da raça Mangalarga. Conforme dados apurados junto a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga (ABCCRM).

Por ser um Município de Interesse Turístico (MIT), Tatuí está retomando, gradualmente, os eventos de grande impacto econômico. No período de 19 a 28 de novembro, no Centro Hípico de Tatuí, aconteceu a 42ª “Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga”, promovida pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga (ABCCRM), com o apoio da Prefeitura de Tatuí, por meio da Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude. O evento seguiu todos os protocolos sanitários de higiene e segurança para a prevenção da COVID-19 e o resultado para o turismo local foi além do esperado.

A exposição contou com um total de 500 inscrições de cavalos da raça Mangalarga. Conforme dados apurados junto a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga (ABCCRM), o Centro Hípico, a Claudia Rauscher Buffet e Gastronomia e aos hotéis Del Fiol e Íbis, com esse fluxo de participações no evento, a cidade movimentou o seu trade turístico, visto que, no segmento hoteleiro, obteve um aumento médio de 30% nas taxas de ocupação referentes ao mês de novembro. E, somando todo o trade turístico que forneceu serviços para a realização desse evento, envolvendo o comércio e a estrutura montada para receber a exposição, circulou no município um valor aproximado de R$ 1.236.000,00

Na 42ª “Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga”, mais de 300 empregos diretos e indiretos foram criados, com a participação de 120 haras e de expositores e criadores de mais de 6 estados brasileiros. O evento foi fechado ao público, sendo aberto apenas para os expositores e criadores, devido às medidas de segurança contra a COVID-19. Mas teve transmissão ao vivo em seu canal oficial do YouTube, sendo um sucesso e totalizando mais de 70 mil visualizações, o que levou o nome de Tatuí para outros estados e países.

Este evento turístico ajudou a movimentar a economia local nesta fase de retomada das atividades de lazer e entretenimento, estimulando vários setores econômicos da cidade. “Esse é o resultado de uma movimentação turística no município. Um evento de 10 dias que trouxe impactos positivos para a cidade. A repercussão econômica tem a ver com a movimentação de dinheiro gerada com o aumento do turismo, mais vendas no comércio de Tatuí, arrecadação de impostos, crescimento da economia criativa, além de geração de renda e de empregos. Essa é uma gestão pública que acredita no potencial turístico do município”, comemorou o secretário municipal de Turismo, Cassiano Sinisgalli.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Veja também:

Skip to content