PROGRAMA GPS RURAL AGILIZA ATENDIMENTOS DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA PARA O HOMEM DO CAMPO

A tecnologia pode levar mais segurança para a Zona Rural. O Programa GPS Rural já está em funcionamento e é uma ferramenta importante para a agilidade dos serviços de saúde e da segurança pública para o homem do campo.

O programa, desenvolvido por guardas municipais que estudam na FATEC local, foi lançado no Sindicato Rural Patronal, no último mês de setembro. Através dele, a Guarda Civil Municipal, SAMU, bombeiros e a Polícia Militar, por exemplo, terão mais agilidade para o atendimento das ocorrências, usando o GPS, através de tablets. Até o momento, mais de 700 propriedades rurais foram identificadas, mas cada responsável precisa manifestar o interesse de participar do programa.

O único custo ao proprietário rural é a confecção da placa de identificação (que é padrão), onde constará o número de identificação da propriedade e os telefones de emergência das unidades policiais e do SAMU. O valor da placa, que inclusive é refletiva à noite, é de algo em torno de R$ 80,00.

Toda a propriedade rural está sendo cadastrada pela Guarda Civil Municipal e receberá um número de identificação.

“A adesão dos produtores rurais está sendo um sucesso. Com organização e planejamento, novas ideias e projetos vão surgindo. Tenho certeza, que este programa é um grande avanço no combate preventivo aos crimes na Zona Rural, assim como no atendimento de ocorrências urgentes”, destacou a prefeita Maria José Vieira de Camargo.

Os produtores rurais e demais moradores da Zona Rural que tiverem interesse em participar do Programa GPS na Zona Rural, deve procurar a Guarda Civil Municipal. Mais informações estão disponíveis pelo telefone (15) 3251-2849.