JOSÉ CELSO MODENA RECEBE HOMENAGEM NA NOITE DA SERESTA COM TERNURA

O Museu Histórico "Paulo Setúbal", equipamento cultural da Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude da Prefeitura de Tatuí, em parceria com o Grupo Seresteiros com Ternura, promoveu na última sexta-feira (13/4), a tradicional Noite da Seresta com Ternura, coordenada por Maria Inês de Camargo Machado.

O evento, o primeiro da temporada 2018, homenageou José Celso Modena, e contou com a presença dele, de sua família e amigos, que puderam festejar o justo tributo ao seresteiro.

Na ocasião, o diretor municipal de Cultura, Rogério Vianna, entregou ao homenageado um Certificado do Museu com os seguintes dizeres: "O Museu Histórico 'Paulo Setúbal', equipamento de Cultura da Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude da Prefeitura de Tatuí, concede a José Celso Módena, a gentil homenagem ao seresteiro que, por paixão a música, fez parte da Orquestra do Conservatório de Tatuí, e que, por mais de quatro décadas encantou o público tatuiano e da região, salvaguardando e valorizando o Gênero Musical onde, em parceria com Roberto Rosendo, representou Tatuí tocando na Banda Brasília e no Grupo de Seresta 'Seresteiros com Ternura'. – Noite da Seresta com Ternura – Tatuí, 13 de Abril de 2018", com a assinatura da prefeita Maria José Vieira de Camargo, do secretário de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, Cassiano Sinisgalli, e do diretor de Cultura Rogério Vianna.

Além da homenagem realizada no Museu, diversos aplausos foram registrados na página social de José Celso Modena. Até o dia 10 de maio, a história de vida de Modena, com fotos, poderá ser visitada no Museu, situado na Praça Manoel Guedes nº 98. Mais informações pelo telefone: (15) 3251-4969 ou pelo e-mail: museupaulosetubal@tatui.sp.gov.br

José Celso Modena – Nascido em 31 de outubro de 1935 em Tatuí, José Celso foi casado com Maria José Orsi Modena, com quem teve três filhos: Maria José, Paulo José e Fábio José. Atualmente é casado com Antônia Ida, com quem teve uma filha, Gilda. Escriturário, trabalhou no Unibanco e na Caixa Econômica Federal. Morou em Natal (Rio Grande do Norte) e, atualmente, reside em Tatuí.

Sua paixão pela música se deu no início na década de 60, quando a convite de João Del Fiol entrou na orquestra do Conservatório, tocando oboé, apesar de já neste instante tocar flauta, ambos instrumentos pertencentes a família de sopros-madeira. Alguns anos depois, se rendeu a flauta, onde, por mais de quatro décadas, encantou o público tatuiano e da região.

Fez uma parceria de vida com Roberto Rosendo, tocando na Banda Brasília por várias cidades do Estado de São Paulo. Fizeram o programa Canta Cidade. Além disso, fez parcerias com Edgar Vieira, Roberto Rosendo, Paulo Ribeiro e, por fim, se tornou um integrante do Grupo "Seresteiros com Ternura".