REFORMA DO CENTRO CIRÚRGICO DEVERÁ SER A PRIORIDADE NA SANTA CASA EM 2018

Na segunda-feira (22/01), no Paço Municipal, a prefeita Maria José Vieira de Camargo seu reuniu com a interventora da Santa Casa e sua equipe para avaliar a gestão da entidade nos últimos meses.

Na análise, muitos avanços aconteceram desde a intervenção proposta em maio de 2017. São apontados como avanços a regularização do pagamento dos funcionários e agora pagos em dia, a reabertura da UTI e sua ampliação (em curso), z retomada das cirurgias eletivas, o Projeto Adote um Quarto – Abrace a Santa Casa (reforma dos 111 leitos SUS, através de doadores da comunidade), compra de novos equipamentos, criação da Central de Voluntariado, etc.

"No caso das cirurgias urgentes, hoje já não existe a demora de dias que acontecia no passado. A troca de algumas equipes médicas e o plantão in loco deram um resultado muito positivo. Novidades virão nos próximos dias. Os desafios são diários", destacou a prefeita Maria José, que agora trabalha para conseguir recursos para a reforma do Centro Cirúrgico. Atualmente, das quatro salas disponíveis para cirurgias, apenas uma é utilizada diante da falta de equipamentos. Outra prioridade é a reabertura do Banco de Sangue. Hoje os funcionários da unidade realizam um treinamento em Botucatu, no Hospital da UNESP (Universidade Estadual de São Paulo). Após o término, em algumas semanas, e alguns ajustes, o BS deverá ser reaberto.

"A Santa Casa é de todos nós e precisa ser tratada como prioridade, não para atender a alguns e grupos corporativos, mas para atender bem a população que precisa do SUS (Sistema único de Saúde)", destacou a chefe do Poder Executivo.