RIO SOROCABA RECEBE 10 MIL ALEVINOS NO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE

Para comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado na segunda-feira (5), cerca de 10 mil alevinos, peixes recém-nascidos, foram soltos no rio Sorocaba, na cidade de Laranjal Paulista. O governador Geraldo Alckmin participou do evento que simboliza os resultados dos investimentos nos últimos seis anos para a melhora de 42 rios e córregos na região chamada de Médio Tietê por contemplar as cidades no trecho intermediário do rio, entre a nascente, na Grande São Paulo, e a foz, na divisa com Mato Grosso do Sul. A prefeita Maria José Vieira de Camargo, presidente da Fundação Agência do Comitê de Bacias do Rio Sorocaba e Médio Tietê, também esteve presente ao evento. “Estamos comemorando o Dia do Meio Ambiente, com três importantes iniciativas. A primeira é tratar o esgoto e despoluir os nossos rios. Nós entregamos 27 estações novas e quatro estão em obras. 31 estações de esgoto só aqui na região de Sorocaba e do Médio Tiete. Em todo o Estado, 113 estações de tratamento. A segunda medida é mata ciliar. Nós precisamos recompor as matas ciliares na beira dos rios e proteger as nascentes. Nossa meta é 8 milhões de mudas nativas. Só aqui na região, a Sabesp plantou 90 mil”, explicou o governador. Entre 2011 e 2017, a Sabesp investiu R$ 233 milhões em cerca de 30 obras, que evitam o descarte de 14 mil toneladas por ano de esgoto in natura em rios como Sorocaba, Piracicaba e Tietê. Essa ação melhora a qualidade das águas e têm consequências diretas na fauna, flora e na saúde da população. No evento, foram pontuados três investimentos da Sabesp em Tatuí. São estações de tratamento de esgoto no bairro Inocoop, próximo ao CEAGESP e chamada ETE Bassi. O investimento somou R$ 7 milhões, com 2.488 toneladas/ano de carga orgânica removida e tratada, beneficiando o Rio Tatuí e o Córrego Matadouro Velho.

Na região, a meta é elevar o índice de tratamento de esgotos nas sedes dos municípios dos atuais 84% para 100%, ou seja, mais de 800 mil habitantes serão atendidos com serviços de saneamento universalizados: 100% de abastecimento com água de qualidade, 100% de coleta de esgotos e 100% dos efluentes coletados tratados.