PROFESSORES DE ARTE PARTICIPAM DE ENCONTRO COM SECRETARIA DE ESPORTE, CULTURA, TURISMO, LAZER E JUVENTUDE

A Prefeitura de Tatuí, por meio da Secretaria de Educação e da Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude realizou na sexta-feira, dia 10 de março, o primeiro encontro dos professores de Arte da Rede Municipal de Ensino.

O evento aconteceu no Centro de Artes e Esportes Unificados “Fotógrafo Victor Hugo da Costa Pires”, CEU das Artes, e foi coordenado por Edson Pinto, coordenador cultural do CEU das Artes. O objetivo foi promover debates, reflexões e troca de experiências servindo como capacitação entre os professores.

Durante todo o dia foram desenvolvidas atividades com os temas: o ritmo nas linguagens artísticas; formação de grupos por linguagem e apresentação de propostas de vivência do conteúdo ritmo; vídeo sobre ritmo; o silêncio na arte; ouvir mais e falar menos; arte física: objetos, espaços, formas; roda de debates sobre as atividades e finalização; entre outras vivências que puderam ser compartilhadas entre os educadores.

No período da tarde o encontro recebeu a presença do secretário de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, Cassiano Sinisgalli, e do diretor de Departamento de Cultura, Rogério Vianna, que puderam observar e participar de algumas vivências do encontro. “Esse será o primeiro de muitos encontros, visto que compartilhar experiências entre educadores visa melhorias no saber artístico dos alunos, futuros usuários da cultura”, acentuou o diretor de Cultura. “Esse encontro amplia o conhecimento pedagógico e se estenderá também a área de Esporte”, afirmou Cassiano Sinisgalli.

No encontro foram disponibilizados todos os equipamentos da Cultura do município para ampliação do saber dos alunos da rede, tais como: Museu Histórico Paulo Setúbal, Biblioteca Municipal “Brigadeiro Jordão”, Centro Cultural, CEU das Artes e o Departamento de Cultura. O encontro interferiu em todas as ambiências do CEU das Artes, por meio de recortes de jornais, artes plásticas, música, vivências, com o intuito de ampliar a curiosidade e a vivência do professor que, na especificidade de Arte, deve dar ênfase à cultura, às linguagens artísticas e ao patrimônio cultural.

MAIS DE 2 MIL ALUNOS SERÃO BENEFECIADOS COM KITS ODONTOLÓGICOS

A Secretaria da Saúde de Tatuí, por meio do Setor de Odontologia, está realizando a distribuição de 31 kits infantis odontológicos (cada kit com 36 escovas, 36 porta-escovas e 10 tubos de gel dental), totalizando 1.116 escovas dentais, 1.116 porta-escovas, 310 tubos de gel dental e 31 cartilhas com jogos e orientações para higiene bucal. Além dos kits, 1.000 escovas dentais infantis estão sendo distribuídas para a reposição das antigas.

A coordenadora municipal da Saúde Bucal, Cristina Simões Almeida de Abreu, conta que serão beneficiadas 2.116 crianças do nosso município. “Com isso, as crianças de Creches, Pré-Escolas Municipais e Projeto Ayrton Senna terão a possibilidade de realizar as escovações diárias, cuidando da saúde bucal e prevenindo as doenças de cárie e gengivite”.

HORTA DA CRECHE DO JARDIM PLANALTO É REVITALIZADA

A EMEI “Professora Lygia Rodrigues Del Fiol”, também conhecida como Creche do Jardim Planalto, teve sua horta revitalizada pelo funcionário público Valdimir Vieira (Bill), com a participação das crianças dessa unidade escolar.

As hortas das escolas municipais servem de duas maneiras, tanto para que as crianças tenham contato com os procedimentos de plantio, rega e colheita, compreendendo como a Natureza atua e, ainda, quanto para sua alimentação, pois quando são colhidas as hortaliças, estas são servidas aos alunos.

“é importante para as crianças participarem do plantio e do desenvolvimento da horta, conhecendo na prática de onde vem a alimentação necessária para seu crescimento. Outras unidades escolares também terão suas hortas revitalizadas, pois a maioria ficou sem os devidos cuidados no período das férias escolares”, destacou a secretária da Educação, professora Marisa Fiúza Kodaira.

CENTRO PAULA SOUZA INAUGURA PROJETO DE ESTAÇÕES METEOROLÓGICAS

Na quinta-feira (16), a Faculdade Estadual de Tecnologia “Professor Wilson Roberto Ribeiro de Camargo” (Fatec), de Tatuí, inaugurou em suas dependências, a sede do Sistema Integrado de Informações Meteorológicas Aplicáveis à UGRHI-10. Neste dia, entrou em operação no seu câmpus universitário uma das cinco estações de monitoramento de dados climáticos, cujo funcionamento é integrado pela rede de telefonia celular a outras quatro centrais semelhantes, também inauguradas ontem na Fatec de Itu e nas Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) de Cerquilho, Piedade e Mairinque.

O projeto foi financiado pelo Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro) e custou R$ 386 mil; e as estações coletoras têm por função apurar e transmitir, em tempo real, dados de temperatura (mínima, média e máxima), pressão atmosférica, umidade relativa do ar, radiação solar, volume de chuvas (pluviometria) e vento (direção e velocidade).

“O foco é coletar, organizar, analisar e oferecer essas informações públicas e não sigilosas para pesquisas acadêmicas. E usá-las em estudos de planejamento hídrico nos municípios abrangidos pela Unidade de Gerenciamento de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Rio Sorocaba e Médio Tietê”, explica José Carlos Ferreira, doutor em engenharia agrícola e professor da Fatec Tatuí.

A prefeita Maria José Vieira de Camargo esteve no local. Em suas palavras aos presentes, destacou a importância das parcerias que a Fatec de Tatuí desenvolve, “que além do conhecimento, ajuda a desenvolver tecnologias para uso do desenvolvimento”.

A UGRHI-10 abarca as cidades paulistas de Alambari, Alumínio, Anhembi, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Bofete, Boituva, Botucatu, Cabreúva, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Conchas, Ibiúna, Iperó, Itu, Jumirim, Laranjal Paulista, Mairinque, Pereiras, Piedade, Porangaba, Porto Feliz, Quadra, Salto, Salto de Pirapora, São Manoel, São Roque, Sarapuí, Sorocaba, Tatuí, Tietê, Torre de Pedra, Vargem Grande Paulista e Votorantim.

Idealizador e coordenador-executivo do projeto, Ferreira ressalta não se tratar de um sistema dedicado a previsões meteorológicas, porém, seus dados estarão disponíveis para centros envolvidos com este trabalho.

“Outro viés será auxiliar a tomada de decisões de órgãos como Defesa Civil, Bombeiros, secretarias de Estado da Agricultura e Abastecimento, Meio Ambiente, Planejamento e Gestão, Companhia de Saneamento Básico do Estado (Sabesp) e Departamento de águas e Energia Elétrica (DAEE), entre outros”, analisa Ferreira.

Treinamento – Fabricadas pela empresa norte-americana Sigma Sensors, as cinco estações são equipamentos autônomos e automáticos. Dispensam auxílio humano para funcionar e são alimentadas por eletricidade, gerada de modo 100% sustentável: um painel fotovoltaico capta a luz solar e depois de transformá-la em energia elétrica, o sistema a armazena em uma bateria capaz de funcionar por até um mês sem nenhum dia de sol.

“Um dos diferenciais dessas centrais é serem construídas de modo modular, com sensores e circuitos independentes. Assim, quando um deles deixa de funcionar, os demais seguem em operação e basta fazer a troca da peça com defeito para o funcionamento completo ser retomado”, explicou Júlio Cesar da Silva, representante da empresa fornecedora.

Na Fatec Tatuí, ele fez demonstração de campo do equipamento e capacitou alunos e professores do Centro Paula Souza sobre como extrair e refinar, pela internet, os dados apurados em tempo real pelas centrais, inclusive para os alunos e professores da Fatec São Roque e Etec Itu também envolvidos com o projeto.

Parcerias – “Temos cinco projetos de pesquisa que usarão os dados da estação meteorológica”, afirmou o professor Mauro Tomazela, diretor da Fatec Tatuí. Segundo ele, sua unidade ficou responsável pelas operações das centrais e organização dos dados. “Até o final do ano, criaremos um site do projeto com domínio exclusivo para publicar on-line e em tempo real todas as informações apuradas nas centrais. No momento, o interessado em ter acesso aos dados deve contatar a Fatec Tatuí”.

Presente na inauguração, Wendell Wanderley, presidente do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Sorocaba e Médio Tietê, destacou a importância da apuração das séries históricas de chuvas, para o desenvolvimento de estudos com irrigação, lavoura e recarga de lençóis aquáticos subterrâneos.

“A seca provocada no Estado de São Paulo no verão de 2014 evidenciou a necessidade de planejamento de programas de captação de água para abastecimento público, irrigação, uso industrial e geração de energia. Assim, a criação desse sistema em parceria com o Centro Paula Souza será de grande valia”, destacou ele, agricultor de ofício com lavouras de milho e feijão.

PRÉ-ESCOLA DO BAIRRO INOCOOP ENTRA EM ATIVIDADE

Após alguns reparos que se fizeram necessários neste início de ano, começou a funcionar em fevereiro a Pré Escola do bairro Inocoop, no Conjunto Habitacional “Amaro Padilha”. A unidade de Educação Infantil tem 1.500 metros quadrados, com três salas de aula, uma diretoria com banheiro, três banheiros femininos e três banheiros masculinos, um banheiro para funcionários, uma lavanderia, uma cozinha e um refeitório.

São 21 crianças de 4 e 5 anos de idade beneficiadas no período da tarde. Para a secretária municipal de Educação, Marisa Aparecida Mendes Fiusa Kodaira, esta pré-escola é de suma importância. “Não havia nenhum equipamento social nesse bairro e a pré-escola mais próxima situa-se no bairro Valinho, que é bem distante de lá. Com os reparos no início deste ano, pudemos iniciar mais este trabalho”, completou.

EMEF “JOÃO FLORÊNCIO” É PIONEIRA NA ECONOMIA DE ENERGIA

A EMEF João Florêncio está sendo a pioneira em um projeto de economia de energia. Toda a iluminação das salas de aula da escola foi trocada por lâmpadas de LED. A substituição das lâmpadas tradicionais pela iluminação LED é uma forte tendência, pois esta oferece vantagens principalmente em termos de durabilidade e economia. Tanto que, após perceber que há uma redução real nos custos com energia, muitas instituições ou empresas começaram a optar pela iluminação LED.

A expectativa é de uma economia mensal de energia na escola de 40% a 70%. A energia consumida pelo LED é revertida em iluminação e não em calor, consequentemente não desperdiça energia. A iluminação LED não emite radiação IV/UV, o que evita danos à pele, plantas e também objetos ou produtos expostos como roupas, calçados e móveis. Como o LED não possui em sua composição metais pesados como chumbo e mercúrio, não há necessidade de um descarte especial como as lâmpadas fluorescentes.

AULAS NA EMEF DO TANQUINHO COMEÇARAM NESTA SEMANA

Teve início na segunda-feira (13), as aulas na EMEF “Bairro do Tanquinho”, que atende 532 alunos do 1º ao 5º anos do Ensino Fundamental e conta com 21 professores de Educação Básica I e 10 professores de Educação Básica II.

Diferente das outras escolas da rede pública municipal de ensino, que começaram as aulas na semana passada, a EMEF do Tanquinho teve três dias de atraso para finalizar algumas pendências estruturais, pelo fato da escola ser nova. “Mas isso não irá prejudicar os alunos, pois estes dias serão repostos no calendário escolar”, explica a secretária municipal de Educação, professora Marisa Aparecida Mendes Fiusa Kodaira.

MAIS DE 13 MIL ALUNOS VOLTAM ÀS AULAS NESTA QUARTA-FEIRA

Nesta quarta-feira, dia 8 de fevereiro começa o ano letivo para 13.360 alunos da rede pública municipal de ensino, em Tatuí.

Na Educação Infantil os 4.300 alunos estão divididos em 23 creches, que atendem crianças de 0 a 5 anos, 10 pré-escolas urbanas e 9 pré-escolas rurais. Já o Ensino Fundamental compreende 18 escolas na zona urbana e 9 na zona rural, com 7.300 crianças do 1º ao 5º anos, 1.530 alunos do 6º ao 9º anos e outros 230 na Educação de Jovens e Adultos (EJA), num total de 9.060 estudantes.

De acordo com a secretária da Educação de Tatuí, Marisa Aparecida Mendes Fiusa Kodaira, somente a EMEF do bairro Tanquinho. não funcionará a partir desta quarta-feira, dia 8 de fevereiro. “A previsão de início dos alunos nesta unidade escolar é no dia 13 de fevereiro”, esclarece.

TATUÍ ASSINA CONVÊNIO PARA O PROGRAMA “CAMINHOS PARA A CIDADANIA”

A prefeita de Tatuí, Maria José Vieira de Camargo, assinou nesta quarta-feira (25), com a CCR/SPVias, um terno de convênio para o programa “Caminhos para a Cidadania”, que atenderá em 2017 um total de 3.498 alunos e capacitará 157 professores em questões como Cidadania, Segurança no Trânsito e na preservação do Meio Ambiente. Realizado em parceria com as Secretarias Municipais de Educação e direcionado a alunos do 4º e 5º ano da rede pública municipal, o projeto é constituído por ações educacionais que disseminam, por meio de oficinas anuais e atividades extracurriculares para educadores, conceitos de segurança no trânsito, cidadania e proteção ambiental.

O programa “Caminhos para a Cidadania” conta com material didático exclusivo, constantemente atualizado, e busca inserir a educação para o trânsito e meio ambiente em diversas disciplinas. Visando a inclusão de professores e alunos com deficiência visual, todo o material também é produzido em Braille.

Participaram da assinatura do convênio o vice-prefeito Luiz Paulo Ribeiro da Silva, a secretária Marisa Aparecida Mendes Fiuza Kodaira (Educação), José Salim (presidente da CCR/SPVias), Alexandre Spadafora (diretor da CCR/SPVias) e Alexandre Conrado (gestor de Relações Institucionais da CCR/SPVias).

PREFEITURA ABRE CADASTRO E RECADASTRO PARA O TRANSPORTE UNIVERSITÁRIO 2017

A Prefeitura de Tatuí, através da Secretaria da Educação, abre nesta segunda-feira (16) o cadastro e recadastro para o Transporte Universitário 2017. O procedimento será efetuado nos dias 16, 17, 18, 19 e 20 de janeiro, das 8h às 17h, nas dependências do NEBAM “Ayrton Senna”, que fica na rua Oracy Gomes, 551 (em frente ao clube XI de Agosto).

Para o cadastro e recadastro, são necessários os seguintes documentos: uma foto 3×4, cópia do RG, cópia do CPF, cópia da declaração de matrícula da faculdade, cópia da declaração da renda familiar (de todos que residem na casa) e uma cópia do comprovante de endereço no nome do aluno, pai ou mãe.

é necessário ainda preencher, assinar e anexar aos documentos uma ficha que está disponível no site da Prefeitura, através do link:tatui.sp.gov.br/servicos/transporte-universitario.