Prefeitura de Tatuí
  1. Home
  2. »
  3. Esporte, Cultura, Turismo e Lazer
  4. »
  5. PROJETO “MÚSICA NA PRAÇA” RECEBE A CORPORAÇÃO MUSICAL “SANTA CRUZ”

PROJETO “MÚSICA NA PRAÇA” RECEBE A CORPORAÇÃO MUSICAL “SANTA CRUZ”

Publicado em:

O repertório faz jus as bandas de coreto, com a execução de marchas tradicionais com composições e arranjos de professores e maestros de Tatuí.

A Praça da Matriz receberá neste sábado (20/4), às 11h, mais uma edição do Projeto “Música na Praça” – ação cultural da Prefeitura de Tatuí -, com a apresentação da tradicional Corporação Musical “Santa Cruz”, regida por Sérgio Gonçalves de Oliveira (Lagartixa).

O repertório faz jus as bandas de coreto, com a execução de marchas tradicionais com composições e arranjos de professores e maestros de Tatuí, entre elas, obras de Antônio Carlos Neves Campos, José Coelho, Bimbo Azevedo, Spartaco Rossi, Marcelo Afonso e outros.

Com mais de 130 anos de tradição, a Corporação Musical “Santa Cruz”, sob a presidência de Adilson Crescêncio, registrou o seu retorno a cena tatuiana em agosto de 2023, também no Projeto “Música na Praça”, com uma nova diretoria e novos projetos sociais para a cidade.

SOBRE A CORPORAÇÃO MUSICAL

Fundada em 28 de maio de 1887 por Francisco Paschoal Bailão, Antônio de Godoy Moreira, Deolindo José Rocha e Alexandre José Machado, a Banda foi um exemplo de integração cultural e atividades artísticas musicais com o desenvolvimento da cidade de Tatuí. Entre os seus integrantes, haviam muitos descendentes de escravos.

A Corporação sempre esteve presente nas mais diversas festividades cívicas e religiosas da cidade (leilões, inaugurações de estradas, posses de prefeitos, visitas de autoridades e outras) e representou Tatuí em vários eventos por todo o Estado de São Paulo e pelo Brasil.

Em grandes eventos nacionais históricos, a Corporação registrou presença, tais como: dia 13 de maio de 1888, antes mesmo de comemorar seu primeiro ano de existência, saiu pelas ruas junto com o povo para comemorar a abolição dos escravos; e dia 15 de novembro de 1889 participou das comemorações quando Marechal Deodoro da Fonseca proclamou a República Brasileira.

Também esteve presente em diversos outros eventos de destaque, entre eles: Convenção Mundial de Turismo, em 1975, no Rio de Janeiro, ao lado do famoso “Cordão dos Bichos”, do mestre Benedito de Arruda Pais; 1º Concurso Estadual de Bandas do Projeto Pro-Bandas, em 1997; festividades de aniversário da cidade de Monte Azul Paulista e “Natal na Praça”, na Estação Júlio Prestes, em São Paulo, realizado pela Secretaria de Estado da Cultura, ambos em 1999; VIII Festival de Artes, em Itu, e “Natal Musical”, em Campos do Jordão, ambos no ano de 2001; e “Campos das Artes”, na Praça do Capivari, em Campos do Jordão, em 2002.

A Corporação Musical “Santa Cruz” passou a ser de “Utilidade Pública” pela Câmara Municipal de Tatuí, que aprovou a Lei n° 1.743, de 17 de agosto de 1984.  No município, esteve presente em diversos eventos importantes, entre eles: inauguração da base da Gás Natural; inauguração da base da CCR; reinauguração do Monumento da Bíblia, na Praça da Matriz; e reinauguração do chafariz em frente à Câmara Municipal. Sem deixar de mencionar o Carnaval de rua, que sempre alegrou a população de Tatuí. Entre os anos de 2007 e 2011, representou a cidade e o Conservatório de Tatuí em mais de 100 apresentações pelo Estado de São Paulo.

Teve vários mestres de banda, entre eles: Bonifácio José da Rocha, os irmãos Januário Praxedes Campos e Genésio de Campos, o professor José Coelho de Almeida, Marcelo Aparecido Afonso (neto de Januário Praxedes Campos) e Sérgio Gonçalves de Oliveira.

Enfim, é grande a trajetória desta centenária banda tatuiana, que pode ser considerada umas das mais antigas do Brasil.

SOBRE O MAESTRO

Sérgio Gonçalves de Oliveira, conhecido no mundo artístico como “Maestro Lagartixa”, é formado em Saxofone pelo Conservatório de Tatuí, cidade onde nasceu, e lecionou na mesma instituição de 1992 a 2014.

Foi professor do Colégio Objetivo de Itapeva, do Projeto “Pró Bandas”, da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, e do Festival de Música de Ourinhos, entre outros.

Como saxofonista, ao longo de sua carreira fez parte da gravação dos seguintes CDs e DVDs: Compositores Brasileiros; 1º Encontro de MPB; Big Band Prata da Casa; Pró Bandas 1998; Arranjadores; 90 anos da Weril; e DVD Bruno e Marrone Acústico. Como produtor, participou da gravação do CD Samjazz 30 anos.

Regeu e produziu a Orquestra “Aliança e Misericórida”, que acompanhou a Missa em que o Papa Bento XVI realizou no encontro com a juventude, no estádio do Pacaembu, e o show do Pe. Antônio Maria e Convidados; a Big Band Samjazz, no I Festival de Jazz de Assuncion, no Paraguai; e a Orquestra do Conservatório, no 14º Festival de MPB.

Em 1997, foi o saxofonista da Orquestra Tom Brasil, no Projeto “Brasil Musical”, na qual tocou com Altamiro Carrilho, Zimbo Trio e Hermeto Pascoal, se apresentando nas principais casas noturnas e teatros do País.

Um ano depois (1998), recebeu do maestro Antônio Carlos Neves Campos o convite para substitui-lo frente a Big Band Samjazz, onde o fez dentro do Conservatório de Tatuí até 2008. Após a morte do maestro Neves, recebeu, da família dele, a permissão para continuar usando o nome da Samjazz em eventos corporativos, bailes, entre outros.

Atualmente, Sérgio Lagartixa desenvolve o projeto “Pra Ver a Banda Tocar”, com crianças de 8 a 15 anos de idade, no município de Quadra; é maestro da Big Band Sam Jazz, da Tatuí Jazz Sinfônica, da Big Band do Lagartixa, do Quarteto do Lagartixa, da Banda Fina Sintonia (Piracicaba) e da Corporação Musical “Santa Cruz”.

Compartilhe:

Outras

Notícias

255 EMPREGOS COM CARTEIRA ASSINADA: ESTE É, DE ACORDO COM O CAGED, O SALDO POSITIVO DE TATUÍ EM ABRIL DE 2024

No acumulado do ano, foram gerados mais de 1.130 postos de trabalho.

CONCERTO “NOVAS NOTAS”, DE MATHEUS FRANZ QUINTETO, ACONTECE NO CEU DAS ARTES

O musical foi contemplado pelo Edital de Cultura n° 01/2023 “Maria Ruth Luz” – Seleção de Propostas de Circulação na Expressão Música, da Prefeitura de Tatuí.

NESTE PRIMEIRO DOMINGO DE JUNHO, FEIRA LIVRE DO LARGO DO MERCADO RECEBE A APRESENTAÇÃO DE GABRIEL DIAZ NO PROJETO “TRADIÇÃO E RAIZ”

Nesta edição, a apresentação ficará por conta de Gabriel Diaz, com um vasto e eclético repertório.

Comunicar erro

Encontrou algum erro em nosso site ?
Utilize os campos abaixo para informar o que encontrou e assim ajudar-nos a melhorar nossos serviços prestados através deste canal.
Obs.: Os campos com asterisco (*) são obrigatórios.

Caso necessite, visite nossa seção de Perguntas e Respostas.

Pular para o conteúdo