SOBE PARA 16 O NÚMERO DE CASOS CONFIRMADOS DE SARAMPO EM TATUÍ

Tempo de leitura: 3 minutos Vacina está disponível em todas as Unidades de Saúde urbanas, e também na Casa do Adolescente, de segunda a sexta, das 8h às 16h. Já no bairro dos Mirandas e Congonhal, na área rural da cidade, o atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 13h.

   A Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Tatuí divulgou, na manhã desta quinta-feira (25/10), que subiu para 16 o número de casos de sarampo no município. Os dados divulgados no último dia 04/10 haviam confirmado 10 casos de sarampo, todos em crianças, e, agora, dentre os seis novos casos confirmados, estão dois jovens adultos.

            As quatro crianças diagnosticadas com sarampo foram: um menino de 8 meses de vida, residente no bairro dos Mirandas; um menino de 10 meses de idade, residente no bairro Jardins de Tatuí; um menino de 9 meses de vida, residente no Jardim San Raphael; e um menino de 5 meses de idade, residente no Jardim Thomas Guedes. Todos foram medicados e passam bem.

            Já os jovens adultos foram: um de 24 anos de idade, residente no bairro Donato Flores l; e uma jovem também de 24 anos de idade, residente no bairro Inocoop. Assim como as crianças, os dois jovens adultos também receberam atendimento médico e passam bem.

            Com esses novos casos de sarampo, até o momento, os dados sobre a doença, referentes ao município de Tatuí, são os seguintes: 16 casos confirmados; 61 casos notificados; 29 casos descartados; e 16 casos aguardando resultado por parte do Instituto Adolfo Lutz (IAL).

Casos anteriores na cidade – Os 10 casos registrados anteriormente em Tatuí tratam-se de: uma menina de 3 meses de vida, residente na Vila Angélica; duas meninas de 1 ano de idade, residentes no Jardim Santa Rita de Cássia; uma menina de 15 meses de vida, residente no Residencial Astória; dois meninos de 5 meses de idade, residente no Jardim Santa Rita de Cássia; uma menina de 3 anos de idade, residente no Jardim Santa Rita de Cássia; uma menina de 1 ano de idade, residente na Vila Brasil; um menino de 10 anos de idade, residente no Jardim Donato Flores; e um menino de 2 anos de idade, residente na Vila Santa Adélia. Todos os pacientes receberam acompanhamento médico e já não apresentam mais nenhum sintoma da doença.

Como se proteger – A Secretaria Municipal de Saúde reforça a informação de que a única maneira de evitar o sarampo é pela vacina tríplice viral, que protege, também, contra a rubéola e a caxumba.

Devem ser vacinados bebês que tenham entre 6 e 11 meses de vida (dose extra), e as doses válidas devem seguir o Calendário Nacional de Vacinação, determinado pelo Ministério da Saúde, que são: crianças entre 12 e 15 meses de vida; adolescentes e adultos jovens até 29 anos de idade devem ter duas doses da vacina de sarampo; e os adultos de 30 até 59 anos de idade, pelo menos uma dose da vacina de sarampo, comprovada na carteira de vacinação.

Locais de vacinação – A vacina está disponível em todas as Unidades de Saúde (urbanas) do município, e também na Casa do Adolescente, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. Já no bairro dos Mirandas e Congonhal, na área rural da cidade, o atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h.

Os pais e/ou responsáveis que ainda não levaram seus filhos para receber a dose de rotina, ou que tenham dúvidas sobre a aplicação da mesma, podem procurar a Sala de Vacina da Unidade de Saúde mais próxima à sua residência. É obrigatório levar a caderneta de vacinação da criança.

É essencial que cada pessoa verifique sua caderneta de vacinação e busque se informar se já se vacinou contra o sarampo. Em caso de dúvidas, a recomendação é que a pessoa procure a Unidade de Saúde mais próxima de sua residência ou ligue para o telefone: (15) 3259-6358.

Imprimir esta postagem Imprimir esta postagem
Traduzir :