PREFEITA DE TATUÍ ELEITA PRESIDENTE DO CONSELHO DA REGIÃO METROPOLITANA DE SOROCABA

Tempo de leitura: 2 minutos Prefeita foi eleita por aclamação para comandar o Conselho da RMS no período 2019/2020.

Tempo de leitura: 2 minutos

A prefeita de Tatuí, Maria José Vieira de Camargo, foi eleita na manhã de terça-feira (27/05), para a presidência do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS). A reunião dos prefeitos que integram a RMS aconteceu no Teatro “Procópio Ferreira”, do Conservatório de Tatuí e contou com a presença do secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi e da deputada estadual Maria Lúcia Amary.

O mandato é para o período 2019/2020. Para a vice-presidência do Conselho, foi eleito o prefeito de Capela do Alto, Péricles Gonçalves (Keke). O Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Sorocaba foi presidido pelo prefeito de Itu, Guilherme Gazzola; por dois mandatos. Seu vice-presidente era o prefeito de Piedade, Tadeu Rezende.

O evento hoje teve a participação especial da Big Band do Conservatório de Tatuí, que realizou uma apresentação aberta, no jardim do Conservatório.

“Agradeço a confiança dos prefeitos e este será mais um desafio que vamos enfrentar com dedicação, transparência e muito trabalho. Quero destacar e parabenizar aqui o trabalho do prefeito Guilherme Gazzola, que deu início neste processo que estamos assumindo a partir deste momento”, destacou a prefeita Maria José

O Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Sorocaba é quem conduz as políticas públicas para todos os municípios que integram a RMS.

Um dos desafios da nova gestão será a implantação do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado (PDUI), que após sua aprovação, será levado para votação junto a Assembleia Legislativa.

“Sabemos que a formulação do PDUI é um desafio, mas também uma oportunidade para se definir a estrutura urbana desejada para o futuro da região, explorando seu imenso potencial em sintonia com a diversidade e a pluralidade características do território. O PDUI será o nosso instrumento legal de planejamento, com as diretrizes, projetos e ações para orientar o desenvolvimento urbano e regional, buscando reduzir as desigualdades e melhorar as condições de vida da população metropolitana”, destacou Maria José.

Os 27 municípios que hoje compõe a Região Metropolitana de Sorocaba e, seus mais de 2 milhões de habitantes, representam 4,6% da população estadual e nossa região gera cerca de 4,25% do Produto Interno Bruto (PIB) paulista.

Imprimir esta postagem Imprimir esta postagem
Traduzir :