ESF DO BAIRRO CDHU PROMOVERÁ A SUA 5ª FEIRA DA SAÚDE NO PRÓXIMO SÁBADO

No sábado (07/04), a ESF (Estratégia Saúde da Família) "Othoniel Cequeira Luz", do bairro CDHU, pertencente a Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Tatuí, promoverá a sua 5º Feira da Saúde.

A enfermeira responsável pela Unidade, Rosana Oliveira, informou que diversas atividades, previamente agendadas para suprir a demanda de agendas, acontecerão das 7h às 14h. Haverá coleta de Papanicolau, Eletrocardiograma, avaliação bucal com a dentista Gisleine Hoffman, avaliação Antropométrica, medição do índice de Massa Corpórea (IMC), atualização de cadastro Data Health, entrega de pedidos de exames laboratoriais e mamografia, com a médica da Família Renata Flores, e palestra educativa "Corpo e Mente Saudáveis", com o nutrólogo Santiago Vecina.

PACIENTES DA ESF DO CDHU PARTICIPAM DE PALESTRA SOBRE EMPODERAMENTO FEMININO

Na quinta-feira (22/03), a ESF (Estratégia Saúde da Família) “Othoniel Cequeira Luz”, do bairro CDHU, pertencente a Secretaria Municipal de Saúde, promoveu uma tarde especial para os seus pacientes, organizada pela enfermeira Rosana Oliveira.

O coaching Isaac Gonçalves ministrou uma palestra a respeito do empoderamento feminino e a médica da família Renata Flores abordou o autocuidado e a valorização pessoal.

Após as palestras, a equipe da ESF preparou um chá da tarde para os participantes, que, também, foram presenteados com uma limpeza de pele e um brinde, oferecido pela parceira Karem, representante dos cosméticos Mary Kay.

MAIS DE 10.900 PESSOAS SÃO VACINADAS CONTRA A FEBRE AMARELA NOS PRIMEIROS MESES DESTE ANO EM TATUÍ

Nos meses de janeiro e fevereiro deste ano, 10.958 pessoas tomaram a vacina contra a Febre Amarela nas unidades de Saúde de Tatuí, sendo que 90% da população já está vacinada. A informação foi passada nesta terça-feira (27/03) pela Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Tatuí.

Devem tomar a dose da vacina as pessoas que estiverem em saúde plena, sem nenhuma intercorrência ou patologia. Já os idosos, com 60 anos de idade ou mais, somente com indicação médica. é preciso levar a carteirinha de vacinação.

As Unidades Básicas de Saúde de Tatuí seguem o seguinte cronograma de atendimento: às segundas-feiras estão disponíveis as vacinas na Vila Angélica, Santa Cruz, Mirandas e Santa Luzia; às terças-feiras no Dr. Laurindo, Santa Rita e Rosa Garcia; às quartas-feiras no Valinhos, CS1 (Central), Tóquio e Congonhal; às quintas-feiras no Jardim Gonzaga e Vila Esperança; e às sextas-feiras no São Cristóvão e CDHU. O atendimento é das 8h às 14h, com exceção das unidades da zona rural e do bairro Santa Cruz, que atendem das 8h às 13h. Mais informações com a Vigilância Epidemiológica, pelo telefone: (15) 3259-6358.

EQUIPES DO SAMU 192 – TATUÍ PARTICIPAM DE TREINAMENTO MENSAL

Nos dias 8 e 15 de março as equipes da Base Descentralizada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) de Tatuí, participaram do treinamento mensal do Núcleo de Educação em Urgências (NEU), nas dependências do Centro Cultural de Tatuí.

O treinamento, ministrado pelo enfermeiro responsável do NEU, Thiago Henrique de Moraes, contou com a presença de 30 profissionais, entre enfermeiros, técnicos de enfermagem e condutores. Os temas abordados foram: Emergências Cardiovasculares, Síndrome Coronariana Aguda, Dor Torácica, Diagnósticos Diferenciais no APH, Acidente Vascular Encefálico e PCR.

PALESTRA SOBRE OSTOMIA SERÁ REALIZADA NESTE SÁBADO, NA CÂMARA MUNICIPAL

Neste sábado (24/03), às 9h30, no auditório da Câmara Municipal de Tatuí, acontecerá uma palestra gratuita sobre Ostomia, organizada por Gabriela Ribeiro, com o apoio da Prefeitura de Tatuí, através da Secretaria da Saúde.

A palestra é voltada para os pacientes, suas famílias e alunos de enfermagem que quiserem participar. Ministrada pela enfermeira Adriana C. Flócco, ela abordará o que é a Ostomia, como é colocada a bolsa, os cuidados com a mesma, a alimentação adequada que o paciente deve ter, além de quais as doenças e as causas que levam a necessidade de ser feita a Ostomia, bem como o esclarecimento de possíveis dúvidas sobre o assunto.

Gabriela Ribeiro, que está organizando o evento, tem 21 anos e é portadora da doença PAF (Polineuropatia Amiloidótica Familiar), uma doença hereditária rara e degenerativa, e Pólipos Juvenil, que causaram a retirada de seu intestino grosso, o que a levou a passar pelo processo de Ostomia. “Eu resolvi realizar essa palestra devido à dificuldade que eu tive com informações sobre a doença e a colocação da bolsa. Aqui em Tatuí não há reuniões ou grupos de auxílio a pacientes e suas famílias. Por isso, decidi me mobilizar para ajudar a mim e a essas pessoas”, contou Gabriela.

Ostomia – é o processo cirúrgico do aparelho digestivo ou urinário, que consiste na criação de um canal, chamado Ostoma, que irá desviar o conteúdo de uma cavidade natural do corpo (como o tubo digestivo ou urinário) para o meio externo por meio de uma bolsa coletora, por onde irá ocorrer a eliminação de fezes ou urina. O tempo de permanência da Ostomia é variável, podendo ser permanente ou temporária.

O procedimento é indicado em casos de congestionamento, compressão ou obstrução que prejudique a excreção de fezes ou urina, causando risco de rompimento do órgão armazenador (intestino ou bexiga urinária) e/ ou infecção abdominal grave.

Muitas doenças podem desencadear a necessidade de uma Ostomia tais como: câncer de intestino, reto ou bexiga, perfurações acidentais no abdômen, compressão tumoral, doença intestinal inflamatória (IBD), obstrução intestinal, infecção, entre outras disfunções.

ESF DA VILA ANGÉLICA PROMOVE MUTIRÃO DO PAPANICOLAU

A ESF (Estratégia Saúde da Família) da Vila Angélica, pertencente a Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Tatuí, promoveu no último sábado (17/03), das 8h às 16h, um Mutirão do Papanicolau.

O evento teve a finalidade de diminuir a lista de espera pelo exame nesta unidade de saúde. Foram agendadas 140 pacientes, porém só 94 pacientes compareceram.

Além da coleta, foi proporcionada uma palestra com a médica da família, Mariana Lui Miguel, ressaltando a importância do exame preventivo. As mulheres que estiveram no evento puderam, também, fazer limpeza de pele e maquiagem com uma representante da marca de cosméticos Mary Kay.

PREFEITURA REALIZARÁ FEIRA DA SAÚDE EM PARCERIA COM O LIONS CLUBE DO MUNICÍPIO

A Prefeitura de Tatuí, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com o Lions Clube de Tatuí, realizará no próximo sábado (24/03), das 9h às 13h, na Praça da Matriz, uma Feira da Saúde.

O público poderá participar de diversos serviços gratuitos, entre eles: teste de glicemia capilar, aferição de pressão arterial, medida da circunferência abdominal e teste rápido para Hepatite B e C.

SECRETARIA DE SAÚDE PROMOVE PALESTRA SOBRE ATENDIMENTO AS VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA SEXUAL

Na quinta-feira (15/03), a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Tatuí promoveu, no Plenário “Vereador Lourenço Cristobal Blanco” da Câmara Municipal, uma palestra sobre Atendimento às Vítimas de Violência Sexual.

Cerca de 52 pessoas, entre profissionais das Secretarias de Saúde, de Educação e do Trabalho e Desenvolvimento Social estiveram presentes, além da representante do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Maria Cláudia Adum.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Jerônimo Fernando Dias Simão, o objetivo do encontro foi esclarecer o fluxograma das vítimas de violência no município e como os profissionais devem agir perante a ocorrência de um caso de abuso sexual. “Apresentamos o que cabe a Secretaria Municipal de Saúde fazer nesses casos. Muito tem se falado sobre a instalação de um Instituto Médico Legal (IML) em Tatuí. Mas isso não compete a nós e sim a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, já que é um órgão que pertence a Polícia Civil. Portanto, o que nos compete é prevenir, atender e notificar. é o atendimento de urgência e emergência, a anticoncepção de emergência, a profilaxia para Hepatite B, a prevenção a DST/Aids e o acompanhamento nas Unidades Básicas de Saúde, incluindo a Rede de Atenção Psicossocial”, esclarece.

Na palestra, Jerônimo apresentou dados sobre a violência sexual no município de Tatuí, a diferença entre acidente e violência sexual – de acordo com a Classificação Internacional de Doenças (CID) da Organização Mundial de Saúde, o que fazer na suspeita ou evidência de violência sexual, como proceder diante de uma vítima e o que acontece quando uma pessoa, seja ela criança, idosa, mulher ou homem, sofre violência sexual em Tatuí. Neste último caso, de acordo com o secretário de Saúde, o fluxo é, primeiro, o acolhimento com escuta qualificada, depois a consulta médica, o acionamento a polícia e ao respectivo Conselho de Direito, e o encaminhamento a Delegacia de Polícia, que fica responsável por levar ao IML de Itapetininga. No IML o médico legista examinará a pessoa, que depois é levada a Vigilância Epidemiológica de Itapetininga (nos dias úteis em horário comercial), ou ao Pronto Socorro do Hospital de Itapetininga (aos finais de semana, feriados ou período noturno), onde serão notificados os casos e realizados exames e medicamentos para profilaxia de doenças, bem como anticonceptivo de emergência para gravidez. Após esses procedimentos a vítima é encaminhada para o município de origem para acompanhamento ambulatorial junto a Vigilância Epidemiológica, onde passará por um acompanhamento médico e psicológico de 180 dias, ou no que se fizer necessário. Nos casos graves de violência, onde a pessoa corre risco de morte, o atendimento é realizado junto a Santa Casa de Tatuí, com a devida especialidade, seja ela ginecologia ou cirurgião geral.

Ele ainda ressalta que, em casos de violência sexual, há telefones importantes de tele atendimento, tais como: Ligue 180 – Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência; Disque 100 – Direitos Humanos; 192 – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU); 136 -Disque Saúde; e 190 – Polícia Militar. Já em Tatuí, os telefones para contato das unidades pertencentes a Saúde são: Pronto Socorro: 3251-8722; Vigilância Epidemiológica: 3259-6358; Casa do Adolescente: 3205-2819; CEMEM e Saúde Mental: 3259-0051; SAMU: 192; e Secretaria Municipal de Saúde: 3305-8855.

ESTÁ ABERTA A NOVA TEMPORADA DE VACINAÇÃO CONTRA A MENINGITE C E O HPV NAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE DE TATUÍ

O Ministério da Saúde lançou, na terça-feira (13/03), uma nova Campanha de Mobilização e Comunicação para a Vacinação do Adolescente contra HPV (Papiloma Vírus Humano) e Meningite, cujo slogan é "Não perca a nova temporada de Vacinação contra a meningite C e o HPV". Em todo o Brasil, 10 milhões de jovens e adolescentes são esperados para se vacinar contra a meningite C e o HPV.

"A novidade é para a vacina da Meningite C, que o Ministério da Saúde está ampliando a faixa etária, que agora passa a ser de 11 a 14 anos de idade. No ano passado, estavam sendo vacinados contra a doença meninos e meninas de 12 a 13 anos", explica a coordenadora da Vigilância Epidemiológica da Secretaria da Saúde da Prefeitura de Tatuí, Elis Diniz. Já contra o HPV, deverão ser vacinados meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos. Vale ressaltar que, para ficar protegido do HPV, são necessárias duas doses da vacina. A segunda dose deverá ser tomada seis meses após a primeira dose.

Elis destaca ainda que essas vacinas já fazem parte do calendário de rotina nas Unidades Básicas de Saúde (UBS's) de Tatuí durante o ano todo. Agora é uma campanha de mobilização, informativa e de esclarecimentos, cujo objetivo principal é alertar as pessoas sobre a necessidade da vacinação.

Todas as UBS's, com exceção das Unidades dos bairros rurais Americana e Enxovia, tem as vacinas contra a meningite C e o HPV disponíveis. Os interessados devem comparecer a uma das unidades com a carteira de vacinação e o cartão do SUS com cadastro eletrônico no município. O horário de funcionamento é de segunda a sexta, das 8h às 16h, com exceção das unidades Santa Cruz, Congonhal e Mirandas, que funciona das 8h às 13h. Mais informações podem ser obtidas no portal oficial da Campanha http://portalarquivos.saude.gov.br/campanhas/vacinahpv/.

ESF SANTA LUZIA REALIZA PALESTRAS PARA GESTANTES

A equipe multidisciplinar da ESF (Estratégia Saúde da Família) "André Batista", situada na Vila Santa Luzia e pertencente a Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Tatuí, realizou, na quinta-feira (15/03), duas palestras para as gestantes do bairro.

O evento teve o objetivo de conscientizar as futuras mamães da importância de iniciar o pré-natal logo no início da gestação, afim de evitar doenças de transmissão vertical (mãe para filho). "A transmissão vertical é um desafio na Saúde Pública que precisa ser enfrentado", afirmou a enfermeira da unidade de saúde, Dalva Adriana Rodrigues Balula.

A palestra ministrada por Dalva e pela farmacêutica Adriana Verônica da Cruz, abordou o aumento considerável das doenças sexualmente transmissíveis (como, por exemplo, a Sífilis), gravíssimas tanto para a mulher quanto para o bebê, e como elas afetam a gravidez. "A bactéria causadora da Sífilis é capaz de ultrapassar a placenta, atingindo o feto, podendo causar aborto, nascimento com baixo peso e até parto prematuro. Além disso, após o nascimento, o bebê pode apresentar cegueira, má formações no cérebro, alterações ósseas e lábio leporino", explica Dalva. Foi destacado, também, que o uso da suplementação de ácido fólico e sulfato ferroso durante a gestação serve para evitar a má formações no feto e prevenir a anemia na mãe e no bebê.

Já a palestra da odontóloga Marielza Cristina da Silva Hoelz, enfatizou a importância da consulta odontológica para a gestante, ressaltando que, durante a gestação, ocorrem a diminuição do cálcio dos dentes, ficando mais sensíveis e, em alguns casos, infecções na gengiva, podendo causar endocardite bacteriana. A endocardite é uma infecção que atinge o coração da mãe e do bebê, podendo causar o óbito de ambos.