ESTÃO ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA O “1º FÓRUM MUNICIPAL DOS DIREITOS DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA”

O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CMDPD), em parceria com a APAE e a Prefeitura de Tatuí, promoverá, no dia 03/12 (terça-feira), das 8h às 17h, na sede da APAE de Tatuí, o “1º Fórum Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência”, com a temática: “O Papel da Sociedade na Construção de Políticas Públicas”.

Na segunda-feira (04/11), no Paço Municipal, a prefeita Maria José Vieira de Camargo recebeu a visita de Vade Manoel, da Comissão de Políticas Públicas do CMDPD, para entregar o convite para a participação no Fórum Municipal.

A palestra será ministrada pela especialista em desenho universal e coordenadora da Comissão de Acessibilidade de São Paulo, Silvana Cambiaghi, e o evento, que será gratuito, terá um número limitado de vagas. Os interessados devem se inscrever pelo link a seguir: http://bit.ly/forumcmdpd, podendo escolher em qual eixo temático desejam participar.

O período da tarde será estendido aos cinco eixos temáticos que embasarão os debates:

Eixo Educação – A importância de crianças, adolescentes e jovens com deficiência terem acesso à escola regular e ao ensino de qualidade. Mediadora: Fabiana Grechi – diretora do EduCrescere e vice-presidente do Núcleo da Justiça Restaurativa de Tatuí.

Eixo Saúde – Saúde é coisa séria. É preciso falar sobre prevenção, diagnóstico, estimulação, habilitação, reabilitação e envelhecimento da pessoa com deficiência. Mediadora: Talita de Campos Urso – terapeuta ocupacional do Centro de Estimulação Precoce e Adaptação e Reabilitação (CEPCAR) e do Departamento da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida de Tatuí.

Eixo Assistência Social – Você sabe qual o público atendido pela Assistência Social para Pessoas com Deficiência? Mediadora: Cátia Aparecida Cardoso Teixeira – representante da Federação das APAE’s, coordenadora estadual de Autodefensoria e assistente social da APAE de Bauru (SP).

Eixo Esporte – Pare e pense! O quanto o esporte é necessário para todos? E, para as pessoas com deficiências? Mediador: Filipe Barbosa – representante do Centro Paralímpico Brasileiro.

Eixo Mobilidade Urbana e Acessibilidade – Ser deficiente físico não é uma condição estática: a deficiência e seu grau de gravidade dependem do ambiente em que vive. Mediadora: Silvana Cambiaghi – especialista em desenho universal e coordenadora da Comissão de Acessibilidade de São Paulo.

A presidente do CMDPD, Daliane Araújo Miranda, reforça a importância da iniciativa. “O evento busca ampliar o debate sobre a defesa e garantia de direitos da pessoa com deficiência, aprofundando questões pertinentes a formulação de políticas públicas que efetivamente atendam esses direitos, fixando prioridades e formulando propostas referentes à acessibilidade, à mobilidade e à inclusão na educação, no esporte e no mercado de trabalho, como também questões sobre assistência social e saúde”, explica.

O “1º Fórum Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência” será um momento para debater sobre a saúde, a educação, a assistência social, o esporte, a acessibilidade e a mobilidade urbana desse público.

No Brasil, estima-se que quase 24% da população brasileira tem algum tipo de deficiência, e o CMDPD acredita que isso não pode ser uma barreira para o exercício dos direitos dessas pessoas.

Por meio da campanha “Sinta, Entenda e Mova Esta Causa”, o Fórum terá o objetivo de conscientizar a população e, ao mesmo tempo, dar a oportunidade às pessoas com deficiência de serem protagonistas na tomada de decisão sobre seus direitos.

Mais informações podem ser obtidas pelo whatsapp (15) 9-9612-9182 ou pelo e-mail cmdpd.tatui@gmail.com.

PREFEITURA DE TATUÍ REALIZA O 1º CICLO DE ATIVIDADES VOLTADO ÁS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL

A Prefeitura de Tatuí, por meio do Departamento da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, pertencente a Secretaria Municipal de Saúde, realizou, nos dias 17 e 18/10 (quinta e sexta-feira), o “1º Ciclo de Atividades – Técnicas Básicas – Orientação e Mobilidade”, voltado a pessoas com deficiência visual (baixa visão/cegueira) – especialmente aquelas que não conhecem técnicas básicas de orientação e mobilidade -, familiares e profissionais que atuam com esse público.

Apontada como uma necessidade pela Associação das Pessoas com Deficiência de Tatuí (APODET), o Departamento organizou o “1º Ciclo de Atividades” em duas etapas. A primeira etapa aconteceu no dia 17/10 (quinta-feira), no Centro de Artes e Esportes Unificados “Fotógrafo Victor Hugo da Costa Pires” (CEU das Artes), e consistiu em uma introdução teórica de técnicas básicas de orientação e mobilidade, com o seguinte conteúdo programático: Conceituação de Deficiência Visual; Conceituação de Orientação e Mobilidade; e Introdução das Técnicas de Orientação e Mobilidade – Guia Vigente (GV) e Autoproteção (AP).

Ao todo 17 pessoas participaram da primeira etapa, e receberam informações importantes sobre técnicas de proteção, utilização de bengalas, noções de espaço, percepção sensorial e auditiva, importância da autonomia e independência para a pessoa cega ou com baixa visão, entre outras.

Já a segunda etapa foi realizada no dia 18/10 (sexta-feira), na Praça da Matriz, e consistiu em uma atividade prática em ambiente aberto. Os participantes puderam colocar em prática as orientações recebidas, e também tiraram dúvidas sobre orientação, locomoção, segurança e utilização correta de produtos assistivos.

As orientações foram ministradas pela terapeuta ocupacional Talita de Campo Urso, especialista em Tecnologia Assistiva, e tiveram como objetivo principal incentivar a circulação social da pessoa com deficiência visual e baixa visão do município.

PREFEITURA DE TATUÍ ABRE INSCRIÇÕES PARA O 1º CICLO DE ATIVIDADES VOLTADO AS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL

A Prefeitura de Tatuí, por meio do Departamento da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, pertencente a Secretaria Municipal de Saúde, realizará, na próxima semana, dias 17 e 18/10 (quinta e sexta-feira), o “1º Ciclo de Atividades – Técnicas Básicas – Orientação e Mobilidade”, voltado a pessoas com deficiência visual (baixa visão/cegueira) – especialmente aquelas que não conheçam técnicas básicas de orientação e mobilidade -, familiares e profissionais que atuem com esse público. As atividades serão gratuitas, porém, com um número limitado de vagas.

No dia 17/10 (quinta-feira), o Ciclo de Atividades acontecerá das 8h às 12h, no Centro de Artes e Esportes Unificados “Fotógrafo Victor Hugo da Costa Pires” (CEU das Artes). Essa primeira etapa consistirá em uma introdução teórica de técnicas básicas de orientação e mobilidade, cujo conteúdo programático será o seguinte: Conceituação de Deficiência Visual; Conceituação de Orientação e Mobilidade; e Introdução das Técnicas de Orientação e Mobilidade – Guia Vigente (GV) e Autoproteção (AP).

Já a segunda etapa, que consistirá em uma atividade prática em ambiente aberto, será realizada no dia 18/10 (sexta-feira), também das 8h às 12h, na Praça da Matriz.

Os interessados em participar, devem enviar uma mensagem para o WhatsApp: (15) 9-9185-8599.