ESF DA VILA ANGÉLICA PROMOVE MUTIRÃO DO PAPANICOLAU

A ESF (Estratégia Saúde da Família) da Vila Angélica, pertencente a Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Tatuí, promoveu no último sábado (17/03), das 8h às 16h, um Mutirão do Papanicolau.

O evento teve a finalidade de diminuir a lista de espera pelo exame nesta unidade de saúde. Foram agendadas 140 pacientes, porém só 94 pacientes compareceram.

Além da coleta, foi proporcionada uma palestra com a médica da família, Mariana Lui Miguel, ressaltando a importância do exame preventivo. As mulheres que estiveram no evento puderam, também, fazer limpeza de pele e maquiagem com uma representante da marca de cosméticos Mary Kay.

PREFEITURA REALIZARÁ FEIRA DA SAÚDE EM PARCERIA COM O LIONS CLUBE DO MUNICÍPIO

A Prefeitura de Tatuí, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com o Lions Clube de Tatuí, realizará no próximo sábado (24/03), das 9h às 13h, na Praça da Matriz, uma Feira da Saúde.

O público poderá participar de diversos serviços gratuitos, entre eles: teste de glicemia capilar, aferição de pressão arterial, medida da circunferência abdominal e teste rápido para Hepatite B e C.

SECRETARIA DE SAÚDE PROMOVE PALESTRA SOBRE ATENDIMENTO AS VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA SEXUAL

Na quinta-feira (15/03), a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Tatuí promoveu, no Plenário “Vereador Lourenço Cristobal Blanco” da Câmara Municipal, uma palestra sobre Atendimento às Vítimas de Violência Sexual.

Cerca de 52 pessoas, entre profissionais das Secretarias de Saúde, de Educação e do Trabalho e Desenvolvimento Social estiveram presentes, além da representante do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Maria Cláudia Adum.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Jerônimo Fernando Dias Simão, o objetivo do encontro foi esclarecer o fluxograma das vítimas de violência no município e como os profissionais devem agir perante a ocorrência de um caso de abuso sexual. “Apresentamos o que cabe a Secretaria Municipal de Saúde fazer nesses casos. Muito tem se falado sobre a instalação de um Instituto Médico Legal (IML) em Tatuí. Mas isso não compete a nós e sim a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, já que é um órgão que pertence a Polícia Civil. Portanto, o que nos compete é prevenir, atender e notificar. é o atendimento de urgência e emergência, a anticoncepção de emergência, a profilaxia para Hepatite B, a prevenção a DST/Aids e o acompanhamento nas Unidades Básicas de Saúde, incluindo a Rede de Atenção Psicossocial”, esclarece.

Na palestra, Jerônimo apresentou dados sobre a violência sexual no município de Tatuí, a diferença entre acidente e violência sexual – de acordo com a Classificação Internacional de Doenças (CID) da Organização Mundial de Saúde, o que fazer na suspeita ou evidência de violência sexual, como proceder diante de uma vítima e o que acontece quando uma pessoa, seja ela criança, idosa, mulher ou homem, sofre violência sexual em Tatuí. Neste último caso, de acordo com o secretário de Saúde, o fluxo é, primeiro, o acolhimento com escuta qualificada, depois a consulta médica, o acionamento a polícia e ao respectivo Conselho de Direito, e o encaminhamento a Delegacia de Polícia, que fica responsável por levar ao IML de Itapetininga. No IML o médico legista examinará a pessoa, que depois é levada a Vigilância Epidemiológica de Itapetininga (nos dias úteis em horário comercial), ou ao Pronto Socorro do Hospital de Itapetininga (aos finais de semana, feriados ou período noturno), onde serão notificados os casos e realizados exames e medicamentos para profilaxia de doenças, bem como anticonceptivo de emergência para gravidez. Após esses procedimentos a vítima é encaminhada para o município de origem para acompanhamento ambulatorial junto a Vigilância Epidemiológica, onde passará por um acompanhamento médico e psicológico de 180 dias, ou no que se fizer necessário. Nos casos graves de violência, onde a pessoa corre risco de morte, o atendimento é realizado junto a Santa Casa de Tatuí, com a devida especialidade, seja ela ginecologia ou cirurgião geral.

Ele ainda ressalta que, em casos de violência sexual, há telefones importantes de tele atendimento, tais como: Ligue 180 – Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência; Disque 100 – Direitos Humanos; 192 – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU); 136 -Disque Saúde; e 190 – Polícia Militar. Já em Tatuí, os telefones para contato das unidades pertencentes a Saúde são: Pronto Socorro: 3251-8722; Vigilância Epidemiológica: 3259-6358; Casa do Adolescente: 3205-2819; CEMEM e Saúde Mental: 3259-0051; SAMU: 192; e Secretaria Municipal de Saúde: 3305-8855.

ESTÁ ABERTA A NOVA TEMPORADA DE VACINAÇÃO CONTRA A MENINGITE C E O HPV NAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE DE TATUÍ

O Ministério da Saúde lançou, na terça-feira (13/03), uma nova Campanha de Mobilização e Comunicação para a Vacinação do Adolescente contra HPV (Papiloma Vírus Humano) e Meningite, cujo slogan é "Não perca a nova temporada de Vacinação contra a meningite C e o HPV". Em todo o Brasil, 10 milhões de jovens e adolescentes são esperados para se vacinar contra a meningite C e o HPV.

"A novidade é para a vacina da Meningite C, que o Ministério da Saúde está ampliando a faixa etária, que agora passa a ser de 11 a 14 anos de idade. No ano passado, estavam sendo vacinados contra a doença meninos e meninas de 12 a 13 anos", explica a coordenadora da Vigilância Epidemiológica da Secretaria da Saúde da Prefeitura de Tatuí, Elis Diniz. Já contra o HPV, deverão ser vacinados meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos. Vale ressaltar que, para ficar protegido do HPV, são necessárias duas doses da vacina. A segunda dose deverá ser tomada seis meses após a primeira dose.

Elis destaca ainda que essas vacinas já fazem parte do calendário de rotina nas Unidades Básicas de Saúde (UBS's) de Tatuí durante o ano todo. Agora é uma campanha de mobilização, informativa e de esclarecimentos, cujo objetivo principal é alertar as pessoas sobre a necessidade da vacinação.

Todas as UBS's, com exceção das Unidades dos bairros rurais Americana e Enxovia, tem as vacinas contra a meningite C e o HPV disponíveis. Os interessados devem comparecer a uma das unidades com a carteira de vacinação e o cartão do SUS com cadastro eletrônico no município. O horário de funcionamento é de segunda a sexta, das 8h às 16h, com exceção das unidades Santa Cruz, Congonhal e Mirandas, que funciona das 8h às 13h. Mais informações podem ser obtidas no portal oficial da Campanha http://portalarquivos.saude.gov.br/campanhas/vacinahpv/.

ESF SANTA LUZIA REALIZA PALESTRAS PARA GESTANTES

A equipe multidisciplinar da ESF (Estratégia Saúde da Família) "André Batista", situada na Vila Santa Luzia e pertencente a Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Tatuí, realizou, na quinta-feira (15/03), duas palestras para as gestantes do bairro.

O evento teve o objetivo de conscientizar as futuras mamães da importância de iniciar o pré-natal logo no início da gestação, afim de evitar doenças de transmissão vertical (mãe para filho). "A transmissão vertical é um desafio na Saúde Pública que precisa ser enfrentado", afirmou a enfermeira da unidade de saúde, Dalva Adriana Rodrigues Balula.

A palestra ministrada por Dalva e pela farmacêutica Adriana Verônica da Cruz, abordou o aumento considerável das doenças sexualmente transmissíveis (como, por exemplo, a Sífilis), gravíssimas tanto para a mulher quanto para o bebê, e como elas afetam a gravidez. "A bactéria causadora da Sífilis é capaz de ultrapassar a placenta, atingindo o feto, podendo causar aborto, nascimento com baixo peso e até parto prematuro. Além disso, após o nascimento, o bebê pode apresentar cegueira, má formações no cérebro, alterações ósseas e lábio leporino", explica Dalva. Foi destacado, também, que o uso da suplementação de ácido fólico e sulfato ferroso durante a gestação serve para evitar a má formações no feto e prevenir a anemia na mãe e no bebê.

Já a palestra da odontóloga Marielza Cristina da Silva Hoelz, enfatizou a importância da consulta odontológica para a gestante, ressaltando que, durante a gestação, ocorrem a diminuição do cálcio dos dentes, ficando mais sensíveis e, em alguns casos, infecções na gengiva, podendo causar endocardite bacteriana. A endocardite é uma infecção que atinge o coração da mãe e do bebê, podendo causar o óbito de ambos.

RESIDENCIAL ASTÓRIA RECEBERÁ A 1ª FEIRA DE SAÚDE NA ESCOLA

A ESF (Estratégia Saúde da Família) do Jardim Tóquio, pertencente a Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Tatuí, realizará no dia 24 de março, sábado, a 1º Feira de Saúde na Escola do Residencial Astória.

O evento será das 8h às 12h, na EMEF "Professor Mauro Antônio Mendes Fiusa", e contará com coleta de Papanicolau, consulta com o médico da família Lucas Moeckel, palestras educativas com a farmacêutica Gabriela Gueri, solicitação de exames de rotina, aferição de pressão arterial, glicemia capilar e testes rápidos de HIV, VDRL e Hepatites B e C.

PALESTRA E RODA DE CONVERSA SÃO FEITAS PARA AS MULHERES NA ESF DO BAIRRO CDHU

Nesta quarta-feira (08/03), a ESF (Estratégia Saúde da Família) “Othoniel Cequeira Luz”, do Bairro CDHU, realizou uma palestra e uma roda de conversa para tirar dúvidas das mulheres sobre câncer.

A palestra, ministrada pela médica da família Renata Flores e pela enfermeira Rosana Oliveira, abordou a prevenção ao câncer de mama e câncer de colo de útero. Logo em seguida uma roda de conversa ajudou a esclarecer mais sobre o assunto.

Em comemoração ao Dia da Mulher a equipe da ESF preparou um café da manhã especial e entregou uma lembrancinha para todas as mulheres que compareceram ao evento.

DIA DA MULHER É COMEMORADO COM EVENTO NA PRAÇA DA MATRIZ

Na quinta-feira (08/03), para comemorar o Dia Internacional de Mulher, técnicos da Secretaria Municipal de Saúde estiveram na Praça da Matriz com serviços gratuitos para as mulheres, entre eles: aferição de pressão arterial; informação, prevenção e orientação sobre IST/AIDS e Dengue; orientação sobre câncer de mama e de colo de útero; e orientação sobre câncer de pele com a médica Melissa Gorgulho.

Os profissionais do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) também estiveram presentes, informando a população sobre casos de emergência. Já o FUSSTAT entregou uma lembrança com um cartão para as mulheres que estiverem participando das comemorações.

Além disso, o Centro de Atenção Psicossocial de Tatuí (CAPS) teve um stand com exposição e venda de peças artesanais confeccionadas pelos pacientes que lá são atendidos. E o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais trouxe uma exposição fotográfica, com mulheres que marcaram época.

“Foi muito importante a participação de todos neste evento, que já é um marco do calendário mundial. Parabéns. Que as conquistas das mulheres continuem avançando”, destacou a prefeita Maria José Vieira de Camargo, que esteve no evento, com a companhia da presidente do Fundo Social de Solidariedade (FUSSTAT), Sonia Ribeiro.

INTEGRANTES DO PROGRAMA HIPERDIA DA ESF DO JARDIM SANTA RITA PARTICIPAM DE PALESTRA

Cerca de 60 pessoas, portadoras de hipertensão e diabetes, que participam do Programa Hiperdia na ESF (Estratégia Saúde da Família) do Jardim Santa Rita de Cássia, participaram na manhã de quinta-feira (08/03), de uma palestra sobre doenças cardiovasculares.

O médico cardiologista, Roberto Simões de Almeida, abordou a importância da prevenção dessas doenças e os cuidados com a saúde.

Hiperdia – Neste programa da Secretaria Municipal de Saúde os pacientes recebem orientações sobre o uso correto das medicações, alimentação saudável e a importância da prática de atividade física regular, bem como a aferição da pressão arterial e glicemia capilar.

O objetivo do Hiperdia é cadastrar e acompanhar todos os pacientes hipertensos e diabéticos a fim de, por meio do cuidado especial, fazer um controle das doenças e garantir uma melhor qualidade de vida a eles.

EVENTO EM HOMENAGEM AO DIA DA MULHER É REALIZADO PELA ESF DA VILA SANTA LUZIA

Na quarta-feira (07/03), a ESF (Estratégia Saúde da Família) "André Batista", situada na Vila Santa Luzia, realizou um evento em homenagem ao Dia Internacional da Mulher.

As mulheres, aproximadamente 40 mais as funcionárias da ESF, participaram de uma palestra sobre DST's, com a farmacêutica, coordenadora do curso de Farmácia e professora da Escola Técnica "Dr. Gualter Nunes",Adriana Verônica da Cruz, e de outra palestra sobre os direitos da mulher e as reivindicações do CMDM (Conselho Municipal dos Direitos da Mulher) para melhorias no atendimento às mulheres vítimas de violência no município. Essa última palestra foi proferida pela enfermeira da unidade de saúde e representante da Secretaria de Saúde no CMDM, Dalva Adriana Rodrigues Balula.

Além das palestras, houve também coleta de exames preventivos do câncer do colo do útero (Papanicolau) realizada pelas enfermeiras Priscila Formigoni e Dalva Balula, a presença de promotoras da marca de cosméticos Mary Kay, fazendo maquiagem nas mulheres, e um café da tarde, com sorteio de brindes e decoração especial preparada pelos agentes de saúde.