FUSSTAT PARTICIPARÁ DA 1ª FEIRA DE ECONOMIA CRIATIVA “ZABUMBA”, QUE ACONTECERÁ NESTE DOMINGO, NA AVENIDA DAS MANGUEIRAS

O Fundo Social de Solidariedade de Tatuí (FUSSTAT) participará da 1ª Feira de Economia Criativa “Zabumba”, que ocorrerá neste domingo (27/10), das 10h às 18h, na Avenida Cônego João Clímaco, mais conhecida como Avenida das Mangueiras, próximo à Câmara Municipal de Tatuí. O evento é uma iniciativa do EduCrescere, com apoio da Prefeitura de Tatuí, por meio da Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude.

Na ocasião, a equipe do FUSSTAT apresentará sua linha de produção gastronômica, com beliscão, maçã do amor, escacatina e bolachinhas. Já no artesanato, haverá a apresentação da linha “SouTatuí”, com peças confeccionadas com tecidos 100% algodão, trabalhadas com estampas musicais, remetendo ao título de “Capital da Música”, pelo qual Tatuí é reconhecida nacionalmente.

A Feira reunirá em stands pessoas que realizam trabalhos artesanais e gastronômicos, com a finalidade de fomentar o empreendedorismo e fortalecer o comércio e o turismo local, além do consumo consciente de produtos.

Haverá ainda apresentações musicais, com Ananda Jacques, DJ Lô Cangaceiro e João Ferreira. Dentre as atrações estará o espaço de oficinas de yoga ao ar livre, da Academia Gira Gente, além do Judô Budokan e de outras atividades para adultos e crianças.

EMEF “JOÃO FLORÊNCIO” É PIONEIRA NA ECONOMIA DE ENERGIA

A EMEF João Florêncio está sendo a pioneira em um projeto de economia de energia. Toda a iluminação das salas de aula da escola foi trocada por lâmpadas de LED. A substituição das lâmpadas tradicionais pela iluminação LED é uma forte tendência, pois esta oferece vantagens principalmente em termos de durabilidade e economia. Tanto que, após perceber que há uma redução real nos custos com energia, muitas instituições ou empresas começaram a optar pela iluminação LED.

A expectativa é de uma economia mensal de energia na escola de 40% a 70%. A energia consumida pelo LED é revertida em iluminação e não em calor, consequentemente não desperdiça energia. A iluminação LED não emite radiação IV/UV, o que evita danos à pele, plantas e também objetos ou produtos expostos como roupas, calçados e móveis. Como o LED não possui em sua composição metais pesados como chumbo e mercúrio, não há necessidade de um descarte especial como as lâmpadas fluorescentes.