PREFEITURA ANTECIPA INÍCIO DA CAMPANHA “FIQUE SABENDO” E REALIZA TESTES RÁPIDOS DE HIV E SÍFILIS NA PRAÇA DA MATRIZ

O Centro de Testagem e Aconselhamento do Ambulatório de Infectologia, pertencente a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Tatuí, promoveu, na manhã do último sábado (30/11), testes rápidos de HIV e Sífilis.

A iniciativa antecipou a campanha “Fique Sabendo 2019”, organizada pelo Governo do Estado de São Paulo, juntamente com a Coordenadoria de Controle de Doenças (CCD) e o Programa Estadual CRT – Centro de Referência e Treinamento DST/Aids, que acontecerá de 2 a 20 de dezembro, com o objetivo de incentivar a realização de testes de HIV e Sífilis entre pessoas sexualmente ativas.

Ao todo, foram realizados 80 testes, dos quais 8 foram reagentes para Sífilis e nenhum para HIV. Os pacientes foram encaminhados para realização de exames complementares e tratamento. Os testes foram feitos mediante a coleta de uma gota de sangue, retirada da ponta do dedo, e em menos de 30 minutos os pacientes ficaram sabendo o resultado.

A campanha “Fique Sabendo” 2019, que começou oficialmente nesta segunda-feira (02/12), e que terminará no dia 20/12 (sexta-feira), proporcionará a realização de testes rápidos em todas as Unidades de Saúde de Tatuí, de segunda a sexta-feira. Nas UBS’s urbanas o atendimento é das 7h às 18h; nas Estratégias Saúde da Família (ESF’s) das 7h às 17h; e nas UBS’s rurais das 7h às 13h. No Ambulatório de Infectologia CTA (Centro de Testagem e Aconselhamento), de segunda a sexta-feira, em horários que variam de 8h30 às 10h30 ou das 11h às 15h, dependendo do dia da semana e da escala de atendimento em vigor. Mais informações pelo telefone: (15) 3259-1564. Endereço: Travessa Monsenhor Magaldi, nº 296, Centro, próximo a Maternidade.

Outra possibilidade de realizar testes rápidos de HIV e Sífilis no município será nesta quinta-feira (05/12), das 8h30 às 11h, no Centro Municipal de Especialidades Médicas (CEMEM). Endereço: rua São Bento, nº 15, Centro. Telefone: (15) 3259-0051.

A coordenadora do Ambulatório de Infectologia, Aline Tochinski de Camargo, enfatiza que a campanha visa informar a população sobre as formas de prevenção das doenças sexualmente transmissíveis, identificar e encaminhar as pessoas infectadas com HIV aos serviços especializados, e que por isso é essencial que as pessoas se predisponham a realizar os testes.