ÚLTIMO “MÚSICA NA PRAÇA” DE 2019 TEVE APRESENTAÇÃO DO CORAL DA CIDADE DE TATUÍ “PROFESSOR JOSÉ DOS SANTOS”

A Prefeitura de Tatuí, por meio da Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, com apoio cultural do Conservatório de Tatuí, da COOP – Cooperativa de Consumo, da Padaria Onze e da Abaçaí Cultura e Arte, realizou, na manhã do último sábado (30/11), na Praça da Matriz, o encerramento da temporada 2019 do projeto “Música na Praça”, com a apresentação do Coral da Cidade de Tatuí “Professor José dos Santos”.

A apresentação foi uma homenagem a José dos Santos, patrono do coral, que faleceu no último mês de agosto, e que foi professor de violino e viola, tendo atuado durante muitos anos no Conservatório de Tatuí. A música principal da homenagem foi “Requiem”, de Charles Gounod.

O coral é regido por Claudio Casarini, professor do Conservatório de Tatuí desde 1979, bacharel em Instrumento pela Faculdade Santa Marcelina, licenciado em Música pela mesma faculdade, e com pós-graduação em Metodologia do Ensino Superior, além de ter estudado com Katherine V. Cowles, nos Estados Unidos.

Estiveram presentes no encerramento do “Música na Praça” a prefeita Maria José Vieira de Camargo; o secretário de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, Cassiano Sinisgalli; o secretário de Negócios Jurídicos, Renato Pereira de Camargo; o diretor de Cultura e gestor do Museu Histórico “Paulo Setúbal”, Rogério Vianna, que fez a leitura do histórico de vida do professor José dos Santos; o secretário parlamentar do deputado federal Samuel Moreira e ex-prefeito de Tatuí, Luiz Gonzaga Vieira de Camargo; além de amigos e familiares do homenageado.

Na sala “Capital da Música”, do Museu Histórico “Paulo Setúbal”, está exposto um violino produzido por Bimbo Azevedo em 1960, que foi doado ao Museu pelo professor José dos Santos, assim como livros das canções catalogadas da obra de Nacif Farah, que foram doadas ao Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos”.

Sobre o homenageado – José dos Santos iniciou os estudos de música no grupo de Canto Coral com Nacif Farah, em 1948. Posteriormente, em São Paulo, estudou com Carmen Dulce Marcondes Machado, Victório Mariani e Tatiana Braunwieser. Com Martins Braunwieser, fez o curso de Harmonia e Regência Coral e, a convite deste, participou, de 1954 a 1956, como baixo-barítono do Coral da Sociedade Bach de São Paulo. Neste período, juntamente com Sergio Vasconcelos-Corrêa, organizou o Coral da Sociedade Musical de Jovens Compositores Brasileiros.

De volta a Tatuí, em 1960, tornou-se professor efetivo de Música da Escola Estadual “Barão de Suruí”, e deu continuidade ao trabalho de seu professor Nacif Farah, por meio do Orfeão da referida escola, que juntamente com a Orquestra do Conservatório de Tatuí, fez apresentações que marcaram época.

Cumpre destacar as concentrações orfeônicas realizadas com alunos de todas as escolas nas datas cívicas, com a participação da Orquestra de Sopros e Percussão do Conservatório de Tatuí. José dos Santos faleceu em 14 de agosto de 2019.