TERMINAM NESTA SEXTA-FEIRA AS INSCRIÇÕES PARA ELEIÇÃO DO CONSELHO TUTELAR DE TATUÍ

O período de inscrições para os interessados em participar da eleição dos novos membros do Conselho Tutelar de Tatuí, para o quadriênio 2020/2023, realizada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Tatuí (CMDCA), termina nesta sexta-feira (28/06). Elas devem ser feitas na Casa dos Conselhos, que está situada na Avenida Senador Laurindo Dias Minhoto, nº 310, Vila Dr. Laurindo, das 9h às 16h.

Os interessados devem ler o Edital 01/2019, disponível no site da Prefeitura de Tatuí, que trata do processo de escolha em data unificada para membros do Conselho Tutelar, a fim de tomarem ciência dos requisitos necessários para se candidatar. Também é necessário ler a Lei Municipal 5.354, de 23 de maio de 2019, disponível no site da Prefeitura, que trata sobre o formato do Conselho Tutelar de Tatuí e dá outras providências.

Todo o processo será desenvolvido por meio de três etapas: inscrição e análise de documentos; exame seletivo; e processo de escolha em data unificada. Após o período de inscrições, no dia 18/08 (domingo), das 9h às 12h, será realizado o exame seletivo, na Escola de Enfermagem “Dr. Gualter Nunes’, que está situada na Rua Rui Barbosa, nº 601, bairro Valinho. é importante lembrar que os portões serão fechados pontualmente às 8h45, 15 minutos antes do exame.

A escolha dos membros do Conselho Tutelar será realizada no dia 06/10 (domingo) – data unificada em todo o território nacional -, das 8h às 17h. O local onde será realizada a escolha dos membros ainda não foi definido.

O Conselho Tutelar de Tatuí é composto por cinco membros, escolhidos pela população, para um mandato de 4 anos, permitindo recondução, através de um novo processo de escolha, com igualdade de condições com os demais interessados. A jornada de trabalho dos conselheiros tutelares é de 40 horas semanais, e o salário está fixado em R$ 2.100,00. Os conselheiros também têm direito a férias anuais remuneradas, acrescidas de 1/3 (um terço) do valor anual da remuneração mensal, licença maternidade, gratificação natalina, contribuição para o regime geral de previdência e cesta básica, conforme o artigo 28 da Lei Municipal 5.354, de 23 de maio de 2019.

PREFEITURA DE TATUÍ PROMOVE EVENTO EM CELEBRAÇÃO AO DIA MUNDIAL CONTRA O TRABALHO INFANTIL

Na quarta-feira (12/06), foi realizado, no Centro de Artes e Esportes Unificados “Fotógrafo Victor Hugo da Costa Pires” (CEU das Artes), um evento alusivo ao Dia Mundial contra o Trabalho Infantil, com o tema: “Criança não deve trabalhar, infância é para sonhar”, promovido pelas secretarias de Trabalho e Desenvolvimento Social e de Educação da Prefeitura de Tatuí, com o apoio do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

O evento teve início com uma oficina do Projeto “Brincar e Cantar, é Só Começar”, realizado pelas professoras formadoras Maria Elisa Machado de Almeida e Ana Paula Cunha Miranda, que proporcionam uma reflexão a respeito das brincadeiras dos tempos de infância. A oficina remeteu a plateia às brincadeiras que, com a correria do dia a dia, foram sendo gradativamente esquecidas, e também à importância do brincar na vida das crianças. “Um adulto feliz brincou na infância”, ressaltou a professora Maria Elisa.

Logo depois, foi a vez da palestra: “Chega de Trabalho Infantil”, ministrada pela psicóloga Jéssica Magalhães, que abordou dinamicamente a importância do combate ao trabalho infantil e o papel de cada um no que tange este tema. Durante a palestra, foi realizada uma dinâmica, a qual abordou as ações quando as pessoas observam situações de trabalho infantil. Em seguida, também houve uma discussão sobre o tema, realizada por profissionais que vivenciam essas situações diariamente.

Na ocasião, estiveram presentes o secretário de Trabalho e Desenvolvimento Social, Alessandro Bosso; o secretário de Educação, professor Miguel Lopes Cardoso Júnior; o presidente do CMDCA, Cláudio Batista; o gestor municipal da Assistência Social, Edmar Pereira; a assistente social do Núcleo da Justiça Restaurativa, Débora Cristina Franco Nunes; a coordenadora do Programa Bolsa Família, Andresa Aparecida Rodrigues Ribeiro; além de representantes de Organizações da Sociedade Civil (OSC’s) do município, entre elas Lar Donato Flores, Casa Unimed, COSC (Centro de Orientação e Serviços à Comunidade), Centro Social Arte Pela Vida; coordenadores do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), do Centro de Referência de Assistência Social (CREAS) e das casas de acolhimento; assistentes sociais; psicólogos; e conselheiros do CMDCA.

Cerca de 30 pessoas participaram das atividades, e receberam panfletos de conscientização sobre a importância de se combater o trabalho infantil.

PAT DE TATUÍ ESTÁ COM VAGAS DE EMPREGOS DISPONÍVEIS

O Posto de Atendimento ao Trabalhador de Tatuí (PAT) tem vagas de emprego disponíveis.

São elas: eletricista automotivo, com experiência comprovada na função (duas vagas); terapeuta ocupacional, com experiência comprovada na função (uma vaga); vagas para o Restaurante Madero, ter total disponibilidade para trabalhar e morar em cidades da grande São Paulo; coordenação em odontologia, com experiência comprovada na função e graduação em Odontologia (uma vaga); borracheiro, com experiência comprovada em Carteira de Trabalho (duas vagas); marceneiro, com experiência comprovada em Carteira de Trabalho (uma vaga).

O PAT é um órgão da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social, que funciona no CATE – Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo, situado na Praça Martinho Guedes, nº 12, antigo Alvorada Clube. O atendimento ao público é feito de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h. Mais informações pelo telefone: (15) 3251-4766.

PREFEITURA REALIZA PARCERIAS PARA OFERECER AJUDA A PESSOAS EM SITUAÇÃO DE RUA DURANTE AS NOITES DE INVERNO

A Prefeitura de Tatuí, por meio da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social, em parceria com o Centro de Referência de Assistência Social (CREAS), e com a colaboração da Casa de Apoio ao Irmão de Rua São José, está intensificando, nas noites deste período de inverno, o Serviço Especializado em Abordagem Social, direcionado a pessoas em situação de rua no município.

Durante as últimas noites, em que os termômetros têm registrado baixas temperaturas, a equipe do CREAS tem saído pelas ruas de Tatuí para abordar pessoas em situação de rua, com o objetivo de encaminhá-las ao serviço de acolhimento. Quando há consentimento, por parte dessas pessoas, a equipe as leva até o serviço de acolhimento, para que possam se alimentar, realizar a higiene pessoal e dormir até o amanhecer, para que não fiquem expostas ao frio.

Quando a equipe não consegue convencer essas pessoas a aceitarem a ajuda oferecida, eles retornam nas noites seguintes, de modo que, gradativamente, obtenham a confiança das pessoas em situação de rua, fazendo com que elas aceitem serem incluídas no serviço.

No início da atual gestão, em janeiro de 2017, haviam 37 pessoas em situação de rua em Tatuí. Essas pessoas perambulavam pelas ruas e se concentravam em lugares como: Mercado Municipal, posto de combustível desativado às margens da Rodovia Antônio Romano Schincariol (SP-127), rodoviária, próximo ao Asilo e ao Velório Municipal, em frente a uma loja de móveis no início da Rua XI de Agosto, na Praça da Matriz, na Praça Santa Cruz, próximo a uma farmácia do Bairro Quatrocentos e na Estação Ferroviária.

O último levantamento registrou uma diminuição significativa no número de pessoas em situação de rua na cidade, que baixou de 37 para 25, ou seja, 12 pessoas que aceitaram a ajuda oferecida foram beneficiadas e deixaram de perambular pelas ruas de Tatuí nesse período.

Vale ressaltar que a população em situação de rua é informalmente confundida com usuários de álcool, que formam laços de amizade com as pessoas em situação de rua, o que faz com que sejam confundidos com as pessoas que de fato estão em situação de rua.

“Quando se fala em pessoas em situação de rua, é importante ter em mente que cada uma dessas pessoas possui uma realidade diferente, e que na maioria das vezes elas têm em comum situações como a condição de pobreza absoluta, geralmente causada por vínculos interrompidos ou fragilizados entre os familiares ou com sua comunidade de origem, fazendo com que essas pessoas optem por encontrar, nas ruas, moradia e sustento, temporariamente ou de maneira definitiva”, explica o gestor municipal da Assistência Social, Edmar Pereira.

Um estudo feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), no ano de 2015, mostra que o Brasil não conta com dados oficiais sobre a população em situação de rua, o que prejudica a implementação de políticas públicas voltadas a estas pessoas. No entanto, estima-se que existam mais de 100 mil pessoas em situação de rua no país, e deste total, 77,02% habitam em municípios com mais de 100 mil habitantes.

Devido ao fato de que a cidade de Tatuí está situada próximo a grandes centros urbanos, como, por exemplo, Sorocaba, Campinas e São Paulo, e também por ser margeada por duas importantes rodovias paulistas, Castello Branco e Raposo Tavares, o fluxo migratório de pessoas em situação de rua é alto.

Contudo, a Prefeitura de Tatuí tem promovido diversas ações, com o intuito de oferecer ajuda às pessoas em situação de rua. Entre essas ações está a atividade de abordagem social, em que a equipe busca promover a acolhida, através do diálogo. Também é feito o apoio socioassistencial com psicólogos e assistentes sociais, que analisam as demandas dos usuários, promovem a orientação individual e grupal, visando oportunizar a construção de novos projetos de vida, além de encaminhamentos a outras políticas públicas, como atendimento de saúde, provisão de documentação civil, entre outros serviços.

Outra ação oferecida a essas pessoas é a possibilidade de pernoitar na Casa de Apoio ao Irmão de Rua São José, organização da sociedade civil, conveniada com o município. Neste serviço também é disponibilizado um atendimento assistencial, visando a superação das vulnerabilidades, acesso a espaços de guarda de pertences, de higiene pessoal, de alimentação e provisão de documentação civil, além de disponibilizar endereço institucional para utilização, como referência do usuário.

Outra medida existente é a alimentação do Sistema de Registro dos Dados de Pessoas em Situação de Rua, bem como o encaminhamento para sua cidade de origem, quando há interesse por parte do usuário.

Entre a população que está em situação de rua e migrando para outras cidades, há registros de que o Serviço da Casa de Apoio ao Irmão de Rua São José atenda, em média, de 7 a 10 pessoas por dia, totalizando entre 210 e 300 pessoas por mês.

Como ajudar – A população de Tatuí também pode contribuir com esse projeto, praticando ações simples. A mais importante delas é não dar esmolas, devido ao fato de que, muitas vezes, o dinheiro doado pelos munícipes é utilizado na compra de bebidas alcoólicas e drogas, estimulando o vício e acarretando a permanência dessas pessoas nas ruas, colocando em risco sua saúde, o que dificulta o trabalho da equipe da Assistência Social.

Quem se deparar com pessoas pedindo esmolas pelas ruas de Tatuí, pode procurar a equipe do CREAS, que está situado na Rua 13 de Fevereiro, nº 396, Centro. O telefone para contato é o (15) 3259-0704. O atendimento, presencial ou por telefone, é feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Além do CREAS, a Casa de Apoio ao Irmão de Rua São José também está à disposição dos munícipes que queiram relatar casos de pessoas pedindo esmolas nas ruas. A Casa de Apoio está localizada na Rua São José, nº 46, Jardim Wanderley.

Durante à noite, especialmente nesta época de frio, quem encontrar pessoas em situação de rua buscando abrigo, deve entrar em contato com a Guarda Civil Municipal, ligando para o número 199, que funciona 24 horas. Quem preferir, também pode entrar em contato o serviço de Busca Ativa da Casa de Apoio ao Irmão de Rua São José, ligando para o telefone (15) 3305-3895, que está à disposição da população até às 23h.

PAT DE TATUÍ ESTÁ COM VAGAS DE EMPREGOS DISPONÍVEIS

O Posto de Atendimento ao Trabalhador de Tatuí (PAT) tem vagas de emprego disponíveis.

São elas: borracheiro, com experiência comprovada em Carteira de Trabalho (duas vagas); marceneiro, com experiência comprovada na função (uma vaga); e coordenação em odontologia, com experiência comprovada na função e graduação em Odontologia.

O PAT é um órgão da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social, que funciona no CATE – Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo, situado na Praça Martinho Guedes, nº 12, antigo Alvorada Clube. O atendimento ao público é feito de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h. Mais informações pelo telefone: (15) 3251-4766.

MUTIRÃO DO MEI EM TATUÍ REALIZA MAIS DE 400 ATENDIMENTOS

Mais de 400 atendimentos foram realizados na terça-feira (28/05), durante o “Mutirão do MEI – Você Pronto para Crescer”, realizado no Centro Cultural, através de uma parceria entre a Prefeitura de Tatuí, TV TEM e o Sebrae.

Os serviços oferecidos foram: abertura, baixa e alteração, declaração anual de rendimentos, Guias de pagamento, orientação sobre usos e permissões municipais, orientação sobre licenciamentos municipais (Vigilância Sanitária, Meio Ambiente, est), orientação para acesso a crédito, orientações do PROCON, filiação junto a entidades de classe, orientação sobre como vender para o governo, orientação sobre emissão de Nota Fiscal, orientação sobre parcelamento dos boletos, orientação sobre dúvidas previdenciárias para o MEI, dentre outros.

O objetivo foi de informar, orientar e regularizar a situação de microempreendedores individuais (MEIs), para que tenham direito a benefícios possibilitados pela legalização de sua empresa.

A prefeita Maria José Vieira de Camargo esteve pela manhã no local e conversou com as pessoas que estavam ali para serem atendidas. “Além de promover a regularização de pessoas que trabalham por conta própria, este mutirão também movimenta a economia e traz vantagens a toda sociedade. Após a regularização, o microempresário passará a ter acesso a benefícios como o auxílio-doença e à aposentadoria”, destacou a chefe do Poder Executivo.

No local, foram montadas estações de atendimento, nas quais a equipe do Sebrae realizou palestras, tirou dúvidas e passou orientações. Uma equipe da Prefeitura de Tatuí também esteve no local, passando informações e tratando de operações de regularização. O Mutirão do MEI atendeu também, além dos microempreendedores em atividade, aqueles que ainda estão planejando ter seu próprio negócio. Foram tiradas dúvidas de como emitir notas fiscais, alterações no cadastro do MEI, e sobre imposto de renda.

Foram 403 atendimentos no mutirão, sendo que mais de 60% deles aconteceu na Sala do Empreendedor, onde foram registrados 282 atendimentos. Os demais foram: Corpo de Bombeiros (3), PROCON (2), Secretaria de Estado da Fazenda (4), Banco do Povo Paulista (21) e SEBRAE AQUI (91).

Os órgãos participantes do evento foram: Sala do Empreendedor, Secretaria da Fazenda do Estado, SEBRAE AQUI, PROCON, Meio Ambiente, Vigilância Sanitária, Banco do Povo Paulista, Corpo de Bombeiros, Associação Comercial e Empresarial (ACE).

INSCRIÇÕES PARA ELEIÇÃO DO CONSELHO TUTELAR TERÃO INÍCIO NO DIA 3 DE JUNHO

Começa no dia 03/06 (segunda-feira) o período de inscrições para os interessados em participar da eleição dos novos membros do Conselho Tutelar de Tatuí, para o quadriênio 2020/2023, realizada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Tatuí (CMDCA). As inscrições vão até o dia 28/06 (sexta-feira), e devem ser feitas na Casa dos Conselhos, que está situada na Avenida Senador Laurindo Dias Minhoto, nº 310, Vila Dr. Laurindo, das 9h às 16h.

Os interessados devem ler o Edital 01/2019, disponível no site da Prefeitura de Tatuí (http://tatui.sp.gov.br/concursos/arquivos/4248-28-05-2019.pdf), que trata do processo de escolha em data unificada para membros do Conselho Tutelar, a fim de tomarem ciência dos requisitos necessários para se candidatar. Também é necessário que os interessados leiam a Lei Municipal 5.354, de 23 de maio de 2019, disponível no site da Prefeitura (http://tatui.sp.gov.br/legislacao/arquivos/leis_municipais/5354-23-05-2019.pdf), que trata sobre o formato do Conselho Tutelar de Tatuí e dá outras providências.

Todo o processo será desenvolvido por meio de três etapas: inscrição e análise de documentos; exame seletivo; e processo de escolha em data unificada. Após o período de inscrições, no dia 18/08 (domingo), das 9h às 12h, será realizado o exame seletivo, na Escola de Enfermagem “Dr. Gualter Nunes’, que está situada na Rua Rui Barbosa, nº 601, bairro Valinho. é importante lembrar que os portões serão fechados pontualmente às 8h45, 15 minutos antes do exame.

A escolha dos membros do Conselho Tutelar será realizada no dia 06/10 (domingo) – data unificada em todo o território nacional -, das 8h às 17h. O local onde será realizada a escolha dos membros ainda não foi definido.

O Conselho Tutelar de Tatuí é composto por cinco membros, escolhidos pela população, para um mandato de 4 anos, permitindo recondução, através de um novo processo de escolha, com igualdade de condições com os demais interessados. A jornada de trabalho dos conselheiros tutelares é de 40 horas semanais, e o salário está fixado em R$ 2.100,00. Os conselheiros também têm direito a férias anuais remuneradas, acrescidas de 1/3 (um terço) do valor anual da remuneração mensal, licença maternidade, gratificação natalina, contribuição para o regime geral de previdência e cesta básica, conforme o artigo 28 da Lei Municipal 5.354, de 23 de maio de 2019.

PREFEITA É CERTIFICADA EM SÃO PAULO COM O “PRÊMIO MÁRIO COVAS – PREFEITO EMPREENDEDOR” 2017/2019

Capacitar para gerar renda. A prefeita Maria José Vieira de Camargo recebeu na terça-feira (21/05), no Memorial da América Latina, em São Paulo, a certificação do “Prêmio Mário Covas – Sebrae Prefeito Empreendedor 2017/2019”, na categoria Políticas Públicas para Desenvolvimento de Pequenos Negócios. O motivo foi a profissionalização da “Feira do Doce”, que passou a ter, entre outras coisas, a formalização dos doceiros, como microempreendedores individuais, inclusive com cursos gratuitos para capacitação.

Apenas 62 prefeitos, dos 645 municípios paulistas, foram certificados. O ato solene na capital contou a presença da secretária estadual de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen da Silva, representando o governador João Doria; presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles; presidente do Sebrae-SP, Tirso Meirelles; e representantes dos municípios paulistas que foram certificados.

Profissionalização da Feira do Doce – Quando surgiu, em 2013, a atual Feira do Doce era chamada de “Festa do Doce”, e com a administração da prefeita Maria José, a partir de 2017, deixou de ser um evento local e informal, se transformando em um evento regional, com a formalização de todos os seus participantes. Essa transformação ocorreu com o objetivo de fomentar o empreendedorismo.

Com a profissionalização da Feira do Doce, a ampliação foi significativa não só dos expositores – que em 2013 eram 20 e em 2018 passaram a ser 51, sendo 100% formalizados – mas, especialmente, do público. Em 2013 a Feira contou com a visita de, aproximadamente, 20 mil pessoas, passando para 90 mil visitantes em 2018, atingindo, portanto, em ambos os casos, um aumento de mais de 100%, além do aumento direto na geração de renda.

A última edição da “Feira do Doce”, que ocorreu em 2018, movimentou, aproximadamente, R$ 600 mil com a venda de mais de 190 mil doces nos três dias de evento, resultando em um aumento de seis vezes mais, comparado com a primeira edição do evento, que ocorreu em 2013, ainda com o nome “Festa do Doce”.

CAMINHADA DE MOBILIZAÇÃO “PROTEÇÃO EXIGE AÇÃO” TEM A PARTICIPAÇÃO DE CENTENAS DE PESSOAS EM TATUÍ

O tempo chuvoso não impediu que cerca de 200 pessoas participassem, na manhã do último sábado (18/05) – Dia Nacional de Combate à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes -, da Caminhada de Mobilização “Proteção Exige Ação”, em Tatuí.

Organizada pela Prefeitura de Tatuí, por meio da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social, em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), a Caminhada fez parte da Campanha “Faça Bonito – Proteja nossas Crianças e Adolescentes”, de combate ao abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes.

Reunidos na Praça Olívio Junqueira (chafariz da Avenida das Mangueiras), o público presente caminhou até a Praça da Matriz, com muito barulho de apito, ao som da música tema da Campanha e com a animação dos apresentadores Luiz Antônio Voss Campos e Alexandre Bossolan.

Estiveram presentes os integrantes de diversos projetos sociais do município, entre eles: Projeto Envelhecer com Qualidade de Vida, do Fundo Social de Solidariedade de Tatuí (FUSSTAT); Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA); Conselho Municipal dos Direitos da Mulher; Conselho Municipal dos Direitos do Idoso; Casa Unimed; COSC – Centro de Orientação e Serviços à Comunidade; e Lar Donato Flores.

O presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Cláudio Bertolacini Batista, comemorou a participação de todos na Caminhada. “Agradecemos o envolvimento de toda a Rede Municipal e da sociedade civil, para que a mensagem de conscientização fosse propagada. Creio que alcançamos nosso objetivo!”, enfatiza.

MISSIONÁRIO CHILENO VISITA TATUÍ E CONPAS REALIZA REUNIÃO MENSAL

Na quarta-feira (15/05), a prefeita Maria José Vieira de Camargo recebeu em seu gabinete os representantes do CONPAS (Conselho de Pastores) de Tatuí, liderados pelo seu presidente, pastor Valter de Paula Leite (Igreja Comunhão e Adoração). Todo o mês, o CONPAS está presente no Paço Municipal. Além de orar pelos administradores municipais, há o estudo da Bíblia e uma conversa sobre as ações do Poder Executivo.

Na visita deste mês, os líderes religiosos estavam acompanhados do Pastor Leonel Villegas, da Igreja Mekaddesh, da cidade de Hernandarias, no Paraguai. Chileno de nascimento, Leonel desenvolve seu ministério no país vizinho já há alguns anos.

Na reunião, a prefeita esclareceu algumas situações aos pastores, como a construção da Noma em Tatuí e a situação dos moradores de rua, onde uma outra reunião será agendada com a Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social, para se traçar um protocolo de ação em conjunto.