CASA PUBLICADORA BRASILEIRA FARÁ DOAÇÃO PARA OBRAS DO PROJETO ABRACE A SANTA CASA

O presidente da Casa Publicadora Brasileira, José Carlos de Lima, e seus diretores visitaram na quinta-feira (13/02) a Santa Casa de Misericórdia de Tatuí para conhecer melhor o Projeto Abrace a Santa Casa e ver de perto as reformas da ala de Pediatria, no segundo andar do prédio da Maternidade, além do Centro Cirúrgico, UTI e a Psiquiatria.

Estiveram presentes acompanhando a visita a prefeita Maria José Vieira de Camargo; a secretária da Saúde, Tirza Luiza de Melo Meira Martins; a coordenadora do Projeto Abrace a Santa Casa e voluntária do FUSSTAT, Alessandra Vieira de Camargo Teles; e a farmacêutica Kátia Abuchaim, da equipe técnica da Secretaria da Saúde.

A Casa Publicadora Brasileira, editora localizada em Tatuí há 35 anos, anunciou na oportunidade que irá disponibilizar 100 mil reais para as obras do Projeto Abrace a Santa Casa. No passado, a instituição já colaborou com outras iniciativas da Santa Casa e da cidade. “Faz parte da nossa filosofia incentivar a saúde e o bem-estar das pessoas”, ressaltou o presidente da instituição, que está completando 120 anos e produz materiais educacionais, religiosos e de saúde. A Casa Publicadora Brasileira leva o nome de Tatuí para todos os lugares do Brasil e várias partes do mundo. “É muito bom saber que outras empresas também estão ajudando os projetos da Santa Casa e investindo em voluntariado”, ressaltou o presidente da editora.

Depois, ainda com a prefeita, o pastor Lima e o grupo visitaram as obras da UPA, que está em sua fase final de construção, com mais de 1700 m2 de área construída. A equipe ficou surpresa pelo tamanho da obra e dos projetos que a Prefeitura de Tatuí tem para o local no atendimento de urgência e emergência. A previsão de inauguração da UPA é para o 1º trimestre de 2020.

O que já foi feito na Santa Casa – Desde que assumiu a Prefeitura de Tatuí, a gestão da prefeita Maria José Vieira de Camargo tem se empenhado na reestruturação da Santa Casa de Misericórdia de Tatuí, que estava em grave crise administrativa. Desde 2017, vários avanços foram registrados, tais como: regularização dos salários dos funcionários (motivo da greve em dezembro de 2016); reabertura do Banco de Sangue, em parceria com o Lions Clube; reforma de 33 quartos (111 leitos) da Ala Orlando Bolzan (atende preferencialmente o SUS, com apoio da comunidade); Sala de Acolhimento Familiar para pacientes da UTI, em parceria com o Rotary Club de Tatuí; reforma da Pediatria (novo espaço, com lactário e brinquedoteca, perfazendo 16 leitos e 10 quartos); reforma do Centro Cirúrgico (de uma sala com equipamentos de 30 anos atrás, fomos para três novas salas bem equipadas, com investimento de R$ 600 mil na compra de novos equipamentos); reforma e ampliação da UTI, com oito leitos e um box de diálise, além do investimento de mais de R$ 170 mil na compra de novos equipamentos, em parceria com o Rotary Club de Tatuí; e, mais recentemente, inauguração da nova ala psiquiátrica, com oito leitos para atender os pacientes do SUS, além de um leito particular.